Vinhos

Tinto, branco ou espumante: não faltam vinhos no bar

Nem só de chope e cerveja vivem os bares pela cidade. Confira seis opções com carta caprichada 

Por: Rafael Cavalieri

Bottega del Vino
Balcão do Bottega del Vino: muitas opções de vinhos em taça (Foto: Divulgação)

Bottega del Vino

Na carta digitalizada em agosto, agora consultada apenas no tablet, o sommelier Dionísio Chaves exibe uma seleção de cerca de 300 rótulos, separados em bem­-vindas divisões por país, uva ou preço. Em taça, são 23 as opções disponíveis. As sugestões mudam sempre e ficam armazenadas em máquinas Enomatic, que são utilizadas para manter as características da bebida após abertas as garrafas. Duas pedidas atraentes são o tinto italiano Barbera d’Alba Pio Cesare e o branco francês Henri Bourgeois Sancerre 2012 (R$ 160,00 cada garrafa). Para acompanhar o primeiro, a polenta toscana é excelente dica (R$ 38,00). Cremosa, a receita é coberta por ragu de cordeiro e queijo pecorino. Já o gravlax de salmão com blinis (R$ 38,00) cai bem com o segundo, um branco refrescante. Rua Dias Ferreira, 78, Leblon, ☎ 2512-6526 (80 lugares). 17h/1h (sex. e sáb. 12h/1h30; dom. 12h/0h). Cc: todos. Cd: todos. www.bottegadelvino.com.br. Aberto em 2011.

L’Orangerie

Além de bom local para fazer compras, esta simpática loja em Laranjeiras, bastante procurada por quem mora nas redondezas, pode ser destino para um programa mais demorado. No pequeno salão, mesinhas acomodam a clientela que deseja degustar um vinho ali mesmo, enquanto a cozinha prepara saladas, belisquetes e pratos saborosos. Nas prateleiras, quase 600 rótulos fazem a alegria dos visitantes. Dois com bastante saída são o chileno La Joya Carménère 2011 (R$ 59,90) e o malbec argentino Clos de Chacras, também da safra de 2011 (R$ 74,90). São vinhos de personalidade que acompanham bem a tábua com os queijos gruyère, brie e gouda (R$ 34,00). Quem quiser jantar poderá apostar nas massas de fabricação própria, como o nhoque de abóbora com molho branco e parmesão gratinado (R$ 45,00). Rua General Glicério, 364, loja A, Laranjeiras,  ☎ 2205-5000 (40 lugares). 12h/23h (qui. a sáb. até 0h; fecha dom. e feriados). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1980.

Nebbiolo

Uva emblemática da região do Piemonte, no noroeste da Itália, a nebbiolo é matéria-­prima do Barbaresco e do Barolo, dois dos vinhos mais cultuados do país, e batiza este misto de wine-bar e loja em Ipanema. Escolha entre os 200 rótulos da casa e acomode-se nas mesas do salão aconchegante. Sugestão italiana recém-che­ga­da, o Citto IGT Toscana Sangiovese 2011 é um vinho feito com uvas orgânicas (R$ 69,00). Outra boa pedida é o Marguerite de Bourgogne 2011, um clássico da região 100% pinot noir (R$ 89,00). Para acompanhar qualquer um dos dois, a tábua de grana padano com mel trufado é das mais pedidas na casa (R$ 28,00). Farto, o sanduíche de rosbife com molho caseiro à base de mostarda chega em uma minibaguete (R$ 24,00). Todas as quintas, a casa abriga apresentações ao vivo de jazz das 18h às 21h. É cobrado couvert artístico de R$ 15,00. Rua Visconde de Pirajá, 414, loja 221, ☎ 3442-5565/5566 (34 lugares). 11h/21h (seg. e ter. até 20h; sáb. 11h/16h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 15,00 (qui.). Aberto em 2011.

Porto di Vino
Porto di Vino: misto de loja e winebar com carta caprichada (Foto: Tomás Rangel)

Porto di Vino

Em pleno Baixo Gávea, reduto de jovens em busca de azaração e cerveja gelada na rua, este misto de loja e wine-bar atrai o público em busca de boas escolhas para levar para casa ou simplesmente se sentar no salão de decoração moderna e beber por ali mesmo. São quase 500 rótulos, alguns deles oferecidos em taça. Entre os brancos, é boa pedida o francês da uva chardonnay Bourgogne Blanc Alain Chavy 2011 (R$ 18,00 a taça e R$ 88,00 a garrafa). Na área dos tintos, outro exemplar da França, da região de Bordeaux, o Château la Verrière 2010 tem boa relação entre custo e benefício (R$ 13,00 e R$ 62,00). Dica da Novo Mundo, o malbec argentino Achaval Ferrer 2011 (R$ 20,00 e R$ 96,00) tem notas de frutas vermelhas e especiarias. Para acompanhar, aposte em petiscos como a burrata com rúcula e tomate-cereja (R$ 40,00) ou na tábua de queijos e frios (R$ 90,00). Pedida mais quentinha, o escondidinho de pato com baroa faz sucesso (R$ 36,00). Informação importante: a cozinha só funciona a partir das 18h. Praça Santos Dumont, 140, loja A, Gávea, ☎ 2137-4154 (30 lugares). 10h/21h (qui. a sáb. até 22h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

Seu Bar

Sob cobertura, em um deque de madeira, ficam espalhadas todas as mesas do lugar. Na cozinha é preparada, nos almoços dos fins de semana, a picanha grelhada acompanhada de arroz, farofa de ovos, fritas e molho à campanha (R$ 34,90, para uma pessoa; R$ 61,00, para duas). À noite, a sugestão de carne é outra: a picanha acebolada na prancha, que traz fatias em chapa quente temperadas com alho, ervas, cebola e molho saboroso (R$ 39,90). Entre as opções de bebida, é novidade por lá a recém-­elaborada carta de vinhos. De Mendoza, o jovem Portillo Malbec 2013 é uma boa pedida (R$ 65,00). Avenida Olegário Maciel, 175, lojas B e D, Barra, ☎ 3495-7761 (150 lugares). 11h30/3h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

Winehouse
Salão aconchegante: lugar mais disputado do Winehouse (Foto: Tomás Rangel)

Winehouse

O casal Dominic e Selene Parry comanda este aconchegante winebar. O salão é pequeno e a adega torna-se parte da charmosa decoração. Na calçada, mesas se espalham. A carta da casa exibe pouco mais de cinquenta rótulos. As opções em taça, que entre 18h e 20h são vendidas com desconto, aparecem descritas no charmoso quadro-negro. Pedida acertada, o nacional Casa Venturini Tannat Reserva 2012 é equilibrado (R$ 60,00). Aromático, o Cefiro Reserva Merlot 2011 (R$ 55,00) é outra boa escolha. No enxuto cardápio de tira-gostos, tudo é preparado com esmero. A tábua de frios e queijos reúne embutidos finamente cortados, queijos frescos e um delicioso chut­ney de tomate (R$ 55,00). Há seis opções de bruschetta, servidas em dupla por R$ 12,00. Rua Paulo Barreto, 25, loja E, Botafogo, ☎ 3264-4101 (35 lugares). 17h/0h (sáb. até 1h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.winehouserio.com.br. Aberto em 2014.

Fonte: VEJA RIO