BEBIDA

Drinques em shots

VEJA Rio preparou uma seleção de bebidas saborosas servidas em formato mini para você experimentar (mais de uma) sem exagerar na dose

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

Raphael Medeiros
(Foto: Redação Veja rio)

Se você é fã de bons drinques e adora uma degustação, os shots são ótima pedida. Servidos em copos de módicos 30 mililitros (90, no máximo), dá para experimentar um pouco de cada sem exagerar na dose. Em algumas casas, as bebidas já chegam num combinado especial à mesa. A trilogia Carol do restaurante uruguaio Gonzalo, por exemplo, inclui shots de espumante com cranberry e morango, de vodca com açúcar de pimenta e o terceiro, flambado, de vodca com cranberry, amareto e licor de melão (R$ 19,00). Veja a seguir outros sabores imperdíveis.

No novo Cabaret Lounge, com decoração que remete aos anos 20, as caipirinhas podem ser servidas num combo de pequenas porções. São sete sabores que variam de acordo com a estação: limão, maracujá, kiwi, melancia, tangerina, uva e fruta do conde (R$ 36,00 a tábua de shots). Na mesma linha, o ViaSete oferece uma tábua de drinques com vodcas flavorizadas (R$ 48,00). São quatro shots: vodca de citron com frangelico e suco de abacaxi, vodca natural com suco de melancia e tabasco, vodca sabor pêra com suco de acabaxi e caldo de lichia e vodca sabor açaí com licor 43 e suco de cranberry. Se preferir beber separadamente, cada copinho sai a partir de 13,50 reais.

Já no Shooters são pelo menos quatro combinados no formato shot. O jack a little bit sexy, por exemplo, vem com quatro doses de bebida preparada com uísque Jack Daniel?s, suco de maçã e xarope de romã (R$ 30,00). No Catrin Gastropub, experimente o catrin special shot, três shots de tequila com suco de abacaxi, cointreau, geleia de pimenta da casa e xarope de frutas vermelhas (R$ 17,00), e o oriental shot, três copinhos com gin, xarope de wasabi, manjericão e uva itália cobertos com espuma molecular de piña colada (R$ 17,00). Numa charmosa caixinha de acrílico, o Baretto Londra, bar do Hotel Fasano, serve de quatro (R$ 56,00) a oito (R$ 108,00) shots frutados bem gelados, entre eles o yellow mango, uma mistura de vodca, suco de manga, maracujá e schweppes citrus. A versão individual sai a 18 reais.

Alle Vidal
(Foto: Redação Veja rio)

Faz muito sucesso no Stuzzi o nel tiro!, em que o cliente pode escolher drinques do menu etílico do restaurante e degustás-lo no formato de shot ou ainda se aventurar com a sugestão do barman (R$ 8,00, um shot e R$ 21,00, três shots). Entre as boas pedidas estão o yamí, de vodca importada com molho de jabuticaba, graviola e limão siciliano, e o sicília, com vodca importada, limoncello, limão siciliano, néctar de pera e uvas verdes. A moda de transformar drinques da casa em miniaturas também pegou no Meza Bar e no Belmonte. Entre as opções de shot duplo (R$ 21,00) no Meza está o nirvana, à base de gin, manga, curry e páprica picante. No Belmonte, drinques como o pisco sour podem ser consumidos em tamanho mini (R$ 22,00 o shot duplo). Mas, se a sua praia é a cachaça, a Academia da Cachaça oferece o trio elétrico, combinação de três rótulos da branquinha, dois de Minas Gerais e um do Piauí (R$ 16,00). Prefere saquê? O restaurante Ki tem quatro tipos de degustação, cada uma com três rótulos diferentes do fermentado (a partir de R$ 16,00).

Para quem não estiver a fim de tomar mais do que um shot, tem opções unitárias saborosas como o bloody mary do El Born, servido com uma tapa (R$ 19,00), os chupitos do bar do Hotel Mar Palace, como o de tequila com vodca e uma lasca de kiwi (R$ 12,50), o shot da cerveja especial Baladin X-fumê, italiana, do BeerJack HideOut (R$ 60,00), a batidinha de coco do Zazá Bistrô (R$ 19,00) e os shots de vinho da Kaebisch Schokoladen (R$ 20,50 a dose de Banyuls, R$ 10,50 o Porto Rubi e R$ 10,50 o Porto Tawny). Tim-tim!

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO