EXPOSIÇÕES

Cinéticos: Arte em Movimento

Dez obras do artista venezuelano Jesús Rafael Soto abrilhantam a coletiva Cinéticos: Arte em Movimento

Por: Carolina Barbosa - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Paulo Scheuenstuhl/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Jesús Rafael Soto (1923-2005) participou da histórica mostra Le Mouvement, realizada em 1955, em Paris, que consagrou a expressão arte cinética. Dez obras do artista venezuelano também abrilhantam a coletiva Cinéticos: Arte em Movimento, em cartaz na tradicional Galeria de Arte Ipanema, fundada em 1965. Soto chama atenção no amplo ambiente com trabalhos como Multiple de La Maquette Esfera Theospacio (1989), escultura de alumínio pintada de amarelo, cinza e branco, mas não está só. Na missão de encantar o visitante com ilusões óticas, motores que dão vida às criações e outros artifícios, ele é acompanhado por mais quatro expoentes: Julio Le Parc, Victor Vasarely, Luis Tomasello e Carlos Cruz-Diez. Também venezuelano, Cruz-Diez, 90 anos, o principal representante vivo da turma, apresenta nove peças. Uma delas, a esfuziante Physichromie nº 1731 (2011), emana um colorido de tons variados, dependendo da perspectiva de quem a aprecia. A partir de R$?40?000,00.

Galeria de Arte Ipanema. Rua Aníbal de Mendonça, 27, Ipanema, ☎ 2512-8832. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 10h às 14h. Grátis. Até 15 de outubro.

Fonte: VEJA RIO