ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

ADEGA TIMÃO. Instrumentos náuticos e cordas de amarração dão o tom da decoração. Proprietário de outros três estabelecimentos na região com ares de Rio Antigo, Joaquim Santos é o atual comandante da cozinha. No cardápio figuram sugestões de petiscos à moda de Portugal, terra natal do chef, feitos com chouriço picadinho, caso do pastel e do croquete (R$ 4,50 a unidade), além da tortilha faroleira (R$ 26,00 a pequena), receita de ovos, bacalhau desfiado e pimentões. Entre os bebes, o chope gelado da Brahma (R$ 5,00 a caldeireta) divide as atenções com a cerveja Therezópolis Gold (R$ 12,00, 600 mililitros) e a jarra de sangria de espumante com frutas (R$ 56,00, 1 litro). Rua Visconde de Itaboraí, 10, Centro, ☎ 2516-1065 e 2263-9011 (200 lugares). 12h/0h (fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1999.

ARAB DA LAGOA. Às margens da Lagoa, Vivian Arab serve café da manhã e almoço. De noite entra em cena a música ao vivo de boa qualidade, dedicada a samba e outros gêneros. Novas criações surgiram no cardápio. Com recheio de camarão e pasta de grão-de-bico, o faláfel ganhou ares de acarajé (R$ 24,00, seis unidades). Outra dica acertada é a linguiça de cordeiro acebolada (R$ 20,00 a porção). Para beber, escolha entre o chope Brahma (R$ 4,80) e o arabjito (R$ 20,00), drinque à base de rum, com abacaxi, lichia, limão, menta e açúcar mascavo. Avenida Borges de Medeiros, s/nº, quiosque 7 (Parque dos Patins), Lagoa, ☎ 2540-0747 (160 lugares). 9h/1h (sex. e sáb. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 6,00 (seg. a qui. a partir das 20h; sex. e sáb. a partir das 21h; dom. a partir das 19h). ? www.restaurantearab.com.br. Aberto em 1998.

ARMAZÉM SENADO. Um dos indícios da longevidade do lugar é o belo balcão de madeira com tampo de mármore. São pouco mais de 100 anos de serviços prestados, de início como armazém e, nos últimos tempos, com vocação para bar. Em meio a sacos de produtos perecíveis, são abertas cervejas geladas das marcas Skol (R$ 5,00), Brahma Extra, Bohemia (R$ 6,00 cada uma) e Antarctica Original (R$ 6,50). Para beliscar, porções de 100 gramas de salaminho (R$ 12,00), queijo provolone (R$ 12,00), mortadela (R$ 6,00), azeitona ou tremoço (R$ 3,00 cada uma). Na roda de samba do primeiro sábado do mês, durante a feira de antiquários da Rua do Lavradio, as bebidas sofrem acréscimo de R$ 1,00. Na programação musical também entra jazz, todo segundo sábado do mês. Avenida Gomes Freire, 256, Centro, ☎ 2509-7201 (24 lugares). 8h/20h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1907.

AZUL MARINHO. Além da vista espetacular de toda a extensão da orla de Ipanema e do Leblon, o lugar tem um leque de criações culinárias interessantes, bem representado pela canjiquinha de camarão (R$ 18,50). O crustáceo aparece ainda no recheio do pastel de forno (R$ 32,00, seis unidades), que também chega às mesas nos sabores queijo (R$ 28,00) e siri (R$ 32,00). Para beber, há garrafas long neck de Stella Artois (R$ 11,00) e Heineken (R$ 10,00), além de drinques de receita própria. Avenida Francisco Bhering, s/nº (Hotel Arpoador Inn), Arpoador, ☎ 2513-5014, ? General Osório (132 lugares). 7h/0h (dom. até 23h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2000.

BAR BRASIL. Pela serpentina de 66 metros, resfriada com gelo socado, passa um dos melhores chopes da cidade. Da Brahma, a caldeireta (R$ 3,99) chega à mesa sob farto colarinho. A antiga torre sobre o balcão, de onde sai a bebida, é um dos raros exemplares desse tipo ainda em funcionamento no Rio. Em forma de "L", o salão é aberto para a Avenida Mem de Sá e a Rua do Lavradio. Ali são servidos pratos da culinária alemã e tira-gostos de outras inspirações, a exemplo do bolinho de bacalhau (R$ 22,00, dez unidades). O croquete de carne (R$ 25,00, seis unidades) de casca crocante tem lugar cativo na preferência da freguesia. Ainda nos petiscos alemães, faz sucesso o mix de salsichas: branca de vitela, suíça, salsichão tradicional e tipo frankfurt (R$ 36,00 a porção). Avenida Mem de Sá, 90, Lapa, ☎ 2509-5943 (80 lugares). 11h30/0h (sáb. até 18h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1907.

BAR DO ADÃO. ?Morador do Grajaú desde a década de 60, o engenheiro José Ibiapina Ferreira da Costa comprou um bar para não ficar à toa quando se aposentou, há vinte anos. Encontrou o ponto numa agradável esquina do bairro e não mexeu em quase nada: manteve o belo mármore original da fachada e o nome do negócio. Um esquema caseiro deu origem à rede, hoje com sete lojas, nas quais o pastel, a grande estrela, é oferecido em 55 sabores. O recheio de carne moída, pedaços de ovo e azeitona (R$ 3,60) é obrigatório. Mais chique, o pacífico (R$ 4,80) leva salmão defumado, tomate e shimeji. Outra pedida, servida pelo mesmo preço, é a versão de queijo brie com damasco. Todos vão bem com o chope Brahma (R$ 3,90 a tulipa). Avenida Engenheiro Richard, 105, loja A, Grajaú, ☎ 2577-0730 (40 lugares). 12h/1h (seg. a partir das 18h). Cc: todos. Cd: todos; Rua Conde Bernadotte, 26, loja 123, Leblon, ☎ 3546-2326 (60 lugares). 12h/1h (seg. a partir das 18h). Cc: todos. Cd: todos. Mais cinco endereços. www.bardoadao.com.br. Aberto em 1991.

BAR DO OSWALDO. É um dos estabelecimentos do ramo mais antigos do bairro. Quando ele foi aberto, a Barra era um distante areal ao qual só se tinha acesso, a partir da Zona Sul, pela Estrada do Joá. Segue firme como ponto de encontro de jovens antes da noitada, em busca das adocicadas batidas de receita própria. Entre os quinze sabores, os que mais agradam são maracujá, coco, caju e amendoim (R$ 6,00 a dose). Antes de se aventurar, é bom forrar o estômago com um caldinho de feijão (R$ 6,00), porção de carne-seca desfiada com aipim (R$ 24,90) ou espetinho de carne acompanhado de farofa e molho à campanha (R$ 13,90). A porção de linguiça custa R$ 16,90 e chega à mesa ao lado de cesta de pães. Estrada do Joá, 3896, Barra, ☎ 2493-1840 (160 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 3h). Cd: todos. www.bardooswaldo.com.br. Aberto em 1946.

BAR URCA. Armando Gomes assumiu o negócio em 1972 ? hoje, aos 95 anos, ainda dá expediente ao lado do filho e do neto de mesmo nome. Por lá, a atração principal é a vista incomparável da baía. Os clientes usam a mureta à beira-mar, do outro lado da rua, como balcão para apoiar garrafas de Antarctica Original e Bohemia (R$ 8,00, 600 mililitros). Completam o programa tira-gostos apetitosos, a exemplo de empada aberta de siri (R$ 4,30), pastel de camarão (R$ 2,20) e bolinho de bacalhau (R$ 2,40 a unidade). Rua Cândido Gaffrée, 205, Urca,

☎ 2295-8744 (70 lugares). 7h/23h (sáb. a partir das 8h; dom. 8h/20h). Cc: D, M e V. Cd: todos. www.barurca.com.br. Aberto em 1939.

BON VIVANT. Depois de reformado, o salão da filial da delicatessen de Nova Friburgo ganhou sofás embutidos diante das mesas, mas as cadeiras do lado de fora continuam imbatíveis na preferência da clientela. O cardápio de geladas chegou a quase cinquenta rótulos. Na seção das importadas figuram a cerveja belga Grisette Blanche (R$ 16,90, 250 mililitros) e a lager jamaicana Red Stripe (R$ 14,90, 355 mililitros). Para petiscar, o sanduíche de rosbife no vinho tinto, com pasta de alho e ervas finas (R$ 14,90), pode ser cortado em pedacinhos. O mix de salsichas é servido por R$ 21,00. Rua Voluntários da Pátria, 46, loja B, Botafogo, ☎ 2537-2857, ? Botafogo (70 lugares). 17h30/0h (dom. até 23h; fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. → www.bonvivantbistro.com.br. Aberto em 2009.

BOTECO DA GARRAFA. Nesta casa do cearense Antônio Rodrigues, dono da rede Belmonte, o chope não tem vez. Cascos de Brahma Extra e Serramalte (R$ 9,50 cada uma) combinam com o croquete de carne (R$ 4,50 a unidade) ou o pastel de picanha ao molho barbecue (R$ 4,60). Sucesso entre os fregueses, a porção de carne de sol (R$ 46,00, para três pessoas) é guarnecida de palitos de polenta frita e paçoca de carne-seca. Carro-chefe do Belmonte, a empada aberta é oferecida em sabores como o de siri (R$ 9,00 a unidade). Rua Bolívar, 27, loja A, Copacabana, ☎ 2255-1680/3610, ? Cantagalo (70 lugares). 16h/1h (sex. até 3h; sáb. 15h/3h; dom. 12h/1h). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Mem de Sá, 77, Lapa, ☎ 2507-1976 (160 lugares). 16h/3h (sáb. 15h/4h; dom. 12h/2h). Cd: todos. www.botecobelmonte.com.br/garrafa. Aberto em 2008.

CACHAMBEER. Um sucesso, o lugar foi ampliado e ganhou ar-condicionado para melhor atender seu público crescente. O endereço tornou-se ponto de peregrinação dos amantes do chope gelado e da boa mesa sem maiores rapapés. Nos fins de semana é rotina: chegam vans e até ônibus de turismo. A freguesia vai atrás de delícias como a costela de boi (R$ 65,90, para três pessoas) e a costelinha de porco aperitivo (R$ 39,90). Ambas ficam doze horas marinando e depois passam até cinco horas no bafo. Uma novidade é o pastel de costela (R$ 4,60 a unidade). Arremate com o chope Brahma do "Pança" (R$ 6,90), copão de meio litro criado em homenagem ao robusto dono do apelido, o cozinheiro Antonio Gerardo. A tulipa custa R$ 4,20. Rua Cachambi, 475, Cachambi, ☎ 3597-2002 (80 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 12h; dom. 12h/18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.cachambeer.com.br. Aberto em 2002.

CASA VILLARINO. Relíquia dos anos dourados, foi o endereço onde Vinicius de Moraes e Tom Jobim se conheceram. Na frente ficam os produtos de delicatessen e, nos fundos, o bar propriamente dito. Reduto de resistência da turma do uísque, ganhou o carinhoso apelido de "uiscritório". Quem quiser fazer como Vinicius deve pedir uma dose do JB 8 anos (R$ 13,00). Os menos chegados ao destilado escocês podem optar pela Cerpa long neck (R$ 6,50) ou pela Therezópolis Gold (R$ 12,00, 600 mililitros). Como ressalta a placa na vitrine, os "comestíveis finos" à venda na entrada podem ser consumidos no salão. É o caso do presunto cru (R$ 23,00 a porção) e do queijo bola (R$ 17,00). Na extensa lista de sanduíches, o recheado de rosbife (R$ 9,50) é bastante procurado. Avenida Calógeras, 6, loja B, Centro, ☎ 2240-9634, ? Cinelândia (65 lugares). 12h/22h (fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. ? www.villarino.com.br. Aberto em 1953.

CHOPERIA BRAZOOKA. Nas divertidas sessões de sambaokê, aspirantes a Zeca Pagodinho podem escolher um hit do repertório disponível e cantar acompanhados de banda ao vivo. Para tomar coragem, além de chope Brahma (R$ 5,10 a tulipa), há uma boa carta de drinques. Uma das sugestões, o jegue louco (R$ 15,00) reúne vodca, catuaba e energético. A seleção de comidinhas traz linguiça calabresa acebolada (R$ 22,50) e rolinho primavera de abóbora com carne-seca e catupiry (R$ 24,50, oito unidades). Na quarta e na quinta, a garrafa de Antarctica Original custa R$ 5,90 e há promoção de dose dupla de caipivodca e caipirinha. Avenida Mem de Sá, 70, Lapa, ☎ 2224-9691 (400 lugares). 8h/5h (qua. até 1h; qui. até 2h; fecha de dom. a ter.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Entrada: grátis (qua. e qui.), R$ 20,00 (sex. e sáb.). www.matrizonline.com.br. Aberto em 2007.

EMPÓRIO PARK. Novo nome da Pizzaria Chopp Park, que surgiu há quinze anos na Rua Olegário Maciel ? a matriz fechou em 2010. O rodízio de pizza (R$ 20,90 de segunda a quinta, R$ 26,90 de sexta a domingo) oferece mais de quarenta variedades. Fora as coberturas mais conhecidas, aparecem invenções como a mexicana (molho de tomate, cheddar, carne moída, alface, tomate picado e cebola). Também é possível fazer o pedido à la carte. A chopppark leva tomate, alcaparras e queijo parmesão (R$ 36,00). Da Brahma, a tulipa de chope vale R$ 4,60. Avenida das Américas, 500, bloco 21, loja 128 (Shopping Downtown), Barra, ☎ 2492-1660 (200 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h).Cc: D, M e V. Cd: todos. Estac. (R$ 7,00 as quatro primeiras horas). ? ↔ www.pizzariachopppark.com. Aberto em 1995.

ENCHENDO LINGUIÇA. No mezanino, a fábrica de linguiça é a grande atração do endereço em uma agradável esquina do Grajaú. Uma das criações mais recentes do cardápio é a linguiça de queijo de coalho recheada de cebola e alho-poró (R$ 38,50), servida com pão de alho. Outra novidade é o bacalhão (R$ 4,10 a unidade), bolinho de bacalhau recheado de camarão que não leva farinha nem ovo na massa. Especialidade local, o joelho de porco (R$ 47,50) passa pelo forno de padaria, conhecido como "televisão de cachorro", de onde sai com aquela casquinha à pururuca sensacional. Qualquer das escolhas pede chope Brahma (R$ 3,95 a tulipa; R$ 4,10 a caldeireta). Na segunda, o preço de todos os produtos da fábrica de embutidos cai pela metade e na terça o desconto vale para o joelho de porco. Avenida Engenheiro Richard, 2, loja A, Grajaú, ☎ 2576-5727 (70 lugares). 11h/0h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2006.

FARROUPILHA. Batizado em homenagem ao movimento separatista gaúcho que teve como um dos líderes a personagem que dá nome à rua, o boteco serve petiscos tradicionais, como a porção de pastéis (R$ 16,00, seis unidades) nos sabores carne-seca, camarão, napolitano e carne moída. Espetinhos de medalhão de carne e de carne-seca com queijo de coalho (R$ 6,80 cada um) também podem acompanhar o chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa) gelado ou a cerveja, das marcas Budweiser (R$ 5,80 a long neck) e Heineken (R$ 7,50, 600 mililitros). Rua Anita Garibaldi, 9, Copacabana, ☎ 2236-3632, ? Siqueira Campos (36 lugares). 11h/23h (sex. e sáb. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2010.

LA FABRIQUE. Dos mesmos donos do restaurante Galeria 1618, fica no calçadão da Avenida Atlântica e, aberto, se integra à paisagem praiana. Resume bem as intenções locais a porção de antepastos com presuntos pata negra e serrano, chouriço, azeitona, batata calabresa, tomate confit e queijos, acompanhada de pães de produção própria (R$ 98,00, para quatro pessoas). Outra boa sugestão, a porção de figos salteados no mel e no vinagre balsâmico, acompanhados de presunto serrano e mussarela de búfala, custa R$ 34,50. A caipirinha da casa (R$ 17,50), além dos ingredientes tradicionais, leva um preparado à base de hibisco, feito lá mesmo, e o spicy special (R$ 22,00) reúne maracujá, vodca Absolut de baunilha, açúcar de pimenta e Cointreau. Avenida Atlântica, 994, loja B, Leme, ☎ 2541-2416 (90 lugares). 12h/0h (sex. e sáb até 1h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ → ? Aberto em 2011.

LEVIANO BAR. Apenas um balcão separa o salão da Avenida Mem de Sá, por onde se entra, da Rua do Riachuelo. Confortáveis cadeiras com encosto de palhinha enfeitam o espaço, que abriga um palco para shows com programação variada no 2º andar. Drinques são as dicas mais interessantes no cardápio de bebidas. O clericó (R$ 25,90), servido na jarra de 1 litro, traz mix de frutas da estação, licores de laranja e de pêssego e vinho branco. Na receita do amante (R$ 12,90) entram abacaxi, açúcar de gengibre, hortelã, vodca Absolut de baunilha e água tônica. A lista de geladas inclui Bohemia (R$ 7,20, 600 mililitros) e Antarctica Original (R$ 7,90, 600 mililitros). Para beliscar, vá de palitinho de queijo de coalho à milanesa ao molho de goiaba (R$ 16,00, oito unidades) ou espetinho de frango grelhado (R$ 20,00, oito unidades) ao molho de amendoim. Avenida Mem de Sá, 47, Lapa, ☎ 2507-5779/5967 (80 lugares). 18h/4h (seg. a qua. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

OZTEL. Recém-inaugurado, o espaço vai além da cartilha habitual de um bar de albergue. Um de seus sócios é o chef Fabio Battistella, que comanda os bem-sucedidos Meza e Doiz. A irreverência dá o tom da decoração, composta de detalhes como a colorida luminária feita de embalagens de produtos de limpeza. Grande parte do espaço disponível para os clientes fica ao ar livre e alguns lugares são protegidos por uma amendoeira. Sanduíches dominam o cardápio. O de mortadela (R$ 18,00) é preparado com ciabatta crocante e molho chimichurri com pistache. No pão francês, o filé com queijo (R$ 22,00) não faz feio diante da famosa versão do clássico Cervantes, em Copacabana. Além de Budweiser (R$ 5,00 a long neck), podem servir de combustível para o bate-papo drinques como a refrescante caipirinha de caju e limão (R$ 14,00). Um aviso: só são aceitos cartões de débito. Rua Pinheiro Guimarães, 91, Botafogo, ☎ 3042-1853 (60 pessoas). 19h/1h (sex. e sáb. até 2h; fecha dom.). Cd: todos. ? ↔ www.oztel.com.br. Aberto em 2012.

TROPEÇO. Dos mesmos donos do tradicional Degrau, a loja vizinha é decorada com pôsteres que fazem menção a topadas, gafes e mancadas afins. Bancos e cadeiras confortáveis são convidativos para um drinque tamanho gigante. Caipivodca de limão e mojito são servidos na jarra de 1,5 litro, por R$ 55,60 e R$ 49,90, respectivamente. Já o chope chega à mesa na caneca de 500 mililitros (R$ 7,70) ou na tulipa de 300 mililitros (R$ 4,90). Na lista de comes, o pastel (entre R$ 15,90 e 18,90, seis unidades) em forma de meia-lua, com massa leve e saborosa, é igual ao do vizinho. Algumas opções de recheio são filé-mignon com cheddar e cebolas salteadas no shoyu, camarão com catupiry, carne-seca com catupiry e três queijos (brie, gorgonzola e parmesão). Avenida Ataulfo de Paiva, 517, loja B, Leblon, ☎ 2239-3121 (100 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2010.

Fonte: VEJA RIO