BARES

Shots

A regra é clara: deve-se beber de um gole só. Confira sete endereços que oferecem diversas receitas no copinho

Por: Rafael Cavalieri

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Armazém Devassa

No térreo do Hotel Mar Ipanema, a casa comandada pela chef Andrea Tinoco exibe novidades na carta de drinques. O negra carvalho (R$ 17,90) combina uma caldeireta de chope do tipo escuro com um shot de cachaça envelhecida. Peça, para acompanhar, o stickadinhos, palitos de mussarela empanados servidos com molho de tomate e orégano (R$ 26,95).

Rua Visconde de Pirajá, 539 (Hotel Mar Ipanema), ☎ 2512-2051 (70 lugares). 6h/1h (qui. a sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: R e V. www.cervejariadevassa.com.br. Aberto em 2007.

Cafofo Pub

Pelo salão de paredes de tijolos aparentes, enfeitado com fotos de estrelas do rock, e pelas mesas na calçada circulam cascos de Heineken (R$ 10,00 a garrafa). Mas muitos dos clientes que procuram o lugar estão em busca é do notório combo de shots. São dez opções de sabores que chegam em duas, quatro ou seis unidades (R$ 15,90, R$ 24,90 e R$ 40,90, respectivamente). Combine o B-52, que traz licor de café, Baileys e Cointreau, com o minimargaritas, reunião de tequila, curaçao fino e limão. Outra pedida é brincar com as cores. O vermelho é feito de vodca, Cointreau, suco de cranberry e frutas vermelhas. Já o verde tem vodca, Cointreau e maçã verde. Para beliscar, o filé drunk pub leva na receita tiras de mignon ao molho de cerveja preta com cebola-roxa (R$ 35,90).

Rua Nelson Mandela, 106, Botafogo, ☎ 3496-0865 (154 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 2h; dom. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

El Born

Reduto de inspiração espanhola em Copacabana, é mais um dos empreendimentos de Antônio Rodrigues, dono da rede Belmonte. Na carta de drinques com boas criações, uma seção batizada de fofocas traz dois shots harmonizados com duas tapas. O brasileirinho reúne maracujá, Cointreau, vodca e xarope de maçã verde. Chega com bolinhas de queijo (R$ 19,00). A croqueta de jamón pode acompanhar o bloody born, feito com vodca e suco de tomate temperado por molho inglês, limão, pimenta, azeite e flor de sal (R$ 19,00). Sugestão mais consistente entre os pratos principais, o estació de frança (R$ 32,00) é um talharim coberto por saboroso ragu de cordeiro.

Rua Bolívar, 17-A, Copacabana, ☎ 3496-1781, ? Cantagalo (72 lugares). 17h/2h (sáb. e dom. a partir das 15h). Cc: M e V. Cd: R e V. Aberto em 2012.

Koi Art & Pub

O lugar foi fundado como um estúdio de tatuagem. Agora, o espaço para a arte na pele passou para o mezanino. O térreo ganhou um descolado bar. Por lá, quadros com desenhos modernos ficam pendurados nas paredes. Nas caixas de som, muito rock em volume alto. Do bar, um shot bizarro chama atenção. Batizado de hemorragia cerebral (R$ 11,90), o drinque reúne no copinho licores Amarula, curaçao, de cereja e de pêssego em receita bem adocicada. A aparência assusta, mas diverte e atrai interesse. Peça, para matar a fome, o imponente hambúrguer da casa, com 200 gramas de picanha e costela, levado à mesa no ponto perfeito, coberto por mussarela e salada (R$ 32,90). Para quem preferir uma cerveja, pedida acertada da carta é a strong golden ale belga Duvel (R$ 29,90, 330 mililitros).

Avenida Olegário Maciel, 101, loja C, Barra, ☎ 3325-8818, (120 lugares). 18h/2h (sáb. a partir

das 15h; dom. 15h/23h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2014.

Meza Bar

O reduto no Humaitá é daqueles que podem ser considerados pioneiros na cidade. A casa inspirou diversos concorrentes ao apostar em caprichada carta de drinques e comidinhas feitas com esmero. Do bar, pedida inusitada é o duo de shots bonnie & clyde (R$ 24,00). O primeiro reúne rum, absinto, uva e capim-limão. Já o segundo é feito com os licores Chambord e 43 combinados a suco de limão-siciliano. Criação curiosa, o new belly guava brinca com a sobremesa clássica mineira ao reunir cachaça, compota de goiaba e cubos de queijo minas padrão (R$ 14,00). A cozinha agora é comandada pelo chef Bruno Faro, que teve passagens pelos peruanos Astrid y Gastón e Cebicheria La Mar, ambos em Lima. Pedida maravilhosa, o pot au feu traz purê de batata cremoso e amanteigado coroado por carne de panela, cozida com molho à base de cerveja (R$ 29,00).

Rua Capitão Salomão, 69, Humaitá, ☎ 3239-1951 (80 lugares). 10h/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos.

Cd: todos. Aberto em 2008.

Puebla Café

Glamour não é algo para esperar neste que é um dos pioneiros da gastronomia tex-mex da cidade. As mesas ficam espalhadas pelo estacionamento da Cobal do Humaitá em um clima extremamente informal. Dos drinques com inspiração mexicana, faz sucesso o adiós motherfucker, que traz tequila com tônica e pimenta em forma de shot (R$ 8,00). Já o speedy gonzález traz dois copinhos, um de tequila e outro de suco de tomate temperado, para tomar junto (R$ 15,00). Nas sextas e nos sábados, excelente pedida para acompanhar é o ceviche feito com cubos de cação marinados em limão, azeite, alho, cebola e coentro (R$ 17,00).

Rua Voluntários da Pátria, 448, loja 23 (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2286-5623 (70 lugares).

18h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 5,00 a primeira hora). Aberto em 1998.

Shooters

A casa descolada atrai jovens em busca de música alta e, como o próprio nome sugere, muitos shots até altas horas da madrugada. Comandado pelo barman e proprietário Philipe Mello, o bar oferece combos perfeitos para dividir entre os amigos. É bom exemplo o jagermonster, que combina cranberry, suco de maçã e jagermeister, aperitivo alemão à base de ervas. Já o rum box é feito com a aguardente que carrega no nome, além de maracujá, uma dose do digestivo fernet, romã, pimenta e espumante. Cada combo traz quatro doses e sai por R$ 40,00. Para não ficar de estômago vazio, peça o salmão snacks: oito postas em tamanho míni passadas na chapa com crosta de gergelim e molho à base de uísque Jack Daniel's (R$ 28,00).

Rua Nelson Mandela, 100, Botafogo, ☎ 98108-1993 (70 lugares). 18h/1h (qui. até 2h30; sex. e sáb. até 3h30; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

Fonte: VEJA RIO