DECORAÇÃO

Minha casa, meu blog

Transformar o seu lar e deixá-lo com a sua cara gastando pouco: três blogueiras apaixonadas por decoração mostram diariamente que isso é possível

Por: Louise Peres - Atualizado em

decoracao-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Faltam grana, espaço, tempo. Mas criatividade e disposição para colocar a mão na massa são abundantes na vida dessa gente que descobriu, ao enfeitar a própria casa, um universo inesgotável de possibilidades: renovam paredes com papéis de presente, transformam móveis detonados em belas peças ou mesmo criam, a partir de latas e ripas de madeira, uma simpática horta para a varanda. Na decoração DIY (faça você mesmo, do inglês do it yourself), tudo pode ser inspiração, e o reaproveitamento de materiais é palavra de ordem. A tendência artesanal, difundida por blogueiros do mundo inteiro, vem ganhando força nos últimos anos. No Rio, iniciativas surgidas da combinação entre orçamento apertado e vontade de deixar o lar mais agradável geraram ótimas fontes de informação para quem quer mudar o lugar onde vive sem sacrificar as finanças.

Quer mudar a cara do seu lar? Veja dez maneiras fáceis e baratas para renovar sua casa

"A necessidade de decorar minha casa fez com que eu procurasse alternativas para deixá-la do meu jeito sem gastar muito", conta a designer de interiores Vivianne Pontes, dona de um dos blogs pioneiros no Brasil sobre o assunto, o Dcoração. Em 2007, ela, que estudou Genética no País de Gales e sequer sonhava em trabalhar com o tema, financiou um apartamento antigo no Rio Comprido e ficou sem recursos para reformar a nova casa. Contou com a ajuda de uma amiga arquiteta e de um pedreiro para reparos maiores, mas teve que se virar sozinha no acabamento: emassou paredes, pintou o banheiro, garimpou e reformou o mobiliário. "Criei o blog para guardar ideias, reunir em um só lugar tudo que eu achava de bacana. Ele acabou alimentando uma paixão que já existia e mudou quem eu sou", diz Vivianne, que ingressou num curso de Design, profissionalizou-se e hoje trabalha na área, dando consultoria e executando projetos de decoração com toque artesanal.

decoracao-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Foi justamente o Dcoração que inspirou a publicitária Thalita Carvalho a criar um diário dos projetos e reformas executadas em seu pequeno apartamento quarto e sala na Barra. "Saí da casa dos pais sem dinheiro, mas com muita vontade de deixar meu cantinho com a minha cara", conta Thalita, dona do Casa de Colorir, hoje com 400 mil visitas mensais. Investiu na pesquisa durante seis meses (o site de Vivianne foi uma de suas maiores fontes de inspiração) e, desde setembro de 2010, compartilha seus desafios no blog - da reforma de uma mesinha velha resgatada de uma rua em Botafogo à pintura do armário de fórmica da cozinha. Aprendeu a costurar, perdeu o medo das tintas e decidiu registrar na internet a evolução da nova casa. "Sempre gostei de design e trabalhos manuais, mas nunca tive disciplina para ir com um projeto até o fim. No blog, consegui unir as duas coisas", comemora.

decoracao-05.jpg
(Foto: Redação Veja rio)
decoracao-06.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Em maio de 2011, a experiência rendeu a Thalita um convite para participar de um episódio do Decora, programa do canal a cabo GNT comandado pela arquiteta Bel Lobo. "Tive apenas duas madrugadas para executar a reforma de uma cômoda e um aparador. Foram só doze horas de muito trabalho", lembra ela, que pensou em desistir da missão. O esforço valeu à pena. Meses depois, ela foi contratada como analista de marketing do canal e, em dezembro, recebeu a proposta de integrar um quadro fixo na atração. No ar desde abril, Thalita não se imagina vivendo longe dos pincéis e ferramentas. "Amo meu trabalho, mas também sou apaixonada por decoração. Cada projeto novo testa meus limites, me motiva a continuar", diz a publicitária, que vê na interação com os leitores um dos maiores privilégios de escrever sobre o assunto. "Recebo depoimentos incríveis de pessoas que usaram ideias simples do blog para mudar o astral e renovar suas vidas após uma separação ou a perda de um ente querido", conta.

decoracao-07.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

É justamente na fórmula do "faça você mesmo" que reside o segredo dos blogs de decoração. A facilidade de replicar em casa o que outra pessoa fez torna o conteúdo atraente e desperta no leitor o desejo de fazer um projeto bacana. "As pessoas gostam de tutoriais, posts que ensinem a executar algo legal", destaca Vivianne, que defende que um lar deve sempre ter a cara do seu dono. Ao contrário do que muita gente pensa, apostar em trabalhos manuais e artesanais, para ela, não significa decorar a casa com peças mal acabadas. "Tenho pavor de coisas que pareçam trabalhinho de escola. Tem que ser bem feito, com acabamento bacana", avisa.

Se no Brasil o decor sofisticado tem prestígio e a estética artesanal não é tão valorizada, no exterior o estilo feito-em-casa é sucesso há tempos. Sites estrangeiros, como o Apartament Therapy, inspiram os adeptos do estilo DIY por aqui. "A seção de reformas deles é incrível. Rendeu ideias para vários projetos que fiz, como um gabinete de cozinha que pintei e transformei em armário de banheiro", conta a também carioca Carol Fonseca, do blog Casa de Nós 2. De dicas sobre que tinta usar para pintar os azulejos pavorosos da sua cozinha à transformação de objetos aparentemente inúteis em peças inspiradas, a blogosfera está cheia de ótimas soluções. Cabe a você passear por elas, inspirar-se e colocá-las em prática.

Fonte: VEJA RIO