EDIÇÃO DA SEMANA

Beira-mar

Histórias e novidades sobre a sociedade carioca

Por: Carla Knoplech - Atualizado em

Artista revelação

beira-mar-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Sucesso nos palcos como um dos protagonistas do musical O Mágico de Oz, o produtor e diretor Luiz Carlos Miele decidiu que, agora, quer mesmo é entrar em cena em peças, seriados e filmes. Depois de gravar o seriado Mandrake, da HBO, ele se prepara para viver um senador corrupto na minissérie A Teia, da TV Globo, prevista para ir ao ar em abril. "Se tudo der certo, quando chegar aos 80 anos ganho um prêmio de revelação", brinca Miele, que, aos 74, tem recebido muitos convites para atuar. "Um dia me perguntaram se eu faço quase tudo. Na verdade eu faço tudo quase. Agora, por exemplo, sou um quase ator.

O outro filho do Holocausto

João Cotta
(Foto: Redação Veja rio)

A 13ª edição do Big Brother já começou, mas a cabeça de Pedro Bial ainda não está 100% focada no reality. Em 1º de fevereiro, o apresentador terá de se revezar entre as gravações no Projac e o lançamento de seu primeiro documentário, baseado no livro O Filho do Holocausto, sobre a vida de Jorge Mautner. "Quando li, percebi que também era um filho dessa tragédia. A obra me ajudou a entender como esse episódio desestruturou as famílias refugiadas", explica Bial, descendente de uma delas. Estreando no gênero, ele quer que o filme seja uma homenagem em vida ao compositor e escritor: "É uma forma de fazer com que as próximas gerações entendam a sua importância".

Do Faustão à majestade

Davi Borges
(Foto: Redação Veja rio)

A julgar pelas medidas esculturais -- 1,70 metro, 60 quilos e 101 centímetros de quadril --, a assistente de palco do Programa do Faustão Carla Prata tem tudo para arrebatar as arquibancadas do Sambódromo no próximo domingo (13), quando fará o primeiro ensaio técnico como rainha de bateria da Grande Rio. De licença da TV até o fim do Carnaval, sucederá à atriz Ana Furtado, que tratou de dar bons conselhos à novata. "Ela disse para eu não dar ouvido ao que todo mundo fala porque vão querer me pôr para baixo", conta. "Quando desfilava como destaque de chão e passava pelo recuo, cumprimentava as madrinhas, mas queria aquele lugar para mim. Era meu sonho." Queridinho das celebridades

beira-mar-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Avessa à horda de paparazzi que circulam pelo Leblon, a atriz Luana Piovani teve seu dia de fotógrafa de celebridade na última semana. Andando pelo bairro onde mora, ela reencontrou Russo, garçom que costumava atendê-la no bar Diagonal e que não via fazia tempo. De imediato, Luana tirou uma foto e postou o flagra nas redes sociais. Conhecido pelo sorriso sempre aberto, o cearense de 51 anos, responsável por apresentar Moraes Moreira à atual mulher e servir Cazuza nos tempos áureos da Pizzaria Guanabara, agora dá expediente no italiano Stuzzi, todo dia, a partir das 6 da tarde. "Minha memória é um dos meus principais atributos. Lembro direitinho o prato e o drinque de que cada um gosta", comenta. "A Sheron (Menezzes), aliás, já me prometeu que vem me visitar.

Aposta certeira

beira-mar-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A estreia acontecerá neste sábado (12) com show da banda carioca Tono e do cantor e compositor Domenico Lancellotti. Depois de quatro meses de reforma e um investimento de 1,5 milhão de reais, Marco Nanini abrirá as portas do Garagem Gamboa. A ideia é privilegiar shows, exposições e performances para complementar a programação do teatro Galpão Gamboa, adquirido há seis anos por ele na região portuária. "Hoje existe uma circulação muito maior de pessoas do que na época em que chegamos. Aos poucos o público das zonas Sul, Norte e Oeste está aparecendo. Mas esse equilíbrio só foi alcançado há pouco tempo", explica o ator-empresário, que já agendou apresentações de Davi Moraes e da dupla Letuce.

Fonte: VEJA RIO