Leitura

BIblioteca Rio 450 disponibiliza livros sobre a cidade

Dezesseis publicações serão lançadas ao longo de 2015. O exemplar Rio 400 + 50 foi o primeiro da coleção

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

rio-400-50
Rio 400+50: lançamento integra as obras comemorativas (Foto: Divulgação)

Inspirado nas comemorações do IV Centenário, em 1965, o Comitê Rio450 criou uma biblioteca para concentrar produções que servem como referência para os estudos sobre a história da cidade. Fazem parte da coleção dezesseis publicações que serão lançadas ao longo de 2015 e mais de 40 obras selecionadas pela Faperj. Até agoras, dois livros foram escolhidos diretamente pelo Comitê. Trata-se de  "Rio 400+50" e "Uma Ladeira para Lugar Nenhum".

+ Livros em homenagem aos 450 anos do Rio voltam às prateleiras

 Entre as publicações selecionadas estão "A Fazenda Nacional da Lagoa Rodrigo de Freitas", do museólogo Cau Barata, que mostra como se definiram os bairros da Zona Sul; "O Rio de Janeiro Setecentista", de Nireu Cavalcanti, que aborda  a construção da cidade desde a invasão francesa até a chegada da corte de Portugal; e "A Formação da Guanabara", de Paulo Knauss. Essa última descreve os bastidores da curta experiência do Rio como cidade-estado, entre as décadas de 60 e 70.

Integram a lista um estudo sobre os mais variados guias de turismo já publicados sobre o Rio; a evolução dos desfiles da escolas de samba nos últimos cinquenta anos; a história de dezenas de bares e botecos famosos que  saíram do circuito, entre outros assuntos. As mais de 40 obras selecionadas pela Faperj retratamlugares como Copacabana, a Floresta da Tijuca e o subúrbio carioca. 

Fonte: VEJA RIO