COTIDIANO

20 dicas lá de baixo

Compras, lazer, cultura e o melhor da gastronomia pertinho do Pão de Açúcar

- Atualizado em

Bares

BAR DA URCA. Funciona num simpático sobrado, com vista para a Baía de Guanabara, e tem uma mureta famosa, do outro lado da rua, onde clientes se sentam e bebem tranquilos. Na parede do bar há um cartaz com os seus "dez mandamentos", entre eles "não jogar papel no chão" e "não ligar o som dos carros". Entre os petiscos se destacam as empadas (tem de camarão, carne-seca, siri, palmito, frango e queijo), variando de R$ 4,50 a R$ 5,40, e o caldinho de frutos do mar (R$ 15,00). Rua Cândido Gaffrée, 205, ☎ 2295-8744. Seg. a sex., das 6h30 às 23h; sáb., das 9h às 23h; e dom., das 9h às 20h.

BELMONTE. Se bater a vontade de tomar um chope, este boteco é uma boa alternativa na Urca. Sem o burburinho de outras filiais, como a da Lapa, a cerveja e os aperitivos fazem parte de um programa tranquilo. Avenida Portugal, 986, ☎ 2543-1265. Dom. a qui., das 13h à 1h; sex. e sáb., das 13h às 3h.

GAROTA DA URCA. A filial desta rede, nascida do antigo Bar Veloso, é uma das mais tradicionais da cidade. Em frente à orla, o cliente pode petiscar uma porção de bolinhos de bacalhau por R$ 12,00, ou de pastéis (queijo, carne e camarão, com oito unidades) por R$ 15,00. Entre as bebidas, cerveja Bohemia long neck por R$ 4,90. Avenida João Luiz Alves, 56, ☎ 2541-8585. Diariamente, das 12h às 2h.

Cultura

ALTELIÊ DA IMAGEM. Numa casa de dois andares com impactantes portões cor de laranja, são ministrados cursos de fotografia com aulas para todos os níveis, tanto de técnicas como de conceitos sobre captura de imagens. Bastante eclético, abrange do uso do flash à edição com o programa Photoshop. Também estende sua atuação para áreas relacionadas, como artes visuais, cinema e mídias digitais. A cada quinzena, abre exposições e promove seminários a respeito dos temas trabalhados pelos alunos. O curso introdutório à técnica e à linguagem fotográfica custa cerca de R$ 700,00. Avenida Pasteur, 453, ☎ 2541-3314.

CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISAS FÍSICAS. A instituição, que reúne pesquisadores e suas investigações acadêmicas, mantém uma biblioteca aberta ao público com cerca de 21?000 livros e costuma promover uma concorrida agenda de seminários. Rua Doutor Xavier Sigaud, 150, ☎ 2141-7100. Seg. a sex., das 8h30 às 17h (permanência na biblioteca até as 19h).

CHORINHO NA PRAIA. Parte integrante da ONG Movimento Artístico da Praia Vermelha, que defende o que eles chamam de autêntica música popular brasileira, este grupo faz apresentações ao ar livre e gratuitas, com muito samba e choro no repertório. Postam-se na areia, ligam microfones, afinam os instrumentos e atacam. Os espectadores, por sua vez, sentam-se em cadeiras de plástico, tudo muito informal. Praia Vermelha, ☎ 2541-8765. Seg., das 21h30 à 0h; sex., das 21h30 à 1h.

INSTITUTO CULTURAL CRAVO ALBIN. Criada em 2001, a entidade funciona num anexo da própria residência do escritor Ricardo Cravo Albin. Promove a pesquisa acerca da MPB e incentiva e realiza atividades culturais, como seminários, exposições, saraus e pequenos shows. Pelas paredes, antigos discos de vinil ficam pendurados entre gramofones, vitrolas, rádios antigos ainda preservados e, nas prateleiras, uma quantidade enorme de livros sobre música. No muro do prédio há quinze placas, que homenageiam compositores como Noel Rosa e Sérgio Ricardo. Avenida São Sebastião, 2, ☎ 2295-2532. Seg. a sex., das 11h às 18h. Entrada gratuita.

LIVRARIA BECO DAS LETRAS. A casa reúne um aconchegante espaço para leitura e outro onde se serve um bom cafezinho, a R$ 2,80. Vendem-se de livros acadêmicos a best-sellers. Praça General Tibúrcio, 83, ☎ 2543-3798. Seg. a sex., das 9h às 19h; sáb., das 10h às 18h.

MUSEU DE CIÊNCIAS DA TERRA. Pertencente ao Departamento Nacional de Produção Mineral, a instituição reúne variadas coleções de geocientistas que já passaram por ali. Há mostras permanentes de fósseis e de minérios. Avenida Pasteur, 404, ☎ 2295-7596. Ter. a dom., das 10h às 16h. Entrada gratuita.

Esporte

CLUBE VA?A. O clube tem por objetivo difundir a cultura da Polinésia, promovendo aulas de canoagem, numa modalidade diferente da olímpica. É preciso ter disposição: as remadas partem da Praia da Urca ou da Praia Vermelha, sempre às 6 da manhã, nos dias de semana, e às 7 da matina, nos sábados. A prática pode ser em turmas regulares ou em um curso personalizado, esse último caso ideal para quem quer participar de competições. A mensalidade é R$ 80,00. Avenida Portugal, 986, ☎ 8125-7697 e 9563-7174.

ESCOLA DE MERGULHO ATLÂNTICO SUB. O curso forma mergulhadores nos níveis de uma estrela (iniciante), duas (intermediário) e três (avançado), de acordo com a profundidade que pretendem alcançar: respectivamente 24, 30 ou 40 metros. Funciona há quarenta anos em uma plataforma flutuante na baía, de 224 metros quadrados. Média de preços: R$ 400,00. As aulas recreativas para iniciantes (adultos ou crianças com pelo menos 11 anos e autorização do responsável) custam R$ 576,00. Praia da Urca, s/nº, ☎ 2542-6546 e 9622-8464.

Lojas

BRECHÓ COISAS DO ARCO DA VELHA. Comandada por Ana Medina e Elza Pinhão, esta loja funciona no Edifício Praia Vermelha (dos militares) e desde 2004 vem atraindo universitários, moradores do bairro e garimpeiros de moda. Lá tem roupas femininas e masculinas, acessórios e objetos de decoração. Praça General Tibúrcio, 83, loja 25, ☎ 2542-5057. Seg. a sex., das 10h às 18h; sáb., das 10h às 17h).

CASA JULIO TAPETES. O ateliê de lavagem e restauração desta luxuosa rede de lojas de tapetes, inaugurada no Rio em 1937, tem no bairro da Urca uma de suas filiais mais concorridas. Restaura e vende tapetes orientais de coleções clássicas e modernas. Avenida Pasteur, 451, ☎ 2295-7830. Seg. a sex., das 10h às 18h.

LOCADORA VÍDEO TUDO. Locadora das antigas, que ainda mantém no letreiro um número de telefone com apenas sete dígitos (a ligação, obviamente, não completa) e um recado aos clientes que parece parado no tempo: "Abasteça aqui o seu vídeo K7". Há filmes clássicos e também os últimos lançamentos em DVD. Filmes novos a R$ 8,00 por dia, filmes antigos a R$ 6,00. Rua Marechal Cantuária, 102, ☎ 2543-9293. Seg. a sáb., das 10h às 21h; dom., das 10h às 20h.

PATAS E PENAS. Trata-se de uma pet shop com tudo o que manda a cartilha: camas e colchonetes, bebedouros e tigelinhas, brinquedos, ossos, biscoitos e o que mais possa agradar ao seu bichinho de estimação. Também oferece atendimento veterinário, além de banho e tosa, e até um inusitado serviço de "cupido animal", no qual a mascote pode cruzar com a raça que mais interessar ao dono. Rua Marechal Cantuária, 70/B, ☎ 2295-5555. Seg. a sex., das 8h às 19h; sáb., das 8h às 15h.

ZONA SUL. O tradicional supermercado presente nos bairros mais nobres da cidade funciona também na Urca, mas bem ao estilo local: em uma loja pequena, sem chamar muita atenção. Seria facilmente confundido com um mercadinho de secos e molhados, não fosse o letreiro da marca. Experimente os sucos naturais feitos na hora. Rua Marechal Cantuária, 178/A, ☎ 2295-1570. Seg. a sáb., das 7h às 22h; dom., das 7h às 20h.

Restaurantes

BELLA NONNA. Pizza delivery que tem mais de cinquenta sabores, variando em três tamanhos (média, família e gigante). As opções vão das básicas calabresa e marguerita (R$ 27,90 o tamanho-família) às mais elaboradas, como as que levam shiitake e molho pesto (R$ 37,90 no mesmo tamanho). Rua Marechal Cantuária, 156, ☎ 2295-4539/4652. Ter. a dom., das 16h à meia-noite.

JULIUS BRASSERIE. A casa de Márcia Helena e do holandês Julius Bijlsma reúne sabores da Europa em uma cozinha de inspiração contemporânea. Uma dica é experimentar os camarões ao curry com arroz negro, que saem por R$ 58,00, ou as costeletas de javali ao molho de frutas silvestres com repolho-roxo ao vinho e purê de batata, também pelo mesmo preço. No item sobremesa, a mais pedida é a torta holandesa, que custa R$ 19,00. De terça a sexta, é possível economizar bastante pedindo um almoço executivo, que dá direito a entrada, prato principal e cafezinho, tudo isso por R$ 29,90. Avenida Portugal, 986/D, ☎ 3518-7117. Ter. a qui., das 9h à 0h; sex. a dom., das 9h à 1h.

TERRA BRASILIS. Entre todos os restaurantes da região, é o que tem a localização mais privilegiada, além de ser o mais seguro, situado dentro da área do Círculo Militar da Praia Vermelha, clube reservado aos praças e oficiais que fazem cursos nos estabelecimentos de ensino do bairro. Tem dois ambientes e fica praticamente debruçado sobre a areia. Um deles é ao ar livre, de onde se vê o Pão de Açúcar bem de perto. Nesse caso, o cenário é tão ou mais relevante que a própria comida. Há pratos como a moqueca de camara?o com arroz branco, pira?o ou farofa, por R$ 85,00, que serve bem duas pessoas. Boa pedida também é o camara?o com shiitake e batata-baroa, este para apenas uma pessoa, ao preço de R$ 42,00. Música ao vivo à noite. Praça São Sebastião José Naves, 26, ☎ 2275-4651. Dom. a qui., das 11h30 à 0h; sex. e sáb., das 11h30 à 1h.

ZOZÔ. O espaço, que fica bem ao lado da Estação Praia Vermelha do complexo do bondinho, é dedicado à cozinha contemporânea. Trata-se do restaurante mais sofisticado das redondezas. Quem comanda a culinária é o jovem chef Marcelo Tanus, que demonstra forte influência italiana e francesa. É conhecido por ter trabalhado ao lado do francês radicado em Nova York Daniel Boulud. A decoração do lugar é assinada pelo arquiteto Vicente Giffoni e mistura rusticidade e sofisticação. Para a entrada, experimente os rolinhos de cogumelo a R$ 25,00 e logo depois vá de salmão crocante com couscous tailandês (por R$ 59,00). Para finalizar, uma sobremesa especial: fondant de doce de leite com sorvete de tapioca (R$ 25,00), delícia que demora um bocado para ficar pronta, mas pela qual vale a pena esperar. A casa não é apenas um endereço reservado à gastronomia. Atrás do salão principal há uma pista de dança independente, para 600 pessoas. Playboys e patricinhas fazem fila na porta. Avenida Pasteur, 520, ☎ 2542-9665. Ter. a dom., das 12h às 16h e das 20h à 0h.

Fonte: VEJA RIO