EDIÇÃO DA SEMANA

Beira-mar

Histórias e novidades sobre a sociedade carioca

Por: Daniela Pessoa e Louise Peres - Atualizado em

"Cinema é o meu negócio"

beira-mar-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A premiada atuação nas telonas impressionou a novelista Glória Perez e rendeu a Nanda Costa o papel de protagonista do horário nobre. E é para o cinema que a atriz volta, em três produções, tão logo Salve Jorge termine, em 17 de maio. "Sem dúvida cinema é o meu negócio. Sou estudiosa, gosto de ter tempo para fazer o desenho emocional do personagem, e em novela isso é impossível", compara a intérprete de Morena, que aos 26 anos chegará ao 13º longa do currículo interpretando Severina, protagonista de Língua Seca, num par romântico com Cauã Reymond. "Recusei outros convites por causa da novela, mas sempre tenho novos papéis em vista."

beira-mar-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

"Agora as pessoas vão passar por aqui, ver o sorriso do Rafael e pensar no próximo."

Cissa Guimarães, no antigo Túnel Acústico, que foi rebatizado com o nome de seu filho Rafael Mascarenhas, atropelado ali em 2010

A dieta do chef não funcionou

beira-mar-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Na quinta (25), o francês Roland Villard, do estrelado Le Pré Catelan, sobe o Complexo do Alemão para lançar um programa de reorientação alimentar destinado a crianças. Com a ajuda de uma nutricionista, o mestre-cuca elaborou para uma creche municipal vinte pratos saudáveis que brincam com formas como porquinhos, borboletas e campos de futebol. "Sempre cuidei da alimentação dos meus filhos. Em casa, regulo a comida de todo mundo", conta. Pelo visto, é só em casa mesmo. Diante das tentações de sua cozinha, Villard, que lançou em 2009 A Dieta do Chef, compêndio com versões light de suas receitas, recuperou 15 dos 25 quilos perdidos. "Voltei a comer de tudo", assume. "Meu livro está todo empoeirado na prateleira."

O corretor das estrelas

beira-mar-04.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A maioria dos que viram a peça Por que Será que as Amamos Tanto? nem sequer desconfia. Com participações em novelas como Caminho das Índias e Cheias de Charme, o ator Wesley Aguiar, que interpreta o personagem Joca no palco do Cândido Mendes, não restringe seu ganha-pão à dramaturgia. Desde 2007, ele também vende imóveis, muitos a colegas famosos, o que acabou lhe rendendo o apelido de "corretor das estrelas" nos bastidores do Projac. Depois de fechar negócio com Giovanna Antonelli, Marcelo Novaes, Malvino Salvador e Jorge Fernando, ele agora está à procura de uma cobertura na Barra para Humberto Martins. "Embora eu ame atuar, sei que não dá para viver só disso. O salário de um novato na TV não passa de 7 000 reais, enquanto o de um corretor no Rio fica entre 20 000 e 30 000 reais nos piores meses", explica Aguiar.

Olhar estrangeiro

beira-mar-05.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Cerca de vinte obras de grande porte, que não poderiam ser exibidas nos estandes convencionais da ArtRio, vão ocupar o Armazém 4 do Cais do Porto. Essa é a principal novidade preparada pelos organizadores do evento, que acontece entre 5 e 8 de setembro. Para selecionar os trabalhos, entrou em campo a curadora Abaseh Mirvali. "Quero reunir um grupo consistente da produção latino-americana, mesclando trabalhos de artistas emergentes com os de outros já consagrados, como Cildo Meireles e Ernesto Neto", diz a americana, que tem ascendência iraniana e é responsável pela seção internacional da arteBA, de Buenos Aires, pela direção executiva da Bienal das Américas, no Colorado, e por intervenções urbanas em cidades como Istambul e Berlim.

Fonte: VEJA RIO