EDIÇÃO DA SEMANA

Beira-mar

As mancadas, os micos e as emoções no primeiro Carnaval da Sapucaí remodelada

Por: Carla Knoplech e Sergio Garcia - Atualizado em

beira-mar-9.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

As grandes apostas de duas cervejarias para o Carnaval falharam feio. Primeiro foi Hugh Hefner, dono da Playboy, que cancelou sua vinda ao Camarote Devassa por motivo de saúde. Coube a seu filho Coo­per representá-lo, mas sem exibir o carisma e o entusiasmo do lendário pai. Numa tentativa de salvar a noite, a cantora Fergie, do Black Eyed Peas, sempre de óculos escuros, deu uma canja. Pena que a exibição aconteceu no mesmo horário do desfile da Mangueira, o que esvaziou o espetáculo indoor. Do outro lado da avenida, o reconfigurado Camarote da Brahma, agora mais confortável e repleto de janelões e varandas, teve Jennifer Lopez como atração maior na primeira noite. A estrela americana, que antes de embarcar para cá manifestou seu desejo de se misturar aos demais convidados, fez exatamente o oposto. Segregada em um cercado vip e protegida por um paredão de seguranças, ela foi embora em menos de duas horas, sem arriscar uns passos de samba.

beira-mar-2.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Mais magra e bonita, porém menos simpática que o habitual, Juliana Paes foi outra que não quis muito papo. Praticamente só conversou com a mãe e o marido. Foi um silêncio muito bem remunerado, diga-se, pois ela recebeu 150?000 reais de uma cervejaria para enfeitar seu espaço, onde passou a maior parte do tempo em uma área reservada. Quando desceu para a frisa, sambou a valer. ?Bate uma tremenda nostalgia, mas sei que já passou o meu tempo?, disse ela, lembrando seu reinado à frente da bateria da Viradouro.

beira-mar-6.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Há quem chegue ao fim de uma gravidez esgotada e indisposta. Definitivamente não é o caso de Luana Piovani. No oitavo mês de gestação, ela virou a noite de segunda no camarote de uma cervejaria, onde abriu uma exceção na rígida dieta e bebeu algumas tulipas de chope. Ao contrário de Jennifer e Juliana, ela deu trela aos jornalistas. Acompanhada do namorado, Pedro Scooby, que usava um boné com o nome do filho bordado, a atriz contou que tentará parto normal e já preparou as lembrancinhas que serão distribuídas assim que Dom vier ao mundo. Luana encomendou minipranchas de surfe, uma referência à profissão do pai da criança.

beira-mar-12.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ao ver o noivo, Marcelo Serrado, como destaque da Porto da Pedra, a pedagoga Roberta Fernandes caiu no choro. Entre um desfile e outro, ela só falava sobre o casamento, daqui a cinco meses. Três profissionais já estão escalados: a estilista Regina Martins fará o vestido, Roberto Cohen será o responsável pelo cerimonial e caberá a Preta Gil comandar a festa na Sociedade Hípica após o matrimônio.

beira-mar-1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Desde que o Casseta & Planeta Urgente saiu do ar, no fim de 2010, ele sentia falta do personagem. A admiração por Paulo Barros, aliada a essa saudade, fez com que o humorista Hubert não relutasse ao receber o convite do carnavalesco para sair de Roberto Carlos na Unidos da Tijuca. ?Fiz a caracterização sozinho?, orgulhava-se, com o indefectível terno azul do Rei. Ele se prepara para voltar à TV com sua trupe. Em abril eles estreiam um programa temático que abordará um assunto a cada edição.

beira-mar-7.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O Carnaval da atriz Quitéria Chagas foi prolongado, à moda baiana. Ela passou uma semana na Argentina divulgando a festa brasileira, retornou em cima da hora para assumir o posto de madrinha da bateria da Unidos de Vila Maria, que se apresentou em São Paulo na madrugada de domingo, e em seguida voou para o Rio, onde desfilou já no amanhecer de segunda pela Vila Isabel. Ela dá a receita revigorante: ?Sorte que tenho uma jacuzzi em casa e tomo muito açaí?.

Quem organizou a saída das celebridades do camarote da Grande Rio rumo à área de concentração da escola foi o próprio patrono, o notório Jayder Soares. Conhecido por mimar as famosas com joias de alto valor, ele designava o número de seguranças para cada uma delas. Luciana Gimenez, por exemplo, foi acompanhada por quatro grandalhões. Com seu 1,63 metro de altura, Jayder é o poderoso chefinho da Sapucaí.

beira-mar-3.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A última concorrente do segundo dia de desfile tinha passado ? ou seja, a festa estava encerrada ? quando Ronaldo Fenômeno resolveu dar as caras. Bambeando mais que um mamulengo, ele esbravejou com os oito seguranças que o cercavam até chegar ao camarote de uma cervejaria.

beira-mar-11.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Com a enxurrada de enredos sobre o Nordeste, nunca se viu tanta gente de chapéu de couro, bornal e alpercatas na Sapucaí. Avessa a desfilar pouco coberta, a atriz Fernanda Paes Leme aderiu ao modelito cangaceiro, com acessórios de Maria Bonita e camisa da diretoria do Salgueiro. ?Quem sabe no ano que vem use uma fantasia mais ousada. Por enquanto, não tenho vontade?, disse ela.

beira-mar-10.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Campeão peso-pesado de MMA, o catarinense Júnior Cigano viveu duas experiências inéditas. Ele estreou na Passarela do Samba ao sair pela Grande Rio com seu colega de octógono Rodrigo Minotauro na alegoria Desafiando Gigantes. Outra novidade para ele foi a escolta constante de seguranças da escola antes e depois do cortejo. ?Nosso esporte cresceu muito e o assédio também?, tentava justificar. Habituado a madrugar para treinar, Cigano teve de se adaptar ao fuso horário momesco, pois sua agremiação foi a última concorrente do Grupo Especial a se apresentar. ?Fiquei sambando sem parar até a hora de entrar na pista?, revela o lutador.

beira-mar-16.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Pode ter sido pura timidez ou, na hipótese mais provável, fastio. O fato é que os jovens Olin e Thor Batista estavam inteiramente deslocados no abre-alas da Estácio de Sá, que disputou o Grupo de Acesso, no sábado. Vestidos com camisa branca em que se lia em letras rubras garrafais o nome do pai, Eike, os irmãos cruzaram a passarela parcimoniosos nos sorrisos e acenos de mão. No alto do carro, veio a mãe deles, a musa de sempre Luma de Oliveira, que foi enredo da tradicional escola de samba carioca. No fim do cortejo, Thor foi sincero quando lhe perguntaram sobre a ausência do pai: ?Acho que ele não foi convidado?.

Entre as centenas de mulheres exuberantes que passaram pelo Sambódromo nos dois dias de desfile do Grupo Especial, algumas deixaram sua marca impressa. Elegemos cinco:

SEM CARISMA

beira-mar-13.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ficou puxado para Ana Furtado. Ao interpretar o papel de uma fênix que renasce das cinzas na Grande Rio, a rainha de bateria, que estreava na função, não convenceu ao simular que batia asas. Faltaram ginga e empatia para a ave levantar voo.

SEM NAMORADO

beira-mar-5.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Depois de posar nua aos 20 anos, Bárbara, filha da modelo Monique Evans, terminou um namoro e foi solteira para o camarote de uma fabricante de bebida. Com a camiseta-convite transfigurada em um microvestido, ela arrancou elogios dos homens presentes. Mas saiu sozinha.

SEM NOÇÃO

beira-mar-4.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Destaque do Salgueiro, Adriana Bombom protagonizou cenas cômicas na Sapucaí. Não satisfeita em se sacolejar e cumprimentar efusivamente a plateia, a bombada dançarina se atirou ao chão e fez flexões, numa performance, até para o Sambódromo, exagerada.

SEM VERGONHA

beira-mar-8.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Quem estava no 2º andar do Camarote da Brahma no domingo testemunhou a cena. A apresentadora Ellen Jabour enchia a bolsa de potinhos de iogurte. Depois de cada rapa, ela vinha e mostrava às amigas.

COM SAMBA NO PÉ

beira-mar-14.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ao ser coroada rainha de bateria da Mocidade, a atriz Antonia Fontenelle gerou desconfiança de uma possível influência do marido, o diretor Marcos Paulo. Num posto geralmente ocupado por moças com bumbum avantajado, a loura esguia fez bonito.

SOBE

Unidos da Tijuca: a escola faturou seu terceiro título e definitivamente se firma entre os gigantes do Carnaval. De quebra, Paulo Barros confirmou seu lugar na galeria dos supercarnavalescos.

Comissões de frente: elas viraram um espetáculo à parte, exigindo cada vez mais investimento das escolas. Não à toa se tornaram o segredo mais bem guardado das participantes.

Passarela do Samba: totalmente remodelada, com quatro módulos a mais de arquibancada e novos

sistemas de som e luz, a nova Marquês de Sapucaí não só ampliou sua capacidade como valorizou o desfile.

DESCE

A curva da morte: manobrar alegorias cada vez mais gigantescas no cotovelo de 90 graus para entrar na avenida foi a grande dor de cabeça do setor técnico das agremiações. Várias delas tiveram problemas.

A turma do bicho: com o ex-presidente da Vila Isabel Wilson Vieira Alves e o patrono da Beija-Flor, Anizio Abrão David, em cana, nunca tão poucos bicheiros foram vistos no Sambódromo como desta vez.

Nudez: não dá para dizer que foi um desfile bem-comportado, mas é possível afirmar que caiu muito a quantidade de topless na passarela. Também estiveram em baixa os enredos históricos.

OUVIU O QUE ELES DISSERAM?

? Carnaval é uma época em que perco os limites.?

O ator Caio Castro, soltinho, soltinho em um camarote

? Aqui só tem paulista! ?

A diretora de TV Amora Mautner, reclamando da frequência do camarote de uma cervejaria

? Gosto mais das morenas. ?

Cooper Hefner, herdeiro da Playboy, rodeado de coelhinhas loiras

? Acho que ele não me quer. ?

Bárbara Evans, sobre o rapaz que estava paquerando no camarote de uma fabricante de bebida

? Ia ser o máximo se também me escolhessem para virar enredo de escola de samba. ?

A socialite Narcisa Tamborindeguy, referindo-se a Luma de Oliveira, tema da Estácio de Sá

beira-mar-15.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

? Bebi demais, não posso falar agora. ?

O ator Rodrigo Santoro, mais para lá do que para cá, no Baile do Copa

? Os novos donos da Schincariol não dão gorjeta nenhuma?

Garçom, reclamando dos atuais proprietários do Camarote Devassa

? Fergie quem? O que é isso? ?

Elke Maravilha, indagando sobre a cantora do Black Eyed Peas, que fazia um pocket show

? Senti falta de uma mulata entre as candidatas. Só tem devassa branquela! ?

O comediante Helio de la Peña, sobre o concurso para eleger a garota-propaganda de uma cervejaria

? Teve bloco dos Crôs na Bahia. Vocês viram? ?

Marcelo Serrado, todo pimpão, dirigindo-se aos repórteres

? Ninguém me desobedece. ?

Jayder Soares, patrono da Grande Rio, dando ordens aos seguranças

Fonte: VEJA RIO