Cidade

Alpinista morre ao errar caminho e entrar em favela da Baixada

Crime aconteceu no último sábado (9) na Vila Sapê, em Duque de Caxias

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

Ulisses da Costa Cancela
Ulisses da Costa Cancela: perfil em rede social mostra escalador em atividade (Foto: Reprodução)

O alpinista Ulisses da Costa Cancela, de 36 anos, morreu baleado após entrar, por engano, de carro na favela Vila Sapê em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no último sábado, 9. Ele voltava de uma festa no Rio para Petrópolis, cidade da região serrana onde morava, quando errou o caminho para fazer um retorno e foi parar dentro da comunidade. No carro estavam também sua mulher e um casal de amigos, que não se feriram.

+ Em áudio, PMs mostram surpresa com ação de cem traficantes

Ulisses foi atingido por um tiro na cabeça, perdeu o controle do veículo e bateu em um muro. Ele foi socorrido por pessoas que estavam no local e levado para um posto de saúde da região. O alpinista foi transferido para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, mas faleceu por volta de 11h do domingo, 10.

+ Mulher leva facada em Laranjeiras e 12 são detidos na Zona Sul

As investigações da Polícia Civil não determinaram se o tiro que atingiu Cancela partiu de traficantes. De acordo com o delegado titular da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, Fábio Cardoso, policiais estão, desde o momento em que o crime foi notificado, "diligenciando o local para obter informações que permitam identificar a autoria do crime".

Ulisses foi enterrado na segunda-feira, 11, no Cemitério Municipal de Petrópolis. (com conteúdo Agência Estado)

Fonte: Agência Estado