CARNAVAL

Para comer depois da folia

Sugestões de bares e restaurantes para recarregar as energias após os desfiles de dez blocos em diferentes bairros do Rio

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

simpatia.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Depois de passar horas pulando e cantando pelas ruas da cidade, uma parada para recarregar as energias não vai nada mal. Seja para esticar em mais alguns chopes com os amigos ou para matar a fome com um lanchinho antes do próximo bloco, encontrar o bar mais próximo pode ser a salvação após os desfiles dos blocos. Para facilitar a vida dos foliões no Carnaval de Rua do Rio, VEJA RIO fez uma seleção com opções de casas que ficam próximas aos desfiles de agremiações que saem em dez bairros da cidade. Confira nossas sugestões:

AREIA - Leblon

Formado por um grupo de amigos que jogavam vôlei de praia juntos, o bloco não demorou a cair no gosto dos jovens do Leblon, que aproveitam o desfile no domingo de Carnaval.

Quando: Domingo (2), das 10h às 14h.

Concentração: Rua Dias Ferreira, esquina com a Rua General Urquiza.

leblon-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Venga!: Rua Dias Ferreira, 113. Tel: 2512-9826. Belmonte: Rua Dias Ferreira, 521. Tel: 2255-0785 Yalla: Rua Dias Ferreira, 45. Tel: 2540-6517.

MEU BEM, VOLTO JÁ - Leme

O bloco comemora seu vigésimo desfile no Carnaval carioca com previsão de reunir cerca de 5 mil foliões na orla do Leme.

Quando: Terça (4), das 17h às 21h.

Concentração: Avenida Princesa Isabel, esquina com a Rua Barata Ribeiro.

leme-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Sindicato do Chopp: Avenida Atlântica, 514. Tel: 2541-3133. Joaquina: Av. Atlântica 974, Loja A. Tel: 2275-8569 / 3647-8569. La Fabrique: Av. Atlântica, 994. Tel: 2541-2416.

Empolga às 9 - Copacabana

Com repertório eclético, que vai do samba de quadra ao frevo, passando pelo coco, maracatu e batidas funk, o bloco desfila há dez anos nas ruas do Rio, animando cerca de 15 mil foliões.

Quando: Sábado (1º), das 11h às 15h.

Concentração: Avenida Atlântica, em frente à Rua Rainha Elizabeth

copacabana-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Bibi Sucos: Rua Santa Clara, 36. Tel: 2255-5000. Boteco da Garrafa: Rua Bolívar, 27. Tel: 2255-3610. Rota 66: Av. Atlântica, 3092. Tel:2256-2855.

SIMPATIA É QUASE AMOR - Ipanema

O bloco, que comemora este ano 30 anos de sua fundação, desfila pela orla de Ipanema com samba em homenagem ao aniversário. O público esperado é de 120 mil foliões.

Quando: Domingo (2), das 16h às 20h.

Concentração: Praça General Osório

ipanema-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Banana Jack: Rua Jangadeiros, 6, loja B. Tel: 2521-9055. Devassa: Rua Prudente de Morais, 416. Tel: 2522-0627. Polis Sucos: R. Maria Quitéria, 70, loja A. Tel: 2247-2518.

ME BEIJA QUE SOU CINEASTA - Gávea

Fundado em 2006 por cineastas e artistas pernambucanos, entre eles o cantor Otto, o bloco anima a Quarta-Feira de Cinzas na Gávea com a presença de famosos.

Quando: 5 de março, 10h às 17h.

Concentração: Praça Santos Dummont.

gavea-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Hipódromo: Praça Santos Dumont, 108. Tel: 2274-9720. Pe'Ahi: Rua José Roberto Macedo Soares, 5 , lojas A e B.Tel: 4104-0222. Marquês da Gávea: Praça Santos Dumont, 126. Tel: 3114-0780.

VOLTA, ALICE - Laranjeiras

O bloco surgiu em 2004, a partir do encontro de sete amigos que conversavam sobre como fazer do carnaval de 2005 uma festa inesquecível. Hoje, o único bloco de ladeira da cidade diverte cerca de 10 mil foliões a cada desfile.

Quando: Segunda (3), das 10h às 14h.

Concentração: Rua Alice, 24.

laranjeiras-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Sonho Lindo: Rua Mário Portela, 16, loja A. Tel: 2558-5582. Tasca do Edgar: Rua Alice, 34. Tel: 2558-9447. Bar do Serafim: Rua Alice, 24, loja A. Tel: 2225-2843.

BLOCO DE SEGUNDA - Botafogo

Criado em 1987 e um dos blocos mais tradicionais da cidade, desfila sempre na segunda de Carnaval para um público de 15 mil pessoas.

Quando: Segunda (3), das 17h às 21h.

Concentração: Rua Marques, ao lado da Cobal do Humaitá.

botafogo-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

O Plebeu: Rua Capitão Salomão, 50. Tel: 2286-0699. Aurora: Rua Capitão Salomão, 43. Tel: 2539-4756. Palhinha: Rua Humaitá, 12, loja C. Tel: 2539-5709.

CORDÃO DA PRETA - Centro

Fundado em 1918, é um dos mais tradicionais blocos da cidade e chega a arrastar até 2 milhões de pessoas pelas ruas do Centro.

Quando: 1º de março, das 9h30 às 14h30.

Concentração: Avenida Rio Branco, esquina com a Avenida Presidente Vargas.

centro-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Amarelinho: Praça Floriano, 55 B, Cinelândia. Tel: 2262-3311. Choperia Cinelândia: Rua Álvaro Alvim, 52, Cinelândia. Tel: 2210-2585.

QUIZOMBA - Lapa

Criado no Rio de Janeiro em 2001, o bloco tem repertório que passeia por hits de grandes artistas brasileiros, como Tim Maia, Jorge Ben, Alceu Valença, Luiz Gonzaga e Lulu Santos.

Quando: Sábado (8), das 11h às 14h.

Concentração: Rua dos Arcos, ao lado do Circo Voador.

lapa-.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Antonio's: Avenida Mem de Sá, 88. Tel: 2224-4197. Boteco da Garrafa: Rua Mem de Sá, 77, A. Tel: 2507-1976. Sarau Rio: Rua Mem de Sá, 64. Tel: 2508-7154.

CARMELITAS - Santa Teresa

O tradicional bloco de Santa Teresa vai à rua duas vezes no Carnaval: na sexta-feira e na terça. Os desfiles são feitos em sentidos opostos, representando os percursos que as freiras fazem para fugir do convento e para voltar, após cair na folia durante os dias de festa.

Quando: Sexta (28) e terça (4).

Concentração: Rua Almirante Alexandrino. Primeiro desfile, 15h, em frente ao CEAT; segundo, 10h, na esquina com a Rua Aarão Reis.

santa-teresa-carmelitas.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Onde comer:

Bar do Mineiro: Rua Paschoal Carlos Magno, 99. Tel: 2221-9227. Adega do Pimenta: Rua Almirante Alexandrino, 296. Tel: 2224-7554. Armazém São Thiago: Rua Áurea, 26. Tel: 2232-0822.

Fonte: VEJA RIO