DIVERSÃO

Rio para dançar

De samba a forró, rock a sertanejo e música eletrônica, VEJA Rio indica trinta lugares badalados para você se jogar na pista de dança. Escolha o seu ritmo

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

danca.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Berço do samba, o Rio de Janeiro é uma cidade de muita música e muitos ritmos. De rock a eletrônica, forró a samba, até o sertanejo caiu nas graças dos cariocas. Por aqui tem sons para todos os gostos, é só escolher o seu estilo e botar para quebrar na pista. VEJA Rio indica alguns dos melhores lugares para sacudir a poeira e dançar o seu ritmo preferido.

SAMBA, FORRÓ E MBP

Rio Scenarium. Misto de antiquário e casa de shows, o lugar é um dos endereços mais badalados da Lapa, que se divide entre samba, choro e MPB. Em 2006, entrou na lista dos dez melhores bares do mundo, segundo o jornal inglês The Guardian. Por todos os cantos dos três andares encontram-se relíquias, móveis, objetos de decoração e obras de arte no maior estilo retrô. Rua do Lavradio, 20, Centro, tel. 3147-9095. www.rioscenarium.com.br

Clube dos Democráticos. A casa representa o berço das tradições carnavalescas, oferecendo uma programação recheada de atrações com músicos da nova geração do samba e do choro. Fundada em 1867, é sinônimo hoje de grandes músicos, gente de todas as idades e cerveja barata. Parada obrigatória para quem gosta de música ao vivo e dança a dois. Em algumas noites, o clube sedia ainda bailes de forró. Consulte a programação. Rua Riachuelo, 91/93, tel. 2252-4611. De quarta a domingo a partir das 21h. www.clubedosdemocraticos.com.br

Asa Branca. Uma das casas de shows mais tradicionais do Rio Antigo, o Asa Branca, que recebeu grandes nomes da MPB durante quase 30 anos, reinaugurou como Espaço Cultural Asa Branca. O ambiente é decorado com quadros do artista plástico Amaury Menezes e costuma lotar com o forró que se estende madrugada afora. Consulte os horários pelo telefone. Avenida Mem de Sá, 17, Lapa, tel. 2224-9358/5848. www.espacoculturalasabranca.com.br

Trapiche Gamboa. A parede de tijolos aparentes e o estilo musical remetem às casas noturnas da Lapa, mas ela fica de fato na Saúde. Lá se apresentam bons sambistas, de terça a sábado, entre eles o bandolinista Pedro Amorim, o cavaquinista Eduardo Galloti, nome fundamental da roda de samba carioca, e o grupo Galocantô. Todos eles fazem a pista lotar. Rua Sacadura Cabral, 155, Saúde, tel. 2516-0868. www.trapichegamboa.com

Bom Sujeito. O bar leva a tradição do samba e o clima da boemia da Lapa à Barra, com música ao vivo, cardápio e ambiente de botequim. Em suas paredes estão pendurados quadros que retratam as maiores personalidades da história do samba. Nas escadas, discos de vinil. Do samba de raiz, passando pelo chorinho e indo até o pagode, a casa privilegia, acima de tudo, os ritmos brasileiros. Estrada da Barra da Tijuca, 18, tel. 2491-8955. www.bomsujeito.com.br

Casa Rosa. O casarão, que foi construído em uma zona nobre de Laranjeiras no início do século passado, reflete o padrão da alta sociedade da época em sua arquitetura e detalhes como azulejos portugueses e pinturas em azulejo. O espaço é cenário para festas de todos os gêneros. A agenda do fim de semana conta com programação variada, de samba, forró, rock e MPB a chorinho. No domingo, a roda de samba com feijoada agita o fim de tarde em Laranjeiras. Rua Alice, 550, Laranjeiras, tel. 2557-2562. www.casarosa.com.br

Feira de São Cristóvão. O Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas é o lugar certo para quem quer se divertir e dançar o forró de raiz. Nos dois grandes palcos do pavilhão os grupos do gênero se revezam com bandas de outros sons genuínos, como xote, baião, xaxado, brega, coco, arrasta-pé e maracatu. Aromas e sabores se misturam aos sons neste pedacinho do Nordeste no Rio. São 700 barracas de produtos típicos e 35 restaurantes que servem as melhores iguarias regionais. Campo de São Cristóvão, s/n, São Cristóvão, tel. 2580-5335. Terças, quartas e quintas das 10h às 18h (somente alguns restaurantes e barracas), e sextas, sábados e domingos das 10h de sexta às 20h de domingo. www.feiradesaocristovao.org

LEIA MAIS: Conheça as atrações imperdíveis da Feira de São Cristóvão

trapiche2.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

GAFIEIRA

Lapa 40°. A casa, que tem como um dos sócios o coreógrafo Carlinhos de Jesus, traz em sua programação uma fórmula que deu certo: gafieira e 22 mesas de sinuca. De terça a sábado, além da música ao vivo no térreo que agita o happy hour, a agenda é diversificada. Às quartas acontece o Samba do Lapa com o Grupo Revelação, no terceiro andar. Às quintas é a vez do sertanejo, enquanto nas sextas a programação é reservada para shows variados, abrindo espaço para gêneros como forró, pop e até rock. Sábado, por fim, é dia da Gafieira do Lapa com a banda Signus e do Samba do Carlinhos, um verdadeiro aulão de dança com os professores da Cia.de Dança Carlinhos de Jesus. Rua do Riachuelo, 97, tel. 3970-1329. www.lapa40graus.com.br

Estudantina. A casa fundada por um estudante de Direito em 1928 (daí o nome) popularizou a música brasileira e a dança de salão entre intelectuais e boêmios. Hoje, é reconhecida oficialmente pela Prefeitura como Patrimônio Imaterial do Estado do Rio de Janeiro e já foi até cenário de novela, como Caminho das Índias, América e O Clone. Cantores e compositores de sucesso já passaram pelo palco Maria Bethânia, entre eles Luiz Gonzaga, Caetano Veloso e Gilberto Gil. O tradicional cartaz com os estatutos da gafieira fica pendurado na parede alertando aos desavisados que não é permitido beijos e saliências no salão de clima familiar e democrático. Lá são encontradas ainda figuras folclóricas divertidas que trajam calça branca, camisa de seda, sapato bicolor e chapéu panamá. Praça Tiradentes, 79, tel. 2232-1149. www.estudantinamusical.com.br

Elite. Inaugurada em 1930, a casa que havia sido residência do Duque de Caxias teve frequentadores ilustres, como Madame Satã, Braguinha, Grande Otelo, Pixinguinha, Mário Lago, Cartola, Jamelão, Elza Soares e Zé Katty. O prato principal da gafieira é o pagode, mas as atrações, inclusive festas temáticas, podem variar. Fique atento à programação. Rua Frei Caneca, 4, Centro, tel. 2232-3217. www.gafieiraelite.xpg.com.br

ROCK

Bukowski. O casarão de dois andares em Botafogo é um dos poucos lugares da cidade para dançar rock. A trilha privilegia clássicos das décadas de 60, 70 e 80. São duas pistas - em uma delas a pessoa pode pedir raridades para o DJ tocar em vinil -, duas mesas de sinuca e área externa com bar e jardim, onde há inclusive narguilé. Fotos do escritor beatnik Charles Bukowski (1920-1994) e de roqueiros, além de capas de álbuns, dão o tom da decoração e o clima das noites. Rua Álvaro Ramos, 270, Botafogo, tel. 2244-7303 e 7892-8680. www.barbukowski.com.br

LEIA MAIS: Saiba onde ouvir, ler, aprender e comprar artigos inspirados no rock

Rio Rock e Blues. Trata-se de uma espécie de clube de música dedicado aos dois gêneros que o batizam. Na primeira visita, o cliente paga taxa de R$ 35,00, recebe uma carteirinha e passa a ter ingresso livre no lugar por trinta dias, com acesso à programação de shows. Dois bares abastecem os sócios com cerveja Bohemia e Stella Artois, além de caipirinhas de frutas da época e cachaça artesanal. No cardápio de comes, hambúrgueres são a especialidade. Todas as sextas-feiras o Rio Rock & Blues Club celebra a memória do rock nacional. No palco Café, bandas e artistas covers da cidade tocam as músicas e relembram a obra dos grandes ídolos para todo mundo dançar e cantar junto. Além das noites dedicadas ao blues e o rock, também há no local um estúdio, que pode ser alugado para gravação e aulas. www.riorockebluesclub.com.br

Satisfaction. Ainda na Lapa, no chamado quarteirão do rock, a casa tem três andares decorados com cartazes de bandas. As festas costumam ser temáticas, como as dedicadas aos grupos Pink Floyd e aos Guns?N?Roses. Consulte a programação. Rua do Riachuelo, 18, Lapa, 3970-1845.

Calabouço Heavy & Rock Bar. Tradicional reduto roqueiro da cidade, a região da Praça da Bandeira abrigou na década de 90 o Garage, palco de novas bandas. Para os fãs do heavy metal, o Calabouço é a melhor pedida. Ele se intitula o bar mais rock?n?roll da cidade. A conferir. Rua Felipe Camarão, 130, Vila Isabel, tel. 2268-7014. www.calabouco-bar.com.br

casarosa.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

SERTANEJO

Nuth. Quinta-feira é dia de Moda Sertaneja em uma das boates mais famosas da Barra. A festa começa às 21h e se estende com o som de DJs que animam a madrugada. E o melhor: tem dose dupla de cerveja e caipirinha até às 23h. Avenida Armando Lombardi, 999, tel. 3575-6850. www.nuth.com.br

Far Up. Todas as quintas a partir das 22h é dia de Quintaneja na boate que fica na Cobal do Humaitá. Após embalar a plateia com músicas do gênero tocadas por duplas de sertanejo universitário em destaque no cenário carioca, a noite segue com os hits comandados pelo DJ Ronaldo, da rádio FM O Dia. Rua Voluntários da Pátria, 448, sala 1, tel. 2286-2614. www.farup.com.br

Botequim Bate-Papo. Localizado na parte lateral da Cobal do Leblon, o ponto é reduto do sertanejo universitário na cidade. Sexta a partir das 21h o gênero rola solto no bar, ao vivo. Quem toca e canta é a dupla Vinicio & Veriano, residente da casa há quatro anos. Rua Gilberto Cardoso s/n, Cobal do Leblon, Leblon, tel. 2529-2110. botequimbatepapo.blogspot.com

Melt. Situada no coração do baixo Leblon, a casa tem em seu primeiro andar um bar e restaurante de cozinha internacional. Em cima fica a pista de dança onde acontecem shows e festas com uma programação diferenciada para cada dia da semana. A quarta, por exemplo, é dedicada ao Club Sertanejo, quando é possível ouvir sucessos de Luan Santana, Jorge e Mateus, Fernando e Sorocaba, João Bosco e Vinicius, Victor e Leo, entre outros. Rua Rita Ludolf, 47, Leblon, tel. 2249-9309. www.meltbar.com.br

Zero Vinte Um. O esquema é parecido com o de outras boates cariocas. No início da noite de sexta, a Sextaneja toma conta da programação e, depois, a festa segue com hits de DJs convidados. Avenida Armando Lombardi, 583, tel. 2491-8587. www.zero21luxury.com.br

HOUSE, HIP HOP e MÚSICA ELETRÔNICA

É só escolher entre as boates mais descoladas da cidade, que têm programação bastante diversificada, mesclando todos os ritmos. Veja a seguir algumas, consulte a programação e divirta-se.

00. Além da pista de dança, a casa acopla um jardim ao ar livre a um restaurante de cozinha contemporânea. Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea, tel. 2540-8041. www.00site.com.br

Baronneti. Contemporânea, cada festa ou evento na casa busca explorar os cinco sentidos através da iluminação, dos sons, dos aromas e sabores de drinks e mimos como guloseimas. Rua Barão da Torre, 354, Ipanema, tel. 2247-9100. www.baronneti.com.br

Baretto-Londra. Pelo badalado bar do Hotel Fasano já passaram ícones como as cantoras Madonna e Beyoncé. Apesar das capas de disco de rock, entre eles de Rod Stewart e The Clash, as noites costumam ser embaladas por uma variedade maior de gêneros, que pode ir do house ao jazz. O house, por sinal, é um dos fortes da casa, especialmente às quintas com DJs internacionais. Tijolos aparentes, uma bandeira do Reino Unido com as cores da Itália e confortáveis poltronas completam a esmerada decoração. Avenida Vieira Souto, 80, Hotel Fasano, Ipanema, tel. 3202-4000. www.fasano.com.br

Nuth Club. A Nuth desembarcou na Zona Sul fazendo uma releitura do Club Privé. A Lagoa Rodrigo de Freitas da o toque especial à casa de vidro. São três ambientes: longe, bar champanheria e restaurante. Madrugada afora, todos os sons se misturam por lá. Avenida Epitácio Pessoa, 1244, Lagoa, tel. 3153-8595 e 3575-6850. www.nuth.com.br

Boate Praia. A boate e restaurante de comida contemporânea foi inaugurada onde antes era o Sky Lounge. Os camarotes têm entrada, bar e banheiros exclusivos. Avenida Borges de Medeiros, 1426, Lagoa, tel. 2512-8840. www.clubpraia.com.br

Hideaway Lounge e Pizzaria. O antigo casarão do século 19 é uma mistura de pizzaria e lounge em um ambiente descolado, com teto de vidro. Nas carrapetas predomina dance, hip hop, house, drum?n?bass, funk e forró. Rua das Laranjeiras, 308, Laranjeiras, tel. 2285-0921. www.hideaway.com.br

Casa da Matriz. Além das duas pistas de dança com programação eclética, a sala com fliperama faz a alegria do público que frequenta a casa, mais jovem. Rua Henrique de Novaes, 107, Botafogo, tel. 2266-1014. www.casadamatriz.com.br

Pista 3. A boate foi criada para ser uma extensão da Casa da Matriz, e segue portanto uma proposta conceitual bem próxima, atraindo um público jovem que gosta de rock e música eletrônica. Com dois andares, a boate tem pista de dança e bar no primeiro andar, além de uma área para eventuais shows ao vivo. No segundo fica um bar maior com mesa de sinuca, lounge e telão. Rua São João Batista, 14, Botafogo, tel. 2226-9691. www.pista3.com.br

The Week. O line-up reúne alguns dos melhores DJs da música eletrônica nacional e internacional. A casa oferece dois bares, um na pista e outro no lounge de entrada. Democrática, as noites na boate são famosas entre o público GLS. Rua Sacadura Cabral, 150, Saúde, tel. 2253-1020. www.theweek.com.br

Fosfobox. O clube se destaca por ser um local com boa música e ambiente democrático muito procurado pelo público GLS. Por lá acontecem ainda eventos culturais como peças de teatro. Rua Siqueira Campos, 143, 22 A, subsolo, Copacabana, tel. 2548-7498. www.fosfobox.com.br

Fonte: VEJA RIO