Cidade

Atraso em limpeza faz UFRJ adiar volta às aulas

Serviço foi cortado após universidade deixar de pagar empresa terceirizada

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

UFRJ
UFRJ: problemas com empresa terceirizada provocam atraso no período letivo (Foto: Divulgação)

A crise financeira que afeta a UFRJ desde 2014 ganhou um novo capítulo. A universidade anunciou que vai atrasar a volta em uma semana, do dia 2 para o dia 9 de março, devido à falta de limpeza. Feito pela empresa terceirizada Qualitécnica, o serviço foi suspenso após a UFRJ deixar de pagá-lo entre outubro e janeiro. 

A crise na instituição se agravou no último ano. De acordo com a UFRJ, o Ministério da Educação deixou de enviar 60 milhões de reais ao longo de 2014, o que representa um corte de 20% do orçamento total previsto. Os problemas provocados pela falta de pagamentos às empresas terceirizadas afetam também atingem o Colégio de Aplicação (CAp-UFRJ).

Após um atraso superior a duas semanas, o período letivo será iniciado nesta quinta na unidade da Lagoa. Mas o retorno está restrito aos alunos do ensino médio. As outras turmas continuam sem previsão de aulas. Confira abaixo a nota completa divulgada pela reitoria da universidade. 

+ Museu Nacional suspende visitação por falta de verba

‪"Aos alunos, professores e servidores técnico-administrativos:

A UFRJ tem enfrentando uma série de dificuldades neste início de ano, para honrar compromissos financeiros, em especial os relativos a serviços terceirizados. Em virtude da não aprovação do orçamento da União para 2015, a universidade tem recebido recursos do Governo Federal em parcelas mensais, correspondentes a apenas 1/18 do orçamento proposto para este ano. No ano passado, deixaram de ser repassados à UFRJ quase R$60 milhões, cerca de 20% de nosso orçamento. Assim, a Reitoria tem mantido contato permanente com o Ministério da Educação, para garantir a liberação de recursos necessários à nossa universidade.

Os serviços terceirizados correspondem, hoje, a praticamente metade de nosso orçamento anual de custeio (despesas correntes) e, portanto, qualquer alteração nos repasses às empresas tem impacto imediato e direto sobre a rotina da universidade. Nos últimos dias, parte dos serviços de limpeza foi interrompida e, mesmo após a liberação de recursos pelo MEC, os trabalhos estão sendo retomados gradativamente.

Para garantir o retorno adequado às aulas, após consulta à área acadêmica, nesta quarta-feira, 25 de fevereiro, decidimos por adiar o retorno das aulas para o dia 9 de março. A medida foi tomada para garantir a normalização dos serviços de limpeza na universidade e não oferecerá prejuízos ao calendário acadêmico deste ano.

A Reitoria tem envidado esforços para assegurar que este início de ano seja o mais tranquilo possível, e que nossas atividades acadêmicas se desenvolvam em sua plena normalidade na graduação, na pós, nas atividades de extensão e de serviços à sociedade, sem comprometer a sua qualidade e excelência.

Carlos Levi Reitor da UFRJ"

Fonte: VEJA RIO