DIVERSÃO

Caixa Cultural recebe mostra de filmes inspirados em cartas

Mostra Filmes-carta: Por uma estética do encontro reúne dezenove produções que abordam temas como literatura, artes, fotografia, autobiografia e diário

- Atualizado em

filmes-carta.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A partir desta terça (26), a Caixa Cultural recebe a mostra Filmes-carta: Por uma estética do encontro. O evento, que fica em cartaz até domingo (1º), aborda a relação entre o cinema e diferentes linguagens artísticas. A programação está dividida em grades temáticas e reúne dezenove filmes que abordam literatura, artes visuais, fotografia, autobiografia e diário. Em comum, as produções guardam a expressão de intimidade contida nas cartas e refletem sentimentos universais, como a saudade, a partida e os deslocamentos.

Serão exibidos curtas, médias e longas-metragens de pouca circulação em circuitos e festivais, que apresentam uma carta transposta para o vídeo, como De Glauber para Jirges, de André Ristum, e produções que abordam uma troca de mensagens em que realizadores se correspondem através de imagens e sons, como em Desassossego, longa de direção coletiva com organização de Felipe Bragança e Marina Melliande, e os filmes Cartas ao Ceará, de Marcelo Ikeda, Mauro em Caiena, de Leonardo Mouramateus, e Cidade Desterro, de Gláucia Soares.

Entre os destaques, estão também Lettre de Sibérie, de Chris Marker, produzido na década de 1950, e considerado o primeiro filme-carta, além de produções mais recentes, como o premiado documentário nacional Querida Mãe (2010), de Patrícia Cornils, e a co-produção Japão-Portugal Yama no Anata, para além das montanhas (2011), de Aya Koretzky.

A programação contará ainda com mesas de encontro com participação de cineastas, realizadores, pesquisadores e estudantes, além de críticos de Cinema, de Arte e Literatura, para conversar sobre o tema principal do projeto, os filmes-cartas, e temas relacionados.

A Caixa Cultural fica na Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Mais informações pelo telefone 3980-3815 ou no site www.mostradefilmescarta.com.

Fonte: VEJA RIO