xô, aedes!

Casos de dengue no Rio caíram 96% em 2014

Entre 2013 e 2014, o Rio de Janeiro registrou a maior redução no número de infectados com a doença entre todos os estados brasileiros

Por: Cibele Reschke - Atualizado em

aedes-aegypti-dengue.jpg
Número de vítimas da dengue caiu no último ano (Foto: Redação Veja rio)

O número de mortos vítimas da dengue no estado do Rio em 2014 caiu 83%, em comparação ao ano anterior. No mesmo período, a quantidade de infectados reduziu em 96% - foi a maior queda do índice Brasil. Enquanto em 2013 foram registrados 217 977 casos suspeitos da doença, e 60 óbitos, no ano passado houve 7.819 possíveis contaminados e dez falecimentos confirmados, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ). Entre os principais motivos para o controle da epidemia está a maior conscientização da população sobre as maneiras de evitar que o mosquito Aedes aegypti, principal vetor do vírus, se prolifere.

As medidas de prevenção também servem para conter a Chikungunya, febre parecida com a dengue - transmitida por um mosquito comum na África, mas passível de transmissão pelo Aedes aegypti -, que tem se espalhado pelo mundo. Em 2014, foram diagnosticados sete enfermos no estado fluminense. Todos, por enquanto, foram contaminados quando viajavam para fora do país. Já ocorreram surtos de Chikungunya em outros estados brasileiros como Bahia e Amapá.

Fonte: VEJA RIO