BARES

Novidade no front

Cercado de concorrentes em Copacabana, o ZOT Gastrobar aposta nos vinhos para se destacar

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪

roteiro-bares-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

De um lado está o Espelunca Chic. Do outro, o Bar da Garrafa. E, em frente, uma unidade da rede Belmonte. Inaugurado há menos de um mês na Rua Bolívar, o ZOT Gastrobar dispensa o chope para enfrentar a concorrência: é um reduto de vinhos em Copacabana. Na carta de cinquenta rótulos há opções de preços e paladares convidativos, servidas em garrafa ou taça. Márcio Martins, o proprietário, em sua primeira incursão no ramo, estudou na Associação Brasileira de Sommeliers e cuidou do abastecimento da adega. A clientela se acomoda na varanda ou no salão climatizado, sob luz clara, enfeitado por lustres e cadeiras de acrílico. Entre as sugestões nacionais está o espumante gaúcho Casa Valduga Tradicional (R$ 41,00 a garrafa e R$ 15,00 a taça). A lista disponível inclui ainda garrafas dos brancos Leonardo Torrontés 2010 (R$ 42,00), argentino, e Peccini Orvieto 2009 (R$ 49,00), italiano, além do tinto português da região do Alentejo Marquês de Montemor 2010 (R$ 47,00).

Criadora de apetitosos tira-gostos para casas como o Venga! e o Mekong, a chef Ciça Roxo orientou o cardápio de petiscos privilegiando ingredientes brasileiros. Servida na panela de cerâmica, a carne barreada, de cozimento prolongado que produz caldo grosso e saboroso, é acompanhada de purê de mandioca, farofa amarela e molho de pimenta (R$ 31,00 a meia-porção). Na parte chamada de ?crocâncias?, a dica é o original tempurá de pimenta dedo-de-moça recheada de linguiça artesanal (R$ 23,00, duas unidades), picante na medida.

ZOT Gastrobar. Rua Bolívar, 21, Copacabana, ☎ 3489-4363 (55 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cd: todos. Cc: todos. Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO