caldinho

Zinho Bier reedita vaca atolada no Dia dos Pais

Tradicional caldo de aipim com nacos da costela da casa pode ser pedido no domingo (9)

Por: Rafael Cavalieri

Zinho Bier
Vaca atolada: no Zinho Bier apenas domingo (9) (Foto: Maria Mattos)

O processo dura um dia inteiro. Durante as doze primeiras horas, a costela fica marinando em vinho tinto e ervas. Nas doze horas seguintes, ela é assada no bafo. O resultado é uma carne extremamente macia e saborosa, que solta do osso. Nacos dessa belezura fazem parte de uma entrada que era sucesso no tradicional Zinho Bier: a vaca atolada. No próximo domingo (9), quando é celebrado o Dia dos Pais, a pedida volta ao cardápio.

+ Confira os demais destaques de bares da cidade

Para quem não conhece, trata-se de creme de aipim sedoso combinado à carne (R$ 22,00). Após abrir os trabalhos, encare como pedida principal a costela, que serve tranquilamente três pessoas (R$ 130,00). Ela chega em uma pedra aquecida, escoltada por cebolas assadas, arroz branco, fritas, farofa de ovos e molho à campanha. Mate a sede com chope Brahma gelado (R$ 5,90; 300 mililitros).

Fonte: VEJA RIO