BARES

Novos ares no Baixo Alice

Reformada, a Tasca do Edgar, em Laranjeiras, ganhou fôlego para enfrentar a concorrência

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪ | AMBIENTE ✪✪ | COZINHA ✪✪✪

roteirobaresabre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Na disputa com o renovado Bar do Serafim, comprado pelo grupo Dom, e o Sonho Lindo, na confluência das ruas Alice e Mário Portela, também comandado por cearenses, a Tasca do Edgar vinha perdendo clientela para os vizinhos. Mais antigo dono de boteco naquele cantinho boêmio de Laranjeiras, o português Edgar da Costa resolveu se mexer. Em conversas com frequentadores fiéis da casa, encontrou dois sócios: o professor de boxe tailandês Paulo Branco e a empresária Georgia Oliveira. Depois de uma bela reforma, o lugar reabriu no começo do mês com chamativo painel colorido, uma das paredes pintada de vermelho e nova logomarca. A iluminação fria foi substituída por outra mais suave. E as mesas voltaram a encher.

Para atender à revigorada demanda, o serviço ainda precisa ser mais ágil. A cozinha segue forte, com poucas mudanças. No domingo, a caprichada feijoada de frutos do mar (R$ 60,00 para quatro; R$ 40,00 para dois) é sucesso absoluto, com pedaços generosos de polvo, lula, camarão e peixe. Entre os petiscos, o recheio do pastel de siri (R$ 2,50 a unidade) não guardava muitas lembranças do crustáceo. Vá de bolinho de aipim com carne-seca (R$ 15,00) ou linguiça calabresa (R$ 15,00) levemente picante. O mix de acepipes (R$ 20,00), azeitona, tremoço, cebola em conserva e caponata de berinjela, também fica bem ao lado do chope Brahma gelado (R$ 4,00 a tulipa) ou da saborosa caipirinha de lima-da-pérsia (R$ 8,50).

Tasca do Edgar. Rua Alice, 34, Laranjeiras, ☎ 2558-9447 e 2225-0068 (72 lugares). 8h/1h (qui. a sáb. até 2h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2004.

Fonte: VEJA RIO