na mesa dos amigos

Para dividir: drinques em jarra se multiplicam no Rio

Pedidas vão desde as clássicas caipirinhas até rebuscadas receitas de sangria. Confira as opções abaixo

Por: Rafael Cavalieri

Botequim Informal
Caipirinha na jarra: no Botequim Informal (Foto: Rodrigo Castro)
  • Bares variados

    Botequim Informal Leblon

    Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon

    Tel: (21) 2540 5504

    Sem avaliação

    As unidades da rede, basicamente na Zona Sul, servem chope com espuma na medida certa. O claro da Brahma é o que mais faz sucesso (R$ 7,30, a caldeireta de 350 mililitros), mas também são oferecidos mais de trinta rótulos de cerveja. Algumas sugestões: a americana Goose Island Honker’s Ale (R$ 28,00, 335 mililitros), a belga Hoegaarden (R$ 18,00, 330 mililitros) e a argentina Patagonia Amber Lager (R$ 30,00, 740 mililitros). O cardápio exibe pratos executivos, como o bife a cavalo guarnecido de batata frita, arroz e feijão (R$ 31,90). Entre os tira-gostos para acompanhar os brindes, o mineirinho, em porção para duas pessoas, reúne lascas de filé-mignon, cebola, queijo derretido e aipim frito, servidos na chapa (R$ 69,90).

    Saiba mais
  • Drinques

    Complex Esquina 111

    Rua Maria Quitéria, 111, Ipanema

    Tel: (21) 3256 9375

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Na última edição do COMER & BEBER, a casa abocanhou quatro prêmios em votação do público no site de VEJA RIO: barman, carta de drinques, gastrobar e para paquerar. O misto de espaço cultural e bar, parceria entre as produtoras Slash/Slash e Escola Perestroika, ambas gaúchas, e a carioca BDZ, é um sucesso. Isso pode ser visto diariamente nas filas que se formam no local, gerando um clima de azaração na calçada. Em pé, nas mesas dos salões ou nas que ficam do lado de fora, os drinques são a melhor pedida. Além dos clássicos, há dicas em seis seções: shots, sparkles (feitos com espumante), caipi mix, long drinks, martínis e jarras. O sparkle 3 (R$ 26,00) leva espumante, jabuticaba, Cointreau, vodca Absolut de açaí e é uma delícia. Frutas da estação, espumante, vodca e Aperol compõem a jarra 3, que custa R$ 82,00 e tem 1 litro. O cardápio traz criações saborosas. Nas entradas, o mix de cogumelos frescos na manteiga (R$ 39,00) chega à mesa em charmosa panelinha, acompanhado de torradas de ciabatta. Reconfortante, o risoto de linguiça toscana com abobrinhas no azeite de ervas é excelente (R$ 28,50).

    Preços checados em outubro de 2015

    Saiba mais
  • Portuguesa

    El Gordo

    Avenida General San Martin, 1219, Leblon

    Tel: (21) 3079 9581

    Veja Rio
    Sem avaliação

    O nome do negócio estabelecido em Trancoso, na Bahia, em Lisboa e no Leblon é o apelido do português Nuno Almeida, à frente da empreitada, ao lado do filho, Salvador. Na filial carioca, o salão com decoração divertida, que inclui uma infinidade de objetos, além de uma bicicleta antiga pendurada no teto, tem cardápio gigante. São 195 os rótulos de vinho, 25 de cachaça e mais de oitenta opções de petisco. Entre os drinques, são exclusividades locais o rosé porto tonic, preparado com vinho do Porto rosé, cardamomo, tônica e fruta à escolha (R$ 34,00), e o cajuritta, uma margarita de caju com xarope de limão-siciliano (R$ 33,00). Tradicionais mojito (R$ 25,00), bloody mary (R$ 30,00) e cosmopolitan (R$ 25,00) também entram na lista. O chope é da Stella Artois (R$ 9,00, 300 mililitros), mas também há cerveja em garrafa long neck das marcas Cerpa (R$ 10,00) e 1906 Reserva Especial (R$ 13,00). Uma taça de vinho Croft Pink Porto (R$ 24,00) também pode acompanhar a exploração de tapas inventivas, como os caracóis estufados em vinho tinto (R$ 49,00), o carpaccio de bacalhau (R$ 39,00), a sopa de tomate com ovo poché (R$ 17,00) e o croquete de pato ao molho de laranja (R$ 35,00, quatro unidades).

    Saiba mais
  • Latinos

    Lima Restobar

    Rua Visconde de Caravelas, 113, Botafogo

    Tel: (21) 2527 9662 ou (21) 2527 2203

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Chef e proprietário do Taypá, sofisticado endereço de cozinha peruana em Brasília, Marco Espinoza inaugurou este seu primeiro empreendimento carioca em março de 2013. Ele chegou a abrir novas frentes na cidade, como a sanduicheria El Chalaco, que funcionou no Leblon, e o Tupac, restaurante de perfil mais elaborado e vida curta em Ipanema. As filiais de sua primeira casa na Barra e em Niterói também já não existem mais. De volta ao começo, na matriz são preparadas receitas como a que reúne ceviche de frutos do mar marinados em leche de tigre e empanados, rodelas de pimenta dedo-de-moça e chips de batata-­doce e de banana (R$ 39,00). Sugestão mais consistente, o saboroso gratén de papa y hongos (R$ 46,00) é um ragu de cogumelo coberto por lâminas de batata gratinada com queijo. Outra pedida, o quinoto é um risoto de quinoa misturada a molho cremoso de camarão, queijo grana padano e cogumelo, finalizado com molho de manjericão (R$ 74,00). Boa dica doce para dividir, o trio de suspiros limeños (R$ 32,00) traz a tradicional sobremesa (redução de leite condensado coberta de merengue) em três versões: a clássica, feita com canela, laranja e café.

    Preços checados em julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Prima Bruschetteria- Leblon

    Rua Rainha Guilhermina, 95, Leblon

    Tel: (21) 3592 0881 ou (21) 2512 8298

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Ponto concorrido no Leblon, a casa idealizada e comandada pelos chefs Erik Nako e Cristiano Lana é especializada em bruschettas, como a fachada sugere. Fatias crocantes de pão italiano ganham coberturas criativas e saborosas. São belas sugestões as de bacalhau mantecato, emulsionado com azeite extravirgem (R$ 17,00), e de burrata e pesto de cogumelos trufados (R$ 12,90). Também têm seus fãs entradinhas como o minicrostini (R$ 23,00, três unidades), que traz no lugar do pão uma fatia crocante de abobrinha coroada com burrata, tomate e manjericão, além do involtini de berinjela grelhada, presunto de Parma e queijo de cabra (R$ 31,00, quatro unidades). O mixologista uruguaio Fabian Martinez incluiu na carta de drinques receitas de spritz, servidas em jarra de 1 litro (R$ 59,00) ou em taça (R$ 21,00). Todas as opções usam espumante como base. O limoncello traz o licor italiano e limão-siciliano, o passione junta licor de cassis e melancia e o bellini é feito com licor de pêssego e a fruta em calda. Já o frutti rossi (R$ 24,00) reúne gim, chá de frutas vermelhas, alecrim e água tônica. De segunda a sexta, das 17h30 às 19h30, quem pedir uma bebida ganha a segunda. Nos finais de semana e feriados é oferecido um brunch mediterrâneo (R$ 29,00), de 11h às 14h, com opções como ovos caipiras mexidos com grana padano e azeite de trufas, frutas da estação, antepasto misto, entre outros itens. (60 lugares).

    Saiba mais
  • Bares de praia

    Temporada

    Avenida Francisco Bhering, 65, Ipanema

    Tel: (21) 2523 0066

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Referência na orla mais pela vista privilegiada, que se estende da Pedra do Arpoador ao Leblon, o Azul Marinho fechou as portas em 2014. Sob nova direção, o bar no Hotel Arpoador foi reaberto batizado de Temporada. Como o nome já sugeria, funcionaria por um período definido e, depois, seria reformulado. Mas o sucesso foi tanto — prova disso foi o voto recebido na categoria visual do Rio — que a, digamos, temporada foi prorrogada até o fim dos Jogos Olímpicos de 2016. Para celebrar a sobrevida, o chef argentino Christian Garcia reformulou o cardápio. Sucesso, o tartare de atum com chips de batata-baroa e iogurte de wassabi (R$ 45,00) ganhou a companhia de empanada de carne (R$ 7,00) e do fresco tiradito de salmão com agrião e vinagrete de maracujá e shoyu (R$ 42,00). Atração principal, a carta de drinques, formulada pela mixologista do Teto Solar Sandra Mendes, conta com dicas como o bikini kills, reunião de vodca de açaí, licor Chambord e limão-siciliano (R$ 31,00). Na ala das cervejas, entraram em cena rótulos da Mistura Clássica, a exemplo do Amnésia, uma potente imperial IPA (R$ 29,00; 500 mililitros).

    Preços checados em outubro de 2015

    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO