vandalismo

Sede da Suipa é invadida duas vezes em apenas 24 horas

Centro cirúrgico foi depredado e animais roubados nas duas últimas madrugadas

Por: Redação VEJA RIO - Atualizado em

vira-latas suipa
Os seis vira-latas furtados da Suipa na madrugada de domingo (26) (Foto: Divulgação/Suipa)

A sede da Sociedade União Internacional Protetora Animais (Suipa), localizada no Jacaré, Zona Norte do Rio, foi invadida duas vezes em menos de 24 horas. Na madrugada desta segunda (27), vândalos entraram um dos centros cirúrgicos, quebraram seus vidros e deixaram as torneiras do local abertas, desperdiçando água. No local são realizadas, diariamente, cerca de 40 cirurgias em cães, gatos e animais de grande porte. Os invasores ainda soltaram um cavalo com deficiência que foi resgatado pela instituição há dois anos.

+ Comidas naturais fazem sucesso entre os bichos de estimação

+ Cariocas se aventuram com seus animais em longas viagens pelo mundo

Na madrugada anterior, invasores haviam roubado seis filhotes de vira-latas que estavam sendo tratados pela Suipa. Ambos os casos foram registrados na na 25ª DP (Engenho Novo).

Histórico de roubos

No mês passado, bandidos arrancaram o telhado de um dos prédios e furtaram quatro galos de briga que haviam sido resgatados pela Suipa e viviam na sede da instituição há mais de três anos. Em maio, outros dois galos já haviam sido levados do local da mesma maneira. 

cavalo suipa
O cavalo com deficiência foi solto no pátio da instituição (Foto: Divulgação/Suipa)

 

Fonte: VEJA RIO