óbito

Morre alemão ferido em explosão de São Conrado

Markus Muller não resistiu aos problemas em função do acidente e faleceu na madrugada desta quinta (28)

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

Acidente Condomínio São Conrado
(Foto: Saulo Pereira)

Personagem central da explosão de um apartamento em São Conrado, Zona Sul do Rio, o alemão Markus Muller morreu na madrugada desta quinta-feira (28) no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Antes do óbito, os médicos responsáveis chegaram a tentar reanimá-lo, mas não obtiveram sucesso. 

O caso estava repleto de mistérios e pontas soltas. No entanto, na última quinta (27), Sérgio William, diretor do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, informou que a perícia concluiu que a explosão foi acidental e ocorreu em função de um problema na instalação de uma peça na tubulação de gás. O próprio Markus seria o responsável pelo reparo que acabou terminando mal feito. 

Acidente Condomínio São Conrado
(Foto: Reprodução Globo)

A explosão ocorreu no apartamento 1.001, no décimo andar. Destroços do prédio foram parar na piscina do condomínio. Os apartamentos ao lado, também no décimo andar, foram atingidos e tiveram parte do rebaixamento do teto destruído, com as janelas quebradas e as portas arrancadas pelo deslocamento de ar provocado pela explosão.

Fonte: VEJA RIO