BARES

Troca de guarda

Ponto do Petit Paulette, vizinho do Aconchego Carioca, agora abriga o Tempero da Praça

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪ | COZINHA ✪✪✪

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)

As voltas que o mundo dá. Quem incluiu a Praça da Bandeira na rota dos melhores endereços de comes e bebes da cidade foi a mineira Kátia Barbosa, quando, em 2002, inaugurou o Aconchego Carioca. Sócio na empreitada, seu irmão Paulo Barbosa da Silva, o popular Paulette, partiu para voo-solo cinco anos depois, ao abrir, na mesma Rua Barão de Iguatemi, o Petit Paulette. Pois Paulo passou o ponto. Em dezembro de 2012, o endereço começou a abrigar o Tempero da Praça, administrado por Erica Barreiros, seu marido, Márcio Duran, cervejeiro e frequentador do Aconchego, e Beth Camarinha, mãe dela e, 25 anos atrás, chefe de Kátia Barbosa em uma confecção.

Embora enxuto e ainda passando por ajustes, o cardápio já apresenta boas opções de belisquetes, a exemplo do cigarrete de queijo de coalho (R$ 16,50, oito unidades), feito de sequinha massa de pastel envolvida por parmesão e orégano. Outra pedida aprovada é o croque de camarão (R$ 41,00, com dezesseis). Receita presenteada por Paulette, traz o crustáceo, empanado e crocante, acompanhado de saboroso molho rosé incrementado por cebola e pimentões. Ainda na seção de tira-gostos, chama atenção a berinjela recheada (R$ 10,50). Cortado ao meio, o vegetal chega à mesa gratinado com mussarela, preenchido por gostosa mistura de linguiça, bacon e molho da casa. Para beber, não dispense a cerveja Therezópolis Gold estupidamente gelada (R$ 13,00) ou a Antarctica Original (R$ 7,50), ambas em garrafa de 600 mililitros. Uma roda de samba anima a happy hour às sextas.

Tempero da Praça. Rua Barão de Iguatemi, 408, loja A, Praça da Bandeira, ☎ 2502-2649 (30 lugares). 11h/23h (dom. até 18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO