ROTEIRO DA SEMANA

Crianças

Roteiro de peças teatrais, filmes e atrações especiais para as crianças

Por: Bruna Talarico - Atualizado em

CINEMA

✪✪✪✪ HOTEL TRANSILVÂNIA. Cópias dubladas e em 3D.

TINKER BELL - O SEGREDO DAS FADAS. Cópia dublada em 3D.

ESPECIAL

O SENTIDO DA VIDA. O grupo de palhaços Roda Gigante, que há quatro anos atende crianças hospitalizadas em instituições públicas da cidade, apresenta o espetáculo musical com repertório bem-humorado, executado ao vivo. Canções como Besta É Tu, dos Novos Baianos, e Dor de Catuvelo, de Adoniran Barbosa, dividem espaço com versões inéditas de músicas internacionais do grupo cômico inglês Monty Python e de Frank Zappa, entre outros. No elenco, Cristiana Brasil, Diogo Cardoso, Éber Inácio, Florência Santangelo, Julia Schaeffer, Guilherme Miranda, Kadu Garcia e Marcos Camelo. Direção musical de Guilherme Miranda e direção de Flávia Reis (60min). Estreou em 27/10/2012. Centro de Referência Cultura Infância ? Teatro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1?110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 16h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (R$ 4,00 a hora). Até 16 de dezembro.

UNIVVVERRSSO GENTILEZA ? O MUNDO É REDONDO E O CIRCO ARREDONDADO. O Circo Crescer e Viver traz personagens inspirados no universo mítico de José Datrino, o Profeta Gentileza. O Capeta, o Cicrano, a Mulher, o Capataz e uma Multidão Distraí­da são retratados na produção que usa a linguagem circense para atua­lizar o legado do profeta. Espetáculo idea­li­za­do por Leonardo Guelman (75min). Estreou em 26/10/2012. Lona do Circo Crescer e Viver (290 lugares). Rua Carmo Neto, 143, Cidade Nova, ☎ 3972-1391, ? Praça Onze. Sexta e sábado, 20h; domingo, 18h. R$ 20,00. Até dia 25.

TEATRO

✪✪✪ CABEÇA DE VENTO, de Cleiton Echeveste. Léo (Jan Macedo) é um menino de 8 anos apaixonado por pipas, que aprendeu a construir os brinquedos com o pai (Eduardo Almeida), morto recentemente. Para o garoto, ficam como legado dois objetos dos quais ele não se separa: uma pipa colorida e um livro sobre nomes que marcaram a história da humanidade. Um dia ele se perde num bosque, onde acaba encontrando três personagens desse livro: o inventor Benjamin Franklin, um dos pais da independência americana, a rainha chinesa Fu Hao e Ricardo Coração de Leão, rei da Inglaterra. Na bem cuidada produção, bambus e papéis de seda, materiais usados para fazer pipas, compõem a cenografia. Direção do autor (60min). Rec. a partir de 6 anos. Reestreou em 3/11/2012. Sesc Tijuca (264 lugares). Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca, ☎ 3238-2164. Sábado e domingo, 17h. R$ 12,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Até domingo (11).

✪✪✪✪ COISAS QUE A GENTE NÃO VÊ, de Renata Mizrahi. Da mesma autora do premiado Joaquim e as Estrelas, o sensível texto relaciona disponibilidade de tempo e afeto no contexto familiar, mostrando como a compensação material para suprir a solidão infantil interfere na vida de pais e filhos. A protagonista da história é Yasmim (Débora Lamm), uma menina que vive eternamente insatisfeita, mesmo que não haja motivo evidente para tal: seu quarto, cenário em que a trama se desenvolve, é repleto de brinquedos, e suas vontades são prontamente atendidas por sua mãe (Susanna Kruger) e seu pai (Alexandre Mofati). Motivos aparentemente banais, porém, como um simples mosquito no quarto, a fazem abrir o berreiro. Trata-se, na verdade, de um recurso inconsciente da garota para chamar a atenção da família para o seu isolamento. Seus amigos, Beatriz (brilhantemente interpretada por Elisa Pinheiro), menina rica e mimada, e Raimundo (Anderson Cunha), garoto simples e cheio de vida, vão ajudá-la a entender o que se passa com ela. Escritos em rima, os diálogos exercem igual impacto sobre os pequenos, que podem refletir sobre suas reais necessidades, e os pais, que entendem perfeitamente o recado da autora. Direção de Joana Lebreiro (55min). Rec. a partir de 5 anos. Reestreou em 3/11/2012. Solar de Botafogo (180 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2543-5411. Sábado, 17h; domingo, 16h. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até 16 de dezembro.

✪✪✪✪ COMO NASCEM AS ESTRELAS, de Clarice Lispector (1920-1977). Personagens folclóricos, a exemplo do Saci Pererê, do astuto Pedro Malasartes e da sereia da água doce Iara, ganharam saborosa abordagem da icônica escritora, que reuniu em livro homônimo doze lendas da cultura popular brasileira. Em cena, Roberta Brisson, Renato Reston e Katia Brito ? também responsável pela direção ? transformam-se em macacos, sabiás e jabutis com a ajuda de tecidos e cestos de palha. Belo e funcional, o cenário interativo de Ney remete à Floresta Amazônica: de bambus, tecidos e redes pendem diversos instrumentos de percussão feitos com cabaças, panelas e molas que reproduzem os sons das matas e dos rios. Embalada por música instrumental ao vivo, a plateia diverte-se com tramas como a de Festança na Floresta: diz a lenda que os bichos perderam o dom da fala por causa de uma fofoca da onça linguaruda. Direção de Katia Brito (80min). Rec. a partir de 4 anos. Reestreou em 3/11/2012. Teatro Ziembinski (132 lugares). Rua Heitor Beltrão, s/nº, Tijuca, ☎ 3234-2003. Sábado e domingo, 16h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Até dia 25.

ERA UMA VEZ, E NÃO ERA UMA VEZ, de Breno Sanches e Camile dos Anjos. Indicado ao Prêmio de Teatro Infantil Zilka Salaberry 2011 na categoria de melhor texto por outro espetáculo infantil do Grupo Milongas, Breno Sanches se une a Camile dos Anjos para contar a história de um menino (Hugo Souza) que perde o avô, caindo assim em profundo desânimo. A partir de então, ele se mune da imaginação para escapar da tristeza: criaturas fantásticas resgatam sua alegria por meio de brincadeiras, danças e enigmas. A música ao vivo dá ritmo ao espetáculo que, há dez anos, marcou o início do Milongas. Direção de Breno Sanches (70min). Rec. a partir de 6 anos. Reestreou em 3/11/2012. Centro de Referência Cultura Infância ? Teatro do Jockey (150 lugares). Rua Bartolomeu Mitre, 1110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 18h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Estac. na Rua Mário Ribeiro, 410 (R$ 4,00 a hora). Até 16 de dezembro.

A ESTRANHA VIAGEM DE MARIA CECÍLIA, de Carlos Cardoso. Criado com a colaboração de alunos da rede pública de ensino, uma iniciativa que visa à formação de plateia e à inclusão de crianças e jovens no processo de criação teatral, o espetáculo tem montagem poé­tica. Diana Hime, Gabriela Estevão e Stella Brajterman, atrizes do grupo Teatro das Possibilidades, dividem-se na interpretação da pequena Maria Cecília, protagonista da história, e de personagens que com ela interagem. Criativa, a menina vive de contar histórias que nunca terminam, deixando para o espectador, portanto, a tarefa de imaginar continuações para os enredos. Direção de Adriana Maia (60min). Rec. a partir de 6 anos. Estreou em 6/10/2012. Teatro Poeirinha (45 lugares). Rua São João Batista, 104, Botafogo, ☎ 2537-8053. Sábado e domingo, 17h. A partir do dia 11, sessões de domingo às 16h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Até dia 18.

A MENINA DA BIBLIOTECA, de Elisa Machado. A montagem do Grupo Teatro Luz & Cena de Novo Hamburgo, do Rio Grande do Sul, traz ao Rio de Janeiro a história de Alfa (Bianca Valadares), Beto (Diogo Fijimura) e Tico (Rodrigo Viegas), três artistas que se veem às voltas com a falta de criatividade para a idealização de um espetáculo. Pressionado pelo patrão e pela falta de tempo hábil, o trio busca inspiração em uma biblioteca. É lá que eles conhecem Leninha (Allineh Moura), uma menina tímida e introspectiva que prefere os livros às pessoas. Histórias de autores como Monteiro Lobato, Mário Quintana e Ziraldo são desbravadas pelo grupo, que consegue enfim concluir sua tarefa ? graças à menina da biblioteca. Direção da autora (60min). Rec. a partir de 4 anos. Estreou em 20/10/2012. Teatro Clara Nunes (527 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-9696. Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até dia 25.

✪✪✪✪ A MENINA E O VENTO, de Maria Clara Machado (1921-2001). Nova montagem para o clássico levado ao palco pela primeira vez em 1963. André Mattos, figura conhecida da televisão e do cinema, interpreta o Vento. É com ele que a menina Maria (Isabella Dionísio) estabelece uma grande amizade, enfrentando a desconfiança dos adultos. A cena da garota voan­do pelos céus nas costas do amigo, apresentada na temporada original através do pioneiro uso de slides, desta vez é projetada em 3D, com direito a óculos distribuídos à plateia. Direção de Cacá Mourthé (60min). Rec. a partir de 3 anos. Estreou em 30/6/2012. O Tablado (147 lugares). Avenida Lineu de Paula Machado, 795, Lagoa, ☎ 2294-7847. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até 16 de dezembro.

AS PAPARUTAS, de Lázaro Ramos. Escrita pelo ator em 2002, a peça já ganhou montagens na Bahia e no Espírito Santo. No Rio, no entanto, tem estrutura diferente: a encenação, antes defendida por elenco mirim, agora conta com intérpretes adultos. Inspirada na festa popular homônima que acontece na Ilha do Pati, no município baiano de São Francisco do Conde, a fábula é narrada por Jovi (Samuel de Assis), um garoto inventivo. Ele conta a história das paparutas, guardiãs da cultura africana. A chegada de uma nova integrante ao grupo (Maria Gal) desperta a insegurança da líder da turma (Renata Celidônio). A personagem decide, então, com a ajuda de seu mensageiro, Feio (Munir Kanaan), que todos serão transformados em seu ideal de perfeição: ela mesma. Direção de Luiz Antônio Pillar (80min). Rec. a partir de 7 anos. Estreou em 8/9/2012. Teatro Fashion Mall ? Sala 2 (297 lugares). Estrada da Gávea, 899 (Fashion Mall), São Conrado, ☎ 2422-9800. → Sábado e domingo, 17h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 15h (sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. Estac. (R$ 8,00 por duas horas). Até dia 25.

✪✪✪ O PATINHO FEIO, adaptação de Maria Clara Machado. Paulo Mathias Jr. encarna o papel-título na versão de Maria Clara (1921-2001) para o conto de Hans Christian Andersen: o filhote de cisne que corta um dobrado por ser chocado no ninho de uma pata (Fabiana Valor) ? a confusão, como se sabe, leva-o a ser uma pioneira vítima de bullying. A bela trilha sonora, cantada sobre uma base pré-gravada, é do maestro John Neschling, ex-regente da Osesp. Simples e belos, os figurinos e o cenário de Clívia Cohen chamam a atenção das crianças pelas cores e dos adultos pelo capricho. O elenco interpreta inventivas coreografias de Renato Vieira e tem rendimento correto. Direção de Bernardo Jablonski (1952-2011) e Fabiana Valor (60min). Rec. a partir de 2 anos. Estreou em 03/11/2012. Imperator ? Centro Cultural João Nogueira (607 lugares). Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 2596-1090. Sábado e domingo, 16h. R$ 25,00. Bilheteria: 14h/20h (ter. a sex.); a partir das 10h (sáb. e dom.). Até dia 25.

✪✪✪✪ UMA PEÇA COMO EU GOSTO, de Marcello Morato. Leia em Veja Rio Recomenda. Direção de Lucio Mauro Filho e Duda Maia (60min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 20/10/2012. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, 3º andar, Ipanema, ☎ 3131-9333, ? General Osório. → Sábado e domingo, 16h. R$ 15,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Até 9 de dezembro.

URUCUIA GRANDE SERTÃO, de Eridiana Rosa e Luiz Fernando Pinto. Inspirado na obra do folclorista Luís da Câmara Cascudo (1898-1986), o espetáculo foi laureado com cinco prêmios no Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro, no início do ano. No palco é apresentado um monarca viúvo e solitário (Pedro Yudi), líder de um reino fictício no sertão brasileiro. Influenciado pelo avançar da idade e pela vontade de ter netos, ele determina que seu fiel servo, Jaime (Moisés Salazar), arrume um rapaz para casar com sua filha, uma jovem princesa (Michele Lima). A herdeira, porém, se julga a pessoa mais inteligente do império e resiste aos pretendentes que tentam conquistá-la. Até que entra em cena o franzino mas sagaz Amarelo (Luiz Fernando Pinto), que, com sua malandragem, vai tentar dobrar a princesa. Direção de Marcia do Valle (60min). Rec. a partir de 5 anos. Sesc Rio Casa da Gávea (80 lugares). Praça Santos Dumont, 116, Gávea, ☎ 2239-3511. Sábado e domingo, 16h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 13h30 (sáb. e dom.). Até 16 de dezembro. Estreia prometida para sábado (10).

Fonte: VEJA RIO