Vocês querem?

Prato típico da Páscoa, bacalhau inspira petiscos

Bares variados da cidade utilizam o peixe em saborosas e criativos aperitivos. Confira as sugestões

Por: Rafael Cavalieri

La Carioca Cevicheria
Ceviche de bacalhau: novidade para a Páscoa (Foto: Filico)
  • Bares variados

    Adega Flor de Coimbra

    Rua Theotônio Regadas, 34, Lapa

    Tel: (21) 2224 4582 ou (21) 2122 9138

    Sem avaliação

    A proibição de beijos ousados no salão, anunciada em uma placa, faz parte do charme antigo da casa. No cardápio típico, a feijoada portuguesa dispensa o feijão-preto: é preparada com feijão-manteiga e carnes nobres (R$ 66,50, para dois). Entre as pedidas para beliscar figuram o bolinho de bacalhau em formato de charuto (R$ 4,50 a unidade), um clássico local, e a sardinha portuguesa grelhada com vísceras, retiradas na mesa pelo garçom (R$ 49,50, meia dúzia). O programa português pode se completar com uma garrafa de vinho. A carta oferece os alentejanos Alandra (R$ 45,90), Toutalga (R$ 71,50), Periquita (R$ 69,90) e Herdade do Pinheiro (R$ 70,50), além do Cabeça de Burro (R$ 120,90), da região do Douro. Na decoração, uma ousadia da nova geração da família dos proprietários é a lousa onde são escritas sugestões do dia, promoções e frases de poetas portugueses. Curiosidade: a jovem guarda também é responsável pela inauguração de uma espécie de filial contemporânea da Adega, o Flor de Coimbra Gourmet (Rua Barão de Sertório, 29, Rio Comprido, ☎ 3149-4948), que funciona na hora do almoço e tem setenta lugares.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Adonis

    Rua São Luiz Gonzaga, 2156, Benfica

    Tel: (21) 3890 2283

    Sem avaliação

    Nas mãos da terceira geração da mesma família, a casa administrada por Joaquim Antero foi tombada como patrimônio cultural carioca. Sua riqueza, porém, é bem palpável: concentra-se no espumante chope da Brahma (R$ 6,50 a caldeireta) e no bolinho de bacalhau (R$ 5,00 a unidade), que atraem clientes de longe. Outro achado é a batata adonis. Uma sugestão bem original, a porção, gratinada, leva rodelas de paio, mussarela e molho de tomate (R$ 47,00, serve cinco pessoas). Entre os pratos (ainda) mais robustos, o carro-chefe é o bacalhau à filgueiras, servido com brócolis, batatas coradas, ovo, azeitona, palmito e cebola frita no azeite (R$ 98,00, porção individual; R$ 227,00, para quatro pessoas). 

    Saiba mais
  • Bares variados

    Botequim Informal

    Rua Domingos Ferreira, 215A, Copacabana

    Tel: (21) 3816 0909

    Sem avaliação

    As unidades da rede, basicamente na Zona Sul, servem chope com espuma na medida certa. O claro da Brahma é o que mais faz sucesso (R$ 7,30, a caldeireta de 350 mililitros), mas também são oferecidos mais de trinta rótulos de cerveja. Algumas sugestões: a americana Goose Island Honker’s Ale (R$ 28,00, 335 mililitros), a belga Hoegaarden (R$ 18,00, 330 mililitros) e a argentina Patagonia Amber Lager (R$ 30,00, 740 mililitros). O cardápio exibe pratos executivos, como o bife a cavalo guarnecido de batata frita, arroz e feijão (R$ 31,90). Entre os tira-gostos para acompanhar os brindes, o mineirinho, em porção para duas pessoas, reúne lascas de filé-mignon, cebola, queijo derretido e aipim frito, servidos na chapa (R$ 69,90).

    Saiba mais
  • Bares variados

    Casa Paladino

    Rua Uruguaiana, 224, centro

    Tel: (21) 2263 2094

    1 avaliação

    Inaugurada há 110 anos, patrimônio cultural da cidade, a casa abriu espaço para uma bem-vinda novidade: desde maio de 2016, passou a aceitar cartão de débito — crédito ainda não. No ambiente destacam-se móveis antigos, a exemplo das cristaleiras, entre as quais circula muita gente nos horários do almoço e da happy hour. O chope Brahma (R$ 5,50 a tulipa) bem tirado pode ganhar a companhia do sanduíche triplo (R$ 10,00), um portento recomendado pelos garçons, alguns com mais de duas décadas de serviços prestados por lá. No sábado, o bar não funciona, mas a loja fica aberta, para a venda de produtos como bacalhau, castanhas, manteiga, vinhos, uísques e licores, em geral expostos nas antigas cristaleiras.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Flashback

    Rua Paul Redfern, 33, Ipanema

    Tel: (21) 2274 7657

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Idealizado pelo produtor musical Fernando Versiani, é um espaço muito charmoso frequentado por famosos — Marina Lima comemorou seu último aniversário lá, com convidados como Caetano Veloso e Seu Jorge. Mais de 150 capas de LP enfeitam os dois andares do estabelecimento, enquanto um catálogo musical permite ao cliente escolher um clipe para ser exibido no telão. Drinques são o destaque entre os bebes. Duas pedidas irresistíveis são o la dame d’orange, feito de gim Saffron, licor Grand Marnier, suco de tangerina e cardamomo (R$ 35,00), e o lichia martini (R$ 30,00), de vodca, licor de lichia, sour mix e lichias maceradas. Christophe Lidy, o chef francês que trabalhou no Garcia Rodrigues, responde pelo cardápio. Na ala dos tira-gostos, o croquete (R$ 32,00, quatro unidades) é o campeão de vendas, mas também valem a visita o espeto de polvo (R$ 29,00), o trio de camarão (R$ 38,00) e o mini-hambúrguer de cordeiro (R$ 36,00) acompanhado de batata frita. O risoto de aspargo com medalhão de lagosta (R$ 90,00) é uma alternativa mais consistente. Detalhe importante: é proibido entrar de bermuda. 

    Preços checados em outubro de 2015

    Saiba mais
  • Bares variados

    La Carioca Cevicheria

    Rua Maria Angélica, 113, Lagoa

    Tel: (21) 2226 8821

    Sem avaliação

    Evocada no nome da casa, a popular receita andina aparece em seis versões. O ceviche mixto (assim mesmo, com “x”), que reúne peixe-branco, camarão, vieira, polvo e lula, temperados com cebola-roxa, coentro, pimenta e limão (R$ 32,00), pode ser servido quente ou frio. O peixe fresco estrela outros pratos típicos das gastronomias peruana e chilena, a exemplo das causas, espécie de bolinhos de batata frios, recheados de camarão e molho de azeitona preta (R$ 28,00), ou do tacu tacu, mistura de arroz e feijão frita ao molho de camarão, tomate e cebola (R$ 39,00). O pisco, bebida tradicional desses países, abastece criações como o piscopunch (R$ 26,00), em que o destilado é macerado com capim-­limão e combinado a suco de abacaxi, maracujá e grenadine. A carta conta ainda com dois rótulos próprios de cerveja: pilsen (R$ 11,00, 355 mililitros; R$ 20,50, 600 mililitros) e weissbier (R$ 12,00, 355 mililitros; R$ 21,50, 600 mililitros), esta com notas de cravo e banana. 

    Saiba mais
  • Botecos

    Pavão Azul

    Rua Hilário de Gouveia, 71, Copacabana

    Tel: (21) 2236 2381

    Sem avaliação

    Vencedor da edição do COMER & BEBER em 2013 na categoria melhor boteco, o tradicional endereço costuma atrair tanta gente que, para desafogar, ganhou uma curiosa filial a poucos metros da matriz. Trata-se de um estabelecimento simples e bem cuidado, como revelam detalhes que vão da cozinha à limpeza do banheiro. Em torno das mesas nos salões ou na calçada mesmo, a freguesia devora pataniscas, o carro-chefe local, bolinhos de bacalhau sem batata (R$ 12,00, quatro unidades). Outros petiscos atraentes são o escondidinho, de camarão ou de carne-seca (R$ 13,00), e pastéis de camarão, carne, queijo ou queijo com tomate seco (R$ 2,80 a unidade). O generoso risoto de camarão (R$ 34,00), sugestão infalível de prato principal, ganha, no sábado e no domingo, a concorrência do arroz de polvo (R$ 34,00). O chope é Brahma, custa R$ 5,50 e divide as atenções com garrafas de Bohemia, Original (R$ 10,00 cada uma) e Serramalte (R$ 11,00). Preço checado em julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Venga! Leblon

    Rua Dias Ferreira, 113, Leblon

    Tel: (21) 2512 9826

    Sem avaliação

    Fiel à tradição ibérica dos tira-gostos em pequenas porções, o pioneiro reduto de tapas resgata receitas típicas dos balcões espanhóis, muitas vezes com um toque criativo. Já são clássicos locais o huevo loco (R$ 20,00), ovo poché de gema mole coberto por cubos crocantes de chorizo e presunto cru sobre cremoso purê de batata, e as croquetas de jamón (R$ 9,00 a unidade ou R$ 32,00 a porção com quatro). São mais recentes no cardápio os bocadillos (ou sanduíches), a exemplo do bikini (R$ 18,00), feito de queijo emmental, presunto cozido e azeite de trufas no pão de miga. Desde meados de junho de 2016, os acepipes da matriz, no Leblon, e da mais espaçosa filial, em Ipanema, podem ser saboreados também no novo endereço da rede em Copacabana. De frente para o mar, a arejada unidade, que ganhou o aposto de Chiringuito (quiosques pé na areia muito comuns na Espanha), serve receitas exclusivas à base de frutos do mar, como o delicioso carpaccio de polvo (R$ 29,00), macio e bem temperado por original vinagrete de aspargos com cebola-roxa e xerez.

    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO