BARES

Tempo de vinho

Conheça cinco endereços de ambiente informal com cartas de vinho atraentes

Por: Rafael Cavalieri

Felipe Fittipaldi
(Foto: Redação Veja rio)

Bottega del Vino

Na recém-digitalizada carta, agora consultada apenas no tablet, o sommelier Dionísio Chaves exibe uma seleção de cerca de 300 rótulos, separados em bem-vindas divisões por país, uva ou preço. Em taça, são 23 as opções disponíveis. As sugestões mudam sempre e ficam armazenadas em máquinas Enomatic, que servem para manter as características da bebida após abertas as garrafas. Duas pedidas atraentes são o tinto italiano Barbera d'Alba Pio Cesare e o branco francês Henri Bourgeois Sancerre 2012 (R$ 160,00 cada garrafa). Para acompanhar o primeiro, a polenta toscana é excelente dica (R$ 38,00). Cremosa, a receita é coberta por ragu de cordeiro e queijo pecorino. Já o gravlax de salmão com blinis (R$ 38,00) cai bem com o segundo, um branco refrescante.

Rua Dias Ferreira, 78, Leblon, ☎ 2512-6526 (80 lugares). 17h/1h (sex. e sáb. 12h/1h30; dom. 12h/0h). Cc: todos. Cd: todos. www.bottegadelvino.com.br. Aberto em 2011.

L'Orangerie

Além de bom local para fazer compras, a simpática loja em Laranjeiras, bastante procurada por quem mora nas redondezas, pode ser destino para um programa mais demorado. No pequeno salão, mesinhas acomodam a clientela que deseja degustar um vinho ali mesmo, enquanto a cozinha prepara saladas, belisquetes e pratos saborosos. Nas prateleiras, quase 600 rótulos fazem a alegria dos visitantes. Dois com bastante saída são o chileno La Joya Carménère 2011 (R$ 59,90) e o malbec argentino Clos de Chacras, também da safra de 2011 (R$ 74,90). São vinhos de personalidade que acompanham bem a tábua com os queijos gruyère, brie e gouda (R$ 34,00). Quem quiser jantar pode apostar nas massas de fabricação própria, como o nhoque de abóbora com molho branco e parmesão gratinado (R$ 45,00).

Rua General Glicério, 364, loja A, Laranjeiras, ☎ 2205-5000 (40 lugares). 12h/23h (qui. a sáb. até 0h; fecha dom. e feriados). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1980.

Nebbiolo

Uva emblemática da região do Piemonte, noroeste da Itália, a nebbiolo é matéria-­prima do Barbaresco e do Barolo, dois dos vinhos mais cultuados do país, e batiza este misto de winebar e loja. Escolha entre os 200 rótulos da casa e acomode-se nas mesas do salão aconchegante. Sugestão italiana recém-chegada, o Citto IGT Toscana Sangiovese 2011 é um vinho feito com uvas orgânicas (R$ 69,00). Outra boa pedida é o Marguerite de Bourgogne 2011, um clássico da região 100% pinot noir (R$ 89,00). Para acompanhar qualquer um dos dois, a tábua de grana padano com mel trufado é das mais pedidas na casa (R$ 28,00). Farto, o sanduíche de rosbife com molho caseiro à base de mostarda chega em uma minibaguete (R$ 24,00). Todas as quintas, a casa abriga apresentações ao vivo de jazz das 18h às 21h. É cobrado couvert artístico de R$ 15,00.

Rua Visconde de Pirajá, 414, loja 221, ☎ 3442-5565/5566 (34 lugares). 11h/21h (seg. e ter. até 20h; sáb. 11h/16h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

Porto di Vino

Em pleno Baixo Gávea, reduto de jovens em busca de azaração e cerveja gelada na rua, este misto de loja e winebar atrai o público em busca de boas escolhas para levar para casa ou simplesmente sentar no salão de decoração moderna e beber por ali mesmo. São quase 500 rótulos, alguns deles oferecidos em taça. Entre os brancos, é boa pedida o francês da uva chardonnay Bourgogne Blanc Alain Chavy 2011 (R$ 18,00 a taça e R$ 88,00 a garrafa). Na área dos tintos, outro exemplar da França, da região de Bordeaux, o Château la Verrière 2010 tem boa relação entre custo e benefício (R$ 13,00 e R$ 62,00). Dica do Novo Mundo, o malbec argentino Achaval Ferrer 2011 (R$ 20,00 e R$ 96,00) tem notas de frutas vermelhas e especiarias. Para acompanhar, aposte em petiscos como a burrata com rúcula e tomate-cereja (R$ 40,00), ou em tábuas de queijos e frios (R$ 90,00, com três queijos e três frios). Informação importante: a cozinha só funciona a partir das 18h.

Praça Santos Dumont, 140, loja A, Gávea, ☎ 2137-4154 (30 lugares). 10h/21h (qui. a sáb. até 22h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

Winehouse

Empreitada do casal Dominic e Selene Parry, ele inglês e ela brasileira, o pub de vinhos tem salão pequeno, mas mesas são espalhadas pela calçada, aumentando o clima informal. A carta exibe 52 rótulos, entre espumantes, brancos, rosés, tintos e bebidas de sobremesa, com valores que vão de R$ 45,00 a R$ 145,00 - a exceção é o champanhe Deutz Brut Classic (R$ 295,00). As opções em taça são descritas no charmoso quadro-negro. Pedida acertada, o nacional Casa Venturini Tannat Reserva 2012 se mostrou equilibrado (R$ 60,00). Para petiscar, aposte na tábua de queijos e frios, acompanhada de pães e chutney caseiro de tomate (R$ 55,00).

Rua Paulo Barreto, 25, loja E, Botafogo, ☎ 3264-4101 (35 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 1h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.winehouserio.com.br. Aberto em 2014.

Fonte: VEJA RIO