EXPOSIÇÕES

Diálogos com Havana

Coletiva Entre Trópicos ? 46º05?: Cuba/Brasil reúne trabalhos de 22 artistas dos dois países

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

roteiro-exposicoes-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

São onze de cada lado. Conflitos e afinidades na produção de 22 artistas brasileiros e cubanos vão ser explorados na coletiva Entre Trópicos ? 46º05?: Cuba/Brasil ? o número do título refere-se à distância entre as latitudes de Havana e do Rio. Pinturas, esculturas, vídeos e instalações reunidos na Caixa Cultural serão organizados em duplas formadas por uma obra de cada país. Envolvidas na montagem, as curadoras Íbis Hernandez - responsável pela seleção de representantes sul-americanos para a Bienal de Havana - e Marisa Flórido vêm discutindo critérios há quase dois anos. "Nossa ideia é mostrar, através da arte, um cruzamento de culturas", diz Marisa.

No acervo estão garantidas telas em técnica mista do vanguardista Douglas Pérez, como La Ciudad de las Oportunidades, que, alegoricamente, retrata um tsunami de informação atingindo a capital cubana. Próximo aos trabalhos de Pérez serão exibidos dois guaches sobre quebra-cabeças do carioca Alexandre Vogler. Da série Pintura de Retoque, as peças são executadas com recursos de restauração para suprimir ou adicionar elementos. Em Manhattan (2005), Vogler removeu as torres gêmeas de uma antiga paisagem de Nova York e, em Baía de Guanabara (2006), coloriu de azul as ruas de Botafogo, representando a elevação do nível do mar provocada pelo aquecimento global. Ao longo do percurso, serão vistos ainda pares de instalações como Kiss, de Duvier del Dago, constituída de feixes de neon que reproduzem contornos de mísseis e tubarões, e Umbral, da gaúcha Regina Silveira, uma intervenção com adesivos na parede que lembram um buraco negro sugando variados bichos.

Entre Trópicos ? 46º05?: Cuba/Brasil. Caixa Cultural ? Espaço Livraria. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-7666, ? Carioca. → Terça a sábado, 10h às 22h; domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 26 de fevereiro. A partir de terça (24). www.caixacultural.com.br.

Fonte: VEJA RIO