COTIDIANO

Apaixonado por carros

Thor Batista posa para foto ao lado do carro com o qual atropelou ciclista

- Atualizado em

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)

No último sábado (17), Thor Batista dirigia sua Mercedes SLR McLaren, que decorava a sala da mansão onde mora no Jardim Botânico, quando atropelou e matou um ciclista na Rodovia Washington Luís. O caso foi registrado como homicídio culposo na 61ª DP de Xerém. O jovem chegou a fazer o teste do bafômetro, mas o resultado deu negativo. Na tarde de ontem, acompanhado de seguranças e advogados, Thor voltou a Xerém, onde prestou depoimento sobre o acidente durante cinco horas. Antes de atropelar Wanderson Pereira da Silva, no entanto, o jovem de 20 anos, filho do bilionário Eike Batista, já havia atropelado outro ciclista. Dirigindo o Audi placa EBX 0001, o jovem atingiu um senhor de 86 anos que andava de bicicleta na Avenida Sernambetiba, na Barra, em 27 de maio de 2011. À época do acidente, a família da vítima não quis registrar queixa nem pediu indenização ao filho de Eike e Luma, que prestou socorro e arcou com todas as despesas médicas.

Saiba mais sobre Thor Batista no perfil publicado por VEJA RIO em julho de 2011

Fonte: VEJA RIO