DIVERSÃO

Comida e arte

Um roteiro com museus e centros culturais onde é possível combinar o programa com uma boa refeição

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

Além das atrações, que englobam desde exposições a teatro, música e mostras de cinema, alguns museus e centros culturais da cidade são um prato cheio para quem quiser estender o programa com uma boa refeição. Mais novo museu do Rio, o MAR agora tem, além das suas oito salas de exposição, um restaurante especializado na culinária brasileira.

Veja outras opções perfeitas para quem quiser agregar cultura e e boa cozinha. Para que você aproveite ainda mais a refeição, nosso crítico de gastronomia, Fabio Codeço, indica um prato considerado por ele o ponto alto de cada um dos estabelecimentos listados.

Museu de Arte do Rio + Mauá

Fotos: Alexandre Macieira|Riotur / Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Aberto ao público no início de março após quase três anos de obras, o Museu de Arte do Rio (MAR) ocupa dois prédios de perfis heterogêneos: o palacete tombado Dom João VI e um edifício de estilo modernista, que instalava um terminal rodoviário, unidos por meio de uma passarela e uma cobertura em forma de onda. Aberta recentemente no alto do MAR, o Mauá, mais nova casa do restaurateur Roberto Maciel, possui um menu apetitoso, desenvolvido pelo chef baiano Marcones Deus.

Foto: Fernando Lemos
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fabio Codeço:

Mignon de sol, entremeado com queijo manteiga, é acompanhado de cebolinha, banana grelhada e farofa (R$ 58).

Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária. Museu: Terça a domingo, 10h às 17h. Tel: 2203-1235. R$ 8,00. Grátis às terças. Restaurante Mauá: Terça a quinta, 12h às 18h; sexta a domingo, 12h às 20h. Tel: 3031-2819.

Casa Daros + Mira!

Fotos: Alexandre Macieira | Riotur / Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Ocupando um casarão neoclássico do século XIX, em um terreno de mais de doze mil metros quadrados, a Casa Daros é a filial brasileira da renomada instituição suíça especializada em arte latino-americana. Com o objetivo de ser um espaço de arte, educação e comunicação na cidade, ela abriga ainda o Mira!, café-restaurante com cozinha comandada pela chef Roberta Ciasca, do Oui Oui e do Miam Miam, que oferece almoços e happy hours com cardápio diversificado.

mira-kebab.jpg
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fabio Codeço:

Kebabs de cordeiro, creme fresco de limão, tomates assados e cenoura com especiarias (R$ 46).

Rua General Severiano, 159, Botafogo. Museu: Quarta a sábado, 12h às 20h; domingo, 12h às 18h. Tel: 2275-0246. R$12. Grátis às quartas. Restaurante Mira!: Quarta a sábado, das 12h às 22h; domingo, das 12h às 18h. Tel: 2275-0737.

Casa França-Brasil + Bistrô The Line

Fotos: Alexandre Macieira|Riotur e Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Inaugurado em 1990, o espaço passou, em 2008, por uma reestruturação tanto de sua estrutura física quanto de de sua missão institucional e se volta, desde então, para a divulgação da arte e da cultura contemporâneas. A programação variada inclui música, dramaturgia, literatura, gastronomia e design. Depois do passeio, a sugestão é experimentar o menu do Bistrô The Line, localizado no interior do espaço cultural.

Foto: Sérgio Pagano
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fábio Codeço:

Risoto de Camarão com alho poró e tomate cassé (R$35,20).

Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro. Museu: Terça a domingo, 10h às 20h. Tel: 2332 ?5120. Grátis. Bistrô The Line: Segunda à domingo, 10h às 20h. Tel: 2233-3571 / 7847-4071.

CCBB + Brasserie Brasil

Fotos: Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Conhecido pela rica programação, que inclui exposições, teatro, música e cinema, e pelo belíssimo imóvel de 17 mil metros quadrados que ocupa, o Centro Cultural Banco do Brasil abriga ainda um simpático ponto gastronômico em seu mezanino, localizado no térreo, sobre a livraria. Uma garantia de qualidade é a assinatura do chef francês Frederic Monnier no cardápio.

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fabio Codeço:

Carne-seca enrolada em couve, ao molho de feijão, guarnecida de gratin de abóbora (R$ 36).

Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Museu: Quarta a segunda, 9h às 21h. Tel: 3808-2020. Grátis. Brasserie Brasil: Quarta a segunda, 12h às 20h30. Tel: 3808-2080.

Museu de Arte Moderna + Laguiole

Fotos: Alexandre Macieira|Riotur / Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Além de trazer exposições nacionais e internacionais de peso para a cidade, o MAM abriga desde janeiro de 2006 o Laguiole, dos empresários Jayme Drummond e Marcelo Torres. O restaurante encontra-se na sala Lygia Clark, com vista privilegiada o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e a Baía de Guanabara. Um espaço lounge na varanda com fonte de espelhos d?água e vista para os jardins projetados por Burle Marx dá um charme a mais à casa, que possui uma adega com mais de 600 rótulos e oito mil garrafas de diversas nacionalidades.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fabio Codeço:

Turnedô Rossini, purê de batatas com trufas negras e legumes da fazenda glaceados (R$ 79)

Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro. Museu: Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 11h às 18h. Tel: 3883-5600. R$ 12. Restaurante Laguiole: Segunda a sexta, de 12h às 17h. Tel: 2517-3129.

Museu Histórico Nacional + Bistrô The Line

Fotos: Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Fundado em 1922, o Museu Histórico Nacional, é um dos mais importantes do país, reunindo um acervo de mais de 348.515 itens, com peças que abrangem desde a pré-história até o período republicano. Após o passeio, é possível saborear os pratos do Bistrô The Line, que também possui uma filial no espaço.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fabio Codeço:

Turnedô de mignon com legumes assados (cogumelos, tomate, cebola roxa, batata e alho poró) ao molho chimichurri e emulsão de balsâmico e molho rôti (R$ 37,80).

Praça Marechal Âncora, s/nº, Próximo à Praça XV, Centro.

Museu: De terça a sexta, das 10h às 17h30, aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. Tel: 2550-9220. R$ 8. Bistrô The Line: Segunda, das 11h às 17h30; terça a sexta, das 10h às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h. Tel: 2524-1211 / 7847-5272.

Museu Nacional + Restaurante Quinta da Boa Vista

Fotos: Fernando Lemos / Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Entre as diversas opções de lazer no parque da Quinta da Boa Vista está o Museu Nacional, que possui exposições de temas variados, como Arqueologia Brasileira, Etnologia Indígena, Egito Antigo, Evolução da Vida, Culturas Mediterrâneas e Arqueologia Pré-Colombiana. Depois do programa cultural, é possível completar o passeio com um almoço no tradicional restaurante Quinta da Boa Vista, localizado na antiga capela de Dom Pedro.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)
Dica do crítico Fabio Codeço:

Bacalhau ao forno regado no azeite, servido em uma panela de barro com alho, cebola, batata, azeitona preta, brócolis e pimentão (R$ 144)

Parque da Quinta da Boa Vista, s/n, São Cristovão. Museu: Terça a domingo, 10h às 16h. Tel: 2562-6900. R$ 6. Restaurante Quinta da Boa Vista: Segunda a domingo, 11h às 18h. Tel: 2589-6551.

Fonte: VEJA RIO