do mar

Querida pelos cariocas, lula estrela receitas em bares

Frito, grelhado, em cortes variados e molhos criativos, o molusco aparece como um tira-gosto saboroso em oito endereços da cidade

Por: Rafael Cavalieri - Atualizado em

Angu do Gomes

Nos anos 60 e 70, o Angu do Gomes era onipresente em noites e madrugadas, com mais de quarenta carrocinhas pela cidade. Servida em prato de alumínio, a polenta mole com farto molho de carne, miúdos de boi e linguiça foi a salvação de muitos notívagos. O negócio acabou em 1986, mas permaneceu uma referência carioca, deixando saudade até em quem nunca havia provado a receita. Em 2008, a casa abriu as portas na região portuária da cidade. No ano passado, mudou-se novamente, mas para um imóvel maior na mesma rua. De cara, peça logo cascos gelados de Heineken, Original, Bohemia, Amstel ou Sagres (R$ 9,90; 600 mililitros). O carro-chefe segue firme, oferecido por R$ 17,50. Mas nacos de lula aparecem em criativa e inusitada versão do angu com frutos do mar (R$ 23,00). O molusco também pode ser pedido da maneira clássica: cortado em anéis crocantes (R$ 30,00). Largo de São Francisco da Prainha, 3, Saúde, ☎ 2233-4561 (150 lugares). 11h/22h (sex. até 0h;     sáb. 12/18h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos.  www.angudogomes.com.br. Aberto em 2008.

+ Confira os demais destaques de bares da cidade

Bar da Praia

Localizado no Hotel Marina Palace, o bar passou neste ano por uma bem-vinda repaginada sob a batuta do arquiteto André Piva. O novo ambiente é clean, com quadros pendurados na parede de tom pastel. Podem-se bebericar os drinques locais até nos bancos dispostos na calçada. Receita inusitada, a caipivodca de morango com energético pode chegar no copo (R$ 23,00) ou em uma jarra de 750 mililitros (R$ 60,00). Na carta de bebes, também agrada a criação que leva o nome da casa, uma reunião de vodca, limão-siciliano, suco de laranja e monin de rosas, responsável pelo toque adocicado (R$ 21,00). Ambos acompanham bem a lula na tempurá (R$ 31,00), uma porção de anéis do molusco empanados na farinha de rosca, acompanhados de molho de páprica picante. Rua João Lira, 5, Leblon (Hotel Marina Palace), ☎ 3613-5150 (80 lugares). 16h/0h (qui. até 2h; sex.e sáb. até 4h). Cc: todos.Cd: todos. Aberto em 1998.

Boteco da Praia

Uma clientela fiel procura o lugar enfeitado com fotos do Rio Antigo em busca dos bons sanduíches, petiscos e também por causa da variedade da carta de cachaças. Atualmente são cerca de setenta rótulos. A mineira Salinas segue firme entre as mais pedidas (R$ 8,00 a dose). Para refrescar, o chope sempre gelado da Brahma chega em tulipas de 300 mililitros por R$ 4,90. Outra opção é a Original, no casco de 600 mililitros (R$ 10,50). No pão de leite, o sanduíche nordestino, recheado de carne de sol, queijo de coalho e abacaxi, é acompanhado de batatas fritas (R$ 21,90). Mas, no calor do verão, vale apostar em um petisco mais leve, como a porção de frutos do mar ao vinagrete (R$ 42,90). Na receita, a lula se junta a outros ingredientes, entre eles nacos de polvo e mexilhões.  Praia do Flamengo, 122, loja A, Flamengo, ☎ 2225-3500/7450 (72 lugares). 11h/1h.Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1992.

Entretapas
Bombeta ultramarina: criação de Jan Santos (Foto: Rodrigo Azevedo)

Entretapas

Trata-se, como o nome sugere, de um reduto de tapas. Sob o comando do chef Jan Santos, receitas tradicionais na Espanha são executadas com maestria. Ingrediente muito utilizado naquele país europeu, a lula aparece em diversas etapas do menu. Na ala das croquetas, as bombetas ultramarinas são recheadas de lula, polvo e molho bechamel preto feito com a tinta do molusco (R$ 29,00, quatro unidades). O pedido chega ladeado por aïoli de salsa e geleia de pimentão vermelho. Ainda nos aperitivos, o calamares a la plancha (R$ 32,00) traz o molusco grelhado sobre legumes refogados com azeite de ervas verde. Entre as sugestões mais robustas, o fideuá (R$ 42,00) é um prato típico da região do Levante feito com macarrão cabelinho de anjo, camarões, lulas e nacos de peixe do dia. Na ala das bebidas, uma pedida acertada é a deliciosa sangria tinta, que combina frutas da estação com vinho das varietais tempranillo, malbec ou cabernet sauvignon (R$ 34,00, 500 mililitros). O lugar também oferece variações em torno de drinques clássicos, a exemplo do gim-tônica feito de aguardente da marca Hendrick’s e pepino (R$ 32,00). Rua Conde de Irajá, 115, Humaitá, ☎ 2537-0673, 19h/0h (sex. 12h/16h e 19h/1h; sáb. 13h/1h; dom. 13h/0h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

La Carioca Cevicheria

Evocada na fachada, a receita tão difundida nas gastronomias peruana e chilena tem o peixe fresco como protagonista. Mas, nessa bem-sucedida empreitada carioca, o ceviche mixto (R$ 30,00) reúne frutos do mar, como lula, polvo, vieira e camarão, ao peixe e demais temperos mais tradicionais. O pedido pode chegar quente ou frio. Já a anticuchada (R$ 37,00) traz cortes do molusco e de atum servidos com batata e molho anticucho, feito com pimentas peruanas, vinagre e orégano. Na seleção de drinques à base de pisco, uma bebida peruana, aposte no pisco punch, que leva ainda capim-limão, suco de abacaxi, maracujá e grenadine (R$ 24,00). Experimente também as cervejas com a marca da casa, nos tipos pilsen refrescante ou frutada weiss. Ambas podem ser encontradas em garrafas de 355 ou de 600 mililitros (R$ 11,00 e R$ 19,50 a pilsen, R$ 12,00 e R$ 20,50 a weiss). Rua Maria Angélica, 113-A, Jardim Botânico, ☎ 2226-8821 (50 lugares). 18h30/0h (qui. a sáb. até 2h); Rua Garcia d’Ávila, 173, Ipanema, ☎ 2522-8184 (40 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. www.lacarioca.com.br. Aberto em 2011.

+ Conheça o Lemonade Bar, nova casa na Barra

Lobby Bar

O ambiente é requintado, fruto das cinco estrelas ostentadas pelo hotel, e conta com privilegiada vista para a Praia de São Conrado. No cardápio elaborado pelo chef Luciano Baldin, destaque para o calamar frit (R$ 36,00), que reúne anéis crocantes de lula servidos com delicioso molho tártaro feito na casa. Drinques criativos fazem parte da carta. O cilantro julep (RS 22,00) é feito com cachaça envelhecida, coentro, abacaxi, limão e soda. Já a spicy mango margarita (R$ 27,00) combina tequila, manga e pimenta-biquinho. Avenida Aquarela do Brasil, 75, São Conrado,(Royal Tulip Hotel) ☎ 3323-2200 (30 lugares).9h/1h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1975.

Tapas y Besos

A história não é exatamente uma novidade. Após passar férias no Rio, um gringo se encantou com a cidade e resolveu voltar para cá de mala e cuia. O catalão Luca Salamone decidiu trazer um pedaço da Espanha para o Grajaú. Com trilha sonora requintada e decoração moderninha, a casa oferece variados petiscos. Abra com o croquetão (R$ 8,00), de casquinha crocante e interior cremoso. A lula por lá é feita de maneira bem brasileira: frita com alho e óleo (R$ 24,00). Para beber, uma seleção de boas cervejas espanholas pode ser encontrada. Leve, a Estrella Galicia está entre as mais pedidas (R$ 6,00; 330 mililitros). Para dividir na mesa, a Estrella Damm Inedit (R$ 36,00; 750 mililitros) é uma refrescante witbier cuja receita foi desenvolvida pelo premiado chef Ferran Adriá. O estabelecimento também oferece uma extensa carta de vinhos. Aromático e com bom preço, o Artero Tempranillo 2013 (R$ 53,20) está entre os mais pedidos. Rua Borda do Mato, 18, Grajaú, ☎ 3529-3492(55 lugares). 17h30/1h (fecha seg.).Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

Venga!
Calamares: hit do Venga! (Foto: Gabriela Temer)

Venga!

Hoje não faltam na cidade empreitadas com inspiração espanhola no conceito e no cardápio. Esse movimento começou com o Venga!. Tapas criativas são servidas nos pequenos e bem decorados salões — sempre lotados — da matriz, no Leblon, e da filial, em Ipanema, esta um pouco mais espaçosa. Hit local, a calamares (R$ 23,00) traz anéis crocantes de lula servidos com um excelente aïoli de limão que casa perfeitamente com a pedida. Entre os drinques, as sangrias em jarra têm bastante procura. A sugestão batizada com o nome do bar leva vinho branco, refrigerante de limão, licor de laranja e frutas (R$ 50,00; 1 litro). Não deixe de experimentar também a boa caipiriña venga! (R$ 19,00), combinação de cachaça, jerez, maçã verde e limão. Na carta de vinhos, peça o bom espanhol Infinitus 2011, um corte de uvas cabernet sauvignon e tempranillo (R$ 86,00). Rua Dias Ferreira, 113, loja B, Leblon, ☎2512-9826(34 lugares). 12h/1h (seg. a partir das 18h; dom. a ter. até 0h). Cc: todos. Cd: todos; Rua Garcia d’Ávila, 147, loja B, Ipanema, ☎ 2247-0234 (84 lugares). 12h/1h (dom. a qua. até 0h). Cc: todos. Cd: todos.Aberto em 2009.

Fonte: VEJA RIO