COTIDIANO

Veja como será o campo de golfe olímpico da Barra

Resultado de parceria-público privada, obra vai ocupar terreno com 1 milhão de metros quadrados na Zona Oeste carioca

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Orçada em 60 milhões de reais, a construção de um campo de golfe olímpico na Reserva de Marapendi vai mudar a paisagem da Barra da Tijuca. Resultado de uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada, a obra ficará a cargo da empresa americana Hanse Golf Course Design, da Pensilvânia, que venceu o concurso para assumir o empreendimento. Localizado em terreno entre a Avenida das Américas e a lagoa de Marapendi, na altura do condomínio Riserva Uno, o campo vai ocupar 1,2 milhão de metros quadrados e será utilizado durante os Jogos Olímpicos de 2016. O esporte volta ao evento mundial após 112 anos de ausência.

Entre os pontos considerados positivos do projeto vencedor está o respeito às condições da região, cercada por dunas. Proprietário do terreno, o empresário de origem italiana Pasquele Mauro vai bancar todo o investimento em parceria com a construtora RJZ Cyrela . Em troca, a prefeitura alterou os parâmetros urbanísticos daquela região, permitindo a construção de 23 condomínios residenciais ou comerciais com até 22 pavimentos. Pelo acordo assinado com a prefeitura, o campo será público após a Olimpíada por 25 anos, podendo ser frequentado por qualquer pessoa.

Fonte: VEJA RIO