folia consciente

Campanha alerta foliões para a prevenção de acidentes de trânsito

Iniciativa chamará a atenção para o atropelamento, segunda maior causa de morte durante o período da folia

Por: Revista VEJA RIO

Desfile do Monobloco na Avenida Rio Branco
Desfile do Monobloco na Avenida Rio Branco (Foto: Pedro Kirilos/Riotur)

O carnaval é tempo de festa e alegria, mas durante os dias de folia também aumenta o número de acidentes, sobretudo no trânsito. Com o objetivo de diminuir este número e conscientizar a população, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Rio de Janeiro (SBOT-RJ) lançou a quinta edição da campanha Folia Sem Trauma – Não faça deste o seu último Carnaval.

+ Prefeitura apresenta plano operacional para o carnaval no Sambódromo

Durante o Carnaval de 2014, 155 pessoas morreram em 3.201 acidentes nas estradas federais brasileiras, o que representa 26 vítimas fatais a cada dia de folia. O foco da campanha deste ano é o atropelamento de pedestres, que foi a segunda maior causa de morte nas estradas federais do país no Carnaval do ano passado — com 22 registros —, ficando atrás apenas das colisões frontais, que ocasionaram 61 mortes.

+ As fantasias de Carnaval mais procuradas no Saara

Materiais promocionais da campanha serão distribuídos nos principais blocos da cidade durante o Carnaval. Polos gastronômicos que têm grande concentração de jovens também são alvo da campanha que se estende ao Sambódromo nos dois dias de desfile do Grupo Especial. Unidades de saúde do Estado receberão cartazes institucionais da campanha, que estará ainda exposta em outdoors em todas as regiões da cidade do Rio e também nos municípios de Duque de Caxias e São João de Meriti.

Fonte: VEJA RIO