Retrato da Semana

Clima de otimismo marca a celebração de um ano para os Jogos Rio 2016

Uma série de discursos e comemorações na quarta (5) marcou o tempo restante para as Olimpíadas

Por: Lula Branco Martins

Divulgacao
Christophe Dubi, Diretor Executivo de Jogos Olímpicos do COI; Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016; e Nawal El Moutawakel, Presidente da Comissão de Coordenação do COI (Foto: Divulgação)

Foi uma semana repleta de eventos preparatórios para os Jogos Olímpicos de 2016, englobando desde competições, que serviram de teste para quando a disputa for para valer, até discursos inflamados, como o de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016. Com projeções que lembravam que falta apenas um ano para o início da Olimpíada, ele e o prefeito Eduardo Paes promoveram, na manhã de quarta-feira (5), em coletiva de imprensa na Arena 3 do Parque Olímpico, na Barra, um exercício de otimismo e de boas notícias. Paes parecia tão feliz que até brincou de jogar handebol. O prefeito elogiou o Comitê Olímpico Internacional (COI), fazendo inclusive comparações com a Fifa, que “só quer saber de estádio”. Nuzman, por sua vez, enfatizou que o cronograma de obras está sendo cumprido a contento e que, após os Jogos, o legado para a cidade será consistente. Naquele mesmo dia e no mesmo bairro (num dos palcos da Cidade das Artes), a presidente Dilma Rousseff e o alemão Thomas Bach, presidente do COI, estiveram na cerimônia formal do marco de um ano para a abertura das competições. O tom das falas foi idêntico: tudo vai bem. E depois houve show de Diogo Nogueira e Zeca Pagodinho. Enquanto isso, o governo do estado admite que a Baía de Guanabara não estará despoluída até pelo menos 2030 e a cidade de Búzios, para constrangimento da capital, reforça a campanha para sediar a vela olímpica. Mais uma vez, a realidade não soa tão rósea quanto os discursos.

+ Búzios lança campanha para receber vela olímpica

+ Rio não interliga regiões olímpicas por ciclovias

+ Parque Olímpico está 82% pronto e obras estão no prazo, diz Prefeitura

+ A um ano dos Jogos, falta de locais para treinar prejudica atletas

Fonte: VEJA RIO