EDIÇÃO DA SEMANA

Beira-mar

Histórias e novidades sobre a sociedade carioca

Por: Daniela Pessoa

O conquistador da vez

beira-mar-01-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Parece que o atacante Fred, camisa 9 do Fluminense, perdeu o posto de conquistador do futebol carioca. Ao que tudo indica, o novo titular da vaga é o rival botafoguense Emerson Sheik. Após namorar com a atriz Antônia Fontenelle e a modelo Franciely Freduzeski, o alvinegro tem dado sinais de que é firme seu romance com a ex-panicat Nicole Bahls. No fim de semana passado, o casal, que tem um histórico de idas e vindas em namoricos-relâmpago, foi flagrado em Fortaleza. Nicole e Antônia, aliás, não se bicam, e já trocaram farpas publicamente por causa do jogador. "Me considero uma pessoa interessante", gaba-se o modesto Sheik.

Queridinho das celebridades

beira-mar-02-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Grandes nomes da música nacional e internacional já passaram pelo palco do HSBC Arena, na Barra. Entre eles, Elton John, Guns N? Roses, Plácido Domingo e o rei Roberto Carlos. Nenhum deles, no entanto, despertou tanto interesse das celebridades quanto o canadense Michael Bublé, que se apresenta na próxima quarta (17). Dois meses antes do espetáculo, em julho, já começaram os pedidos para o cercadinho vip. "Só me lembro de ter presenciado um êxtase parecido com a cantora Amy Winehouse", conta o relações-públicas Luiz Fernando Coutinho, responsável, ao lado de Liège Monteiro, pela lista de convidados. "Estamos na maior saia-justa. Teve uma atriz que pediu oito convites para ela, a família toda e os assessores ainda. Vamos precisar deixar muitos famosos de fora", desabafa Coutinho.

"Tem que ser muito mulher para ser drag"

beira-mar-03-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Na TV, ela já fez papéis marcantes, como a Babalu da novela Quatro por Quatro e Maria Regina, a vilã de Suave Veneno. No cinema, no entanto, seu currículo ainda é modesto. É nessa seara que a atriz Letícia Spiller decidiu apostar. Em novembro, ela leva às telas O Casamento de Gorete, filme no qual atuou como produtora e também em uma ponta. "Foi tudo muito difícil e penoso, não me valeu de nada ser a Letícia Spiller", desabafa a artista, que tirou dinheiro do próprio bolso para levantar o projeto. "É um mercado complicado, mas vem aí uma comédia melhor do que Os Trapalhões", diz, toda confiante, a loira, que aparece no longa interpretando uma drag queen. "Tem que ser muito mulher para ser drag. Precisei dançar num salto de 40 centímetros e engrossar ao máximo a voz. Não é efeito sonoro, sou eu mesma", garante.

Desconvidado em cima da hora

beira-mar-04-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Na favela Chapéu Mangueira, no Leme, o Bar do David é conhecido por atrair uma legião de cariocas e turistas em busca de sua famosa feijoada de frutos do mar. Justamente a mesma que seria servida na conferência TED Global, que acontece pela primeira vez no Rio (e na América Latina) em outubro. Pouco antes da Copa, David Bispo, dono do boteco, foi convidado para cozinhar e servir sua especialidade a "pessoas ricas e influentes", conforme descreveu a organização. A alegria não durou muito. "Há poucos dias, fui desconvidado. Foi uma decepção porque já tinha espalhado a novidade, começado os preparativos, mas alegaram falta de verba", conta o empresário. "No meu bar, a porção de feijoada sai por 29 reais e fiz por 18. Não sei o que mais eles queriam", resmunga.

Do fogão para as livrarias

beira-mar-05-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Aos 26 anos de idade, Bela Gil se tornou uma espécie de Nigella Lawson dos trópicos ? em versão saudável. À frente de um programa de culinária natureba, a nutricionista diplomada nos Estados Unidos deu tão certo no papel de apresentadora que está indo para a segunda temporada da atração, com estreia marcada para a próxima terça (16) no canal GNT. Com isso, virou alvo de uma disputa no mercado editorial. Mesmo com um livro de receitas já engatilhado, cinco outras editoras estão atrás da moça para publicar uma segunda obra, já em fase de esboço. "Quero ir além da comida, trazendo um pouco das minhas filosofias de vida", antecipa a cozinheira, que está de mudança da casa do pai, Gilberto Gil, na orla de São Conrado, para um apartamento recém-adquirido na Gávea.

Fonte: VEJA RIO