EXPOSIÇÕES

Cai Guo-Qiang

Nome de ponta da incensada arte contemporânea chinesa, o artista radicado em Nova York apresenta sua primeira individual no Brasil

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Joana França/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Nome de ponta da incensada arte contemporânea chinesa, cujo currículo inclui um prêmio na Bienal de Veneza de 1999, o artista radicado em Nova York apresenta Da Vincis do Povo, sua primeira individual no Brasil. A exposição passou recentemente por Brasília e São Paulo, atraindo 700?000 pessoas. No Rio a partir de quinta (8), a mostra se espalha por dois espaços vizinhos: o CCBB e o Centro Cultural Correios. No primeiro ficarão grandiosas instalações, algumas reunindo objetos criados por camponeses da China - uma delas tomará a rotunda com submarinos, aviões, helicópteros e discos voadores flutuando em volta de um porta-aviões, erguido verticalmente, de 25 metros de altura. Parte mais famosa de seu trabalho, os belos desenhos produzidos através da queima da pólvora sobre papel ou tela poderão ser vistos, em sua maioria, no outro prédio. Um deles tem relação com o Brasil: exibe imagens de aeronaves e foi batizado de Alberto Santos Dumont.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis; Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 23 de setembro. A partir de quinta (8).

Confira em vídeo como são produzidos os desenhos com pólvora em abr.io/cai-guo-qiang

Fonte: VEJA RIO