SAÚDE

Condimentos e ervas que fazem bem à saúde

Conheça algumas opções de condimentos e ervas que podem substituir o uso do sal e proporcionar benefícios à saúde

Por: Danielle Reis da MÁXIMA - Atualizado em

Dreamstime
(Foto: Redação Veja rio)

Não dá para negar, o sal é o tempero mais popular do mundo. Além de dar um gostinho a mais no prato, ele ajuda a equilibrar as células e transmitir impulsos nervosos.

Entretanto, o seu consumo em excesso pode gerar diversos problemas à saúde, como aumento do risco de hipertensão, doenças cardiovasculares, derrame cerebral, osteoporose, câncer no estômago, catarata...

O ideal é consumir até 2 g de sódio diariamente. O segredo está então em substituir o restante por codimentos e ervas aromáticas disponíveis no mercado e que, além de dar sabor aos alimentos, proporcionam também benefícios ao organismo.

Conheça alguns deles e já comece a incluí-los em suas receitas.

Dreamstime
(Foto: Redação Veja rio)

Cominho

Nativo do mediterrâneo, pode ser encontrado em pó ou em grão. a especiaria tem propriedades digestivas, diuréticas e afrodisíacas.

· Use em: pães, queijos, tomates, batatas, hambúrgueres e assados.

Tomilho

Possui ação diurética, antifúngica (contra fungos como micoses e candidíase) e anti-inflamatória. melhora o fluxo sanguíneo e alivia os sintomas da artrite e das dores musculares.

· Use em: churrascos e pratos que levam tomate ou queijo.

Páprica

O pó é obtido do pimentão vermelho seco e moído. Na forma doce ou picante, a especiaria ajuda a reduzir dores e traz benefícios ao coração.

· Use em: ovos mexidos, pratos à base de arroz e ensopados de carne.

Alho

Além de ter propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e diuréticas, os dentes de alho ainda aliviam tosses, bronquite e resfriados.

· Use em: carnes, frangos e molhos de tomate.

Alecrim

Esta erva exige solo rico em cálcio e clima seco para nascer. É antioxidante (ou seja, retarda o envelhecimento) e diurética. Também protege contra o câncer e auxilia a digestão.

· Use em: carnes, marinados, refogados de legumes e frutos do mar.

Salsinha

Conhecida também por salsade-cheiro, ajuda a suavizar dores no estômago, a eliminar gases e a combater doenças do coração.

· Use em: molhos de ervas e manteiga, carnes, feijão e lentilha.

Cúrcuma

Raiz da família do gengibre, é antiinflamatória e anticancerígena. Uma colher (chá) por dia é suficiente para deixar os alimentos mais saudáveis.

· Use em: sopas, molhos, pães, maioneses, frangos, carnes e feijão.

Dreamstime
(Foto: Redação Veja rio)

Orégano

Suas folhas têm ação antioxidante e evitam a hipoglicemia (baixa do açúcar no sangue). Em chás, alivia tosse, bronquite e cólicas intestinais.

· Use em: feijão branco e receitas à base de tomates, ovos ou queijo.

Pimenta-do-reino

Pode ser usada tanto em grão quanto moída. além de saborosa, possui ação antioxidante e anticoagulante. Também previne gripes e resfriados.

· Use em: saladas, marinados, sopas e molhos diversos.

Cebola

A planta (isso mesmo!) previne tumores, impede a formação de coágulos, combate bactérias e fungos e fortalece o sistema imunológico.

· Use em: saladas, carnes, molhos - ela vai bem em qualquer prato.

Cebolinha

Da família da cebola, é rica em vitaminas a, B e C. Contém uma boa dose de enxofre, associado ao combate de doenças cardiovasculares.

· Use em: receitas com peixes, ovos, legumes, refogados, saladas e sopas.

Louro

O arbusto, do qual se usam somente as folhas, é nativo da Ásia, e um de seus principais benefícios é estimular o sistema digestivo.

· Use em: feijoadas, carnes de panela e moluscos.

Hortelã

Rica em vitaminas a e C, cálcio, ferro e magnésio, retarda o envelhecimento. Na forma de chá, combate dores de barriga e prisão de ventre.

· Use em: molhos, carnes, saladas, massas e sopas.

Fonte: VEJA RIO