BARES

Quatro variações em torno da feijoada

Petiscos inspirados na receita caem melhor nestes dias de calorão

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Marcos Pinto/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Bar do David

Invenção do simpático proprietário David Bispo, o tropeiro carioca (R$ 21,00) é uma porção de farofinha de feijão-preto, couve, lascas de bacon, calabresa, carne-seca desfiada e laranja. Ladeira Ary Barroso, 66, loja 3, ☎ 7808-2200.

Bar do Mineiro

Enquanto espera por uma das disputadas mesas, a clientela aproveita para beliscar o pastel de feijão (R$ 33,00, dezoito unidades), um clássico local. Rua Paschoal Carlos Magno, 99, Santa Teresa, ☎ 2221-9227.

Boteco Colarinho

Inspirados pela invenção de Kátia Barbosa, precursora do bolinho de feijoada no Aconchego Carioca, outros bares adotaram o petisco. No Colarinho, o quitute generoso é vendido por unidade (R$ 5,90), recheado de feijão-preto, couve e linguiça. Rua Nelson Mandela, 100, loja 127, ☎ 2286-5889.

Da Gema

Luiza Soares assina as delícias deste botequim no Andaraí. Vencedor da edição de 2011 do concurso Comida di Buteco, o doce subsolo (R$ 17,00) traz, em camadas, tutu de feijão, couve, carne-seca na manteiga, creme de aipim e raspa de laranja. Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, ☎ 3549-0857.

Fonte: VEJA RIO