BARES

Pub Escondido, CA

As estrelas do novo bar de Diego Baião, do Boteco Colarinho, são as 23 torneiras de chope, além de uma de sidra

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | BEBIDA ✪✪✪✪

Felipe Fittipaldi
| Crédito: Redação Veja rio

Aberto em 2010, o Boteco Colarinho, em Botafogo, não demorou a ser reconhecido como um porto seguro para os admiradores de chopes e cervejas especiais. Dono do empreendimento, Diego Baião foi além. Sua nova casa, em Copacabana, tem jeito de pub moderninho ? revestimento de madeira, placas de geladas importadas para enfeitar e som ambiente produzido pela DJ Tati, do Teto Solar. As estrelas, no entanto, são as 23 torneiras de chope, além de uma de sidra (oferecida por R$ 13,90, 294 mililitros). Um quadro-negro anuncia as demais sugestões da vez. São dicas fixas o Cidade Imperial Pilsen (R$ 6,90), o Hopium (R$ 8,90) e o Amnésia IPA (R$ 11,90), todos servidos em meio pint (294 mililitros). Dezesseis hambúrgueres dominam o cardápio. Pedida elaborada, o gangnam (R$ 35,00) traz 200 gramas de carne bovina angus no pão de malte vermelho, com molho coreano, crisps de banana-da-terra, vinagrete de cogumelos frescos e mix de alface. Outra receita suculenta é o inconfidente (R$ 35,00), no pão de malte defumado, com queijo da Serra da Canastra, bacon frito no melado de cana e couve frita ? todos são escoltados por batata frita ou salada, molho caseiro e picles.

Rua Aires Saldanha, 98, loja A, Copacabana, ☎ 2522-9800 (121 lugares). 18h/2h (ter. a qui. e dom.); até 3h (sex. e sáb.). Cc: todos. Cd: todos. ↔ → Aberto em 2013.

Harmonização: uma, vá lá, beer sommelier circula pelo salão sempre pronta a sugerir a bebida certa para acompanhar o petisco

Fonte: VEJA RIO