Fiscalização

Procon interdita três filiais do Bar do Adão

Operação Éden multou oito casas da rede e fechou temporariamente as unidades da Barra, Tijuca e Grajaú, que apresentaram irregularidades absurdas

Por: Cibele Reschke - Atualizado em

Bar do Adão
Bar do Adão da Olegário (Foto: Rafael Dyer)

O Procon multou oito filiais do Bar do Adão, rede conhecida pelos tradicionais pasteizinhos cariocas, e interditou três delas – Tijuca, Grajaú e Barra da Tijuca - numa vistoria intitulada Operação Éden. Os fiscais confiscaram 152 litros de bebidas e 122 kg de alimentos impróprios para o consumo.

+Vigilância Sanitária interdita supermercado em Botafogo

Entre todos os estabelecimentos verificados, apenas a filial de Copacabana não apresentou irregularidades. A Barra, por sua vez, foi a que mostrou piores condições de higiene e armazenagem dos produtos. Boa parte dos alimentos estavam com mal odor ou aspecto duvidoso. Para completar, a casa não tinha certificado do corpo de bombeiros.

No Grajaú, além de os alimentos estarem fora do prazo de validade, foram encontradas baratas circulando pela cozinha. O bar não tinha nem certificado do corpo de bombeiros, nem garantia de potabilidade da água. Na tijuca, além dos problemas vistos nos outros dois estabelecimentos interditados, os equipamentos de cozinha estavam mal conservados. 

Fonte: VEJA RIO