DIVERSÃO

Dez perguntas para Narcisa Tamborindeguy

Socialite carioca protagoniza barracos no programa Mulheres Ricas, exibido pela Band, e se defende de agressões: "Eu roubo a cena"

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

narcisa2.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A socialite Narcisa Tamborindeguy está mais acelerada do que nunca. Em 2011, ela topou participar do reality show Mulheres Ricas, exibido às segundas na Band. O programa mostra o cotidiano da milionária carioca, moradora do edifício Chopin, em Copacabana, e mais quatro socialites. Logo nas primeiras edições, ficou claro que as intrigas dariam o tom. Narcisa não se imaginava, no entanto, que seria alvo de críticas das outras ricaças, em especial de Val Marchiori. Moradora de um apartamento avaliado em 14 milhões de reais em São Paulo, Val chamou Narcisa de desequilibrada. Enquanto respondia essas e outras acusações, a inventora do bordão "Ai que loucura" se desdobrava para manter outras três conversas telefônicas, além de paparicar o namorado, o jornalista Guilherme Fiúza.

O que você tem achado do programa?

Estou muito decepcionada. Virou um joguinho em que uma fica falando mal das outras. Pensei que seria um programa de alto nível.

Mas porque você acha que elas falam mal de você?

Porque eu roubo a cena, é claro. E também nem posso falar delas, nunca nem tinha ouvido falar de nenhuma delas.

A Val Marchiori disse ser muito equilibrada para um dia ser Narcisa. Por que ela disse isso?

Ela precisa falar essas coisas para aparecer. Acho cafona falar dos outros quando não podem se defender. Escreve isso aí, cafona.

Seu Twitter tem 130 mil pessoas. Você tem acompanhado a repercussão pela internet?

Tenho. Eu tenho três assessores que me ajudam. A minha meta é ter 130 milhões de seguidores e espalhar centrais de Twitter pelo mundo inteiro. Estou até criando um twitter em japonês. (A meta de Narcisa é ambiciosa. Personalidade mais popular da rede social, a cantora Lady Gaga tem 18 milhões de seguidores e, em segundo, está o cantor teen canadense Justin Bieber, com 16 milhões).

Você acha que sua participação no reality está pequena?

Acho sim. Eu deveria ganhar um programa de TV só para mim, sem ninguém me chateando.

E como seria?

Seria o meu namorado, o Guilherme Fiúza, me entrevistando o tempo todo. Porque tudo que a gente faz junto é uma delícia. Ai que delícia!

Você ficou chateada com as outras socialites?

Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é. Essa frase é do Caetano Veloso, né? Eu amo ele. Amo o Caetano, o Gil e o Fiúza. Ai que loucura!

Você gostaria de ser premiada por sua participação no Mulheres Ricas?

Sim, manda as pessoas votarem em mim, para eu ganhar o prêmio.

E o que você gostaria de ganhar?

Pode até ser uma televisão, dessas pobres. Ou ganhar um programa só para mim. Minha marca registrada é o talento.

Você também tem um programa de entrevistas na rádio, não é?

Eleé um aprendizado. Poque eu erro, repito, e eles editam para ficar tudo perfeito. Ninguém coloca nada errado no ar. E está bombando na internet.

Fonte: VEJA RIO