DIVERSÃO

Dez motivos para conhecer o Museu da CBF

Inaugurado no início de agosto, espaço narra de forma interativa a história da Seleção Brasileira

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Inaugurado no dia 1º de agosto, o Museu CBF Experience, localizado na nova sede da instituição na Barra da Tijuca, é um prato cheio para os amantes de futebol. Em uma área de 1000 metros quadrados, os fãs do esporte podem acompanhar a história da Seleção Brasileira desde os seus primeiros jogos até os mais importantes títulos. São dezenove instalações com recursos tecnológicos que permitem a interatividade do público com as atrações. O acervo conta ainda com relíquias como uniformes, troféus e fotografias. Confira abaixo dez atrações que você não pode deixar de ver no em uma visita ao museu:

1) As cinco taças da Copa do Mundo

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

As taças das cinco Copas do Mundo conquistadas pela Seleção mais vitoriosa de todos os tempos - em 1958, 1962, 1970, 1004 e 2002 - são exibidas em um espaço que revive convida os visitantes a revirem esses êxitos. Nas paredes da sala em que os troféus estão expostos são projetadas as melhores imagens dos Mundiais conquistados.

2) CBF Immersive

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nesta atração, o visitante se sentirá parte da Seleção Brasileira. Através de óculos 3D, é possível viver momentos típicos de um craque do futebol, como cantar o hino, ver os roupeiros arrumando o vestiário e até assistir a uma entrevista coletiva. Também é possível se divertir com quiz, quebra-cabeça e jogo da memória.

3) Coleção de troféus

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

A sala reúne quase 200 troféus conquistados pela seleção Canarinha ao longo de sua história - entre eles, cinco Mundiais, quatro Copas das Confederações e 72 títulos internacionais oficiais. Há ainda imagens de jogadas e craques que marcaram essas conquistas.

4) Nuvem de troféus

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Grandes telas interativas equipadas com tecnologia kinect, é possível obter, ao comando das suas mãos, uma série informações sobre cada um dos troféus expostos na sala, com dados, gráficos e imagens.

5) Grande mesa interativa

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Esta grande instalação reúne em dezesseis mesas touchscreen informações, com fichas técnicas, fotos e vídeos, de todos os jogos da equipe brasileira, seus gols mais marcantes e as vitórias mais representativas. São mais de 1000 jogos reunidos no maior arquivo multimídia do escrete canarinho.

6) Sons da história

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

A memória sonora da CBF é reunida em dials touchscreen em que é possível ouvir narrações históricas relacionadas à Seleção, através de locuções radiofônicas, declarações e cantos lendários da torcida.

7) Lembranças de um tempo

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

A instalação remete aos primórdios da Seleção, desde a sua fundação e a conquista da Copa Roca, ambas em 1914, até o primeiro Mundial conquistado, em 1958. Além de recursos audiovisuais, o espaço reúne objetos únicos, fotografias e os primeiros troféus da equipe.

8) Nossa pele

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O espaço mostra a evolução do uniforme da Seleção Brasileira ao longo dos anos, desde sua estreia em 1914 até o modelo da amarelinha que é utilizado atualmente.

9) Brasil: 27 estados, um só DNA

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Neste espaço estão reunidas bolas utilizadas nas ruas por pessoas comuns nos 27 estados do país, que representam artisticamente a diversidade e o espírito dos diferentes brasileiros que se unem em torno da mesma paixão: o futebol. Cada um dos exemplares retrata pontos da cultura e da arquitetura dos estados de onde vieram.

10) Photo-corner

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nesta atração, os visitantes podem se fotografar dentro de algumas cenas míticas da Seleção, como se fizesse parte da equipe brasileira. O serviço custa R$ 25 e é possível levar a imagem para casa como recordação do museu.

O CBF Experience fica na Avenida Luís Carlos Prestes, 130, na Barra da Tijuca. O funcionamento é de segunda a domingo, das 9h às 17h, com a última entrada às 16h30. Os ingressos custam R$ 22, com meia-entrada para estudantes e idosos. Crianças de menos de 7 anos, professores de rede pública e pessoas com necessidades especiais têm gratuidade. Mais informações pelo telefine 3572-1963 e no site www.cbf.com.br/Museu.

Fonte: VEJA RIO