COTIDIANO

Bondes só voltam a Santa Teresa em 2014

Governo do estado lança edital para a compra de 14 carros e trecho até o Silvestre será reativado

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

Riotur/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Os bondinhos só voltam a circular em Santa Teresa em 2014. Na próxima segunda (26), o governo do estado deve publicar o edital de licitação para a compra de 14 novos carros e o sistema. Parado desde 27 agosto de 2011, quando um carro perdeu o freio e tombou, matando seis pessoas e ferindo outras 54, o sistema só deve voltar a funcionar daqui a dois anos. De acordo com o governo estadual, serão investidos 110 milhões de reais na modernização dos bondes, que vai incluir também a reativação do trecho até o Silvestre.

Os novos bondes vão aposentar os seis que circulavam pelo bairro de Santa Teresa e terão capacidade para até 24 passageiros. Um número bem menor que os antigos, que carregavam até 80 pessoas. Também será cena do passado a imagem de passageiros pendurados do lado de fora, já que os carros terão estribos retráteis, usados apenas para o embarque e o desembarque. As composições também serão dotadas de sistema emergencial de freios e monitoramento via satélite, conhecido como GPS. Antes totalmente abertas, as laterais, por sua vez, serão fechadas parcialmente fechadas por material transparente de policarbonato.

As mudanças também vão chegar aos trilhos. Eles serão trocados por novos, chamados de bilabiados, que, segundo o governo, são mais seguros e provocam menos ruídos. O traçado original dos trilhos será reativado e os bondes voltarão a ter como destino final o Silvestre. Um aumento do trecho em operação, que até 2011 era de 7,2 quilômetros, para cerca de 10 quilômetros. Ao chegar ao final da linha, os passageiros vão ter ainda a opção de fazer integração com o trenzinho do Corcovado.

Fonte: VEJA RIO