do mar

Na onda do camarão, veja petiscos apetitosos pelo Rio

Recheando pastel, com crosta de coco seco ou em panelinha, o pequeno crustáceo domina o cardápio de sete endereços

Por: Rafael Cavalieri

Aconchego Carioca

A casa de Kátia Barbosa é sempre lembrada pelo bolinho de feijoada (R$ 24,00, quatro unidades), criação dela tão copiada pela concorrência. Mas existem outras delícias por lá, como a almofadinha de camarão (R$ 27,00, seis unidades). O fruto do mar aparece cremoso e temperado recheando criativa massa que leva tapioca e queijo de coalho na receita. Também é bela pedida o bolinho de aipim com bobó de camarão (R$ 29,00, seis unidades). A carta de cervejas conta com muitos rótulos artesanais, além de dicas mais comuns, e baratas, a exemplo da Heineken (R$ 9,00, 600 mililitros). Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, ☎ 2273-1035 (96 lugares). 12h/23h (dom. até 17h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2002.

Bar do Adão
Novo visual do Bar do Adão da Olegário: pastéis saborosos (Foto: Rafael Dyer)

Bar do Adão

Na rede conhecida pela variada oferta de pastéis, a última novidade foi a reabertura da unidade na Barra. Uma repaginada deixou a loja mais moderna. Para celebrar a volta à ativa, dois novos sabores foram criados especialmente para o ponto. O olegário tem recheio de camarão com alho-poró e manjericão. Já o jardim oceânico combina o crustáceo com raspas de limão, catupiry e, novamente, manjericão. Cada um sai por R$ 6,50. Esses são apenas da Barra, mas o francês, que traz camarão, alho-poró e catupiry, se encontra em qualquer unidade, assim como o bem tirado chope Brahma (R$ 6,50; 300 mililitros) e a caipimelancia, com a fruta, gengibre, hortelã e vodca (R$ 14,90). Avenida Olegário Maciel, 130, loja H, Barra, ☎ 2492-1258/3649-1258 (100 lugares). 11h30/2h. Cc: todos. Cd: todos; Avenida Engenheiro Richard, 105 A, Grajaú, ☎ 2577-0730 (40 lugares). 12h/3h (seg. a partir das 18h). Cc: todos. Cd: todos. Mais nove endereços. www.bardoadao.com.br. Aberto em 1991.

+ Veja sugestões de drinques com hibisco

Bar do Omar

Omar Monteiro é uma simpatia. O dono do negócio recebe pessoalmente os clientes com indefectível sorriso e a saudação “E aí, meu preto!”. Só por aí já se percebe que é impossível não se sentir em casa neste botequim consagrado como o grande campeão da última edição especial Comer & Beber da paz, publicada por VEJA RIO. Omar ainda abocanhou as categorias simpatia é quase amor, por motivos óbvios, e melhor quitute. Acomodado na laje com bela vista para a Zona Portuária do Rio, peça um casco de Original estupidamente gelada (R$ 9,00; 600 mililitros) e encare o omarumaki de camarão (R$ 18,00, seis unidades), rolinho crocante de recheio cremoso e muito bem temperado. Também vale a visita o drinque omaracujá (R$ 4,00), batida de fórmula guardada a sete chaves pelo proprietário. Rua Sara, 114, Morro do Pinto, ☎ 2518-3881 (30 lugares). 10h/22h. Cd: todos. Aberto em 2008.

+ Conheça detalhes do Usina 47, que abriu as portas este ano no Leblon

Bracarense

Trata-se de instituição do ramo no Leblon. Seja no balcão, seja nas mesinhas, ou mesmo em pé na calçada da Rua José Linhares, esqueça tulipas ou caldeiretas. Um copo longo serve de recipiente para o chope Brahma, sempre cremoso e gelado (R$ 6,60; 300 mililitros). Não pense duas vezes e peça logo o clássico bolinho de aipim com camarão e catupiry (R$ 4,50), criação da hoje concorrente Alaíde Carneiro. Prefere uma empadinha? A de camarão traz massa saborosa e recheio  cremoso (R$ 4,50). Rua José Linhares, 85, loja B, Leblon, ☎2294-3549 (60 lugares). 9h/0h (sáb. a partir das 10h; dom. 10h/22h). Cd: todos. Aberto em 1961.

+ Veja os demais destaques de bares da cidade

Salete

Aberto na Tijuca desde a segunda metade da década de 50, ganhou fama pela empadinha, de massa que dissolve na boca envolvendo recheios bem temperados e fartos. Da cozinha saem fornadas do salgado nos sabores frango e palmito (R$ 4,00 cada um), além do mais famoso de todos: o de camarão (R$ 4,20). Qualquer uma delas acompanha perfeitamente o gelado chope Brahma (R$ 5,50; 300 mililitros) ou a benfeita caipirinha de limão ou de abacaxi (R$ 10,00 a unidade). O camarão, aquele lá da empadinha, aparece em outro clássico local, muito procurado na hora do almoço. Trata-se do risoto. Molhado e farto, o prato pode chegar na versão inteira, que serve três pessoas famintas (R$ 88,90), ou na meia-por­ção (R$ 67,90). Rua Afonso Pena, 189, Tijuca, ☎ 2264-5163 (68 lugares). 11h/22h (sex. até 23h; sáb. até 20h;    dom. até 18h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1957.

Sobe
Terraço protegido, mas sem barrar a vista: detalhe charmoso no Sobe (Foto: Felipe Fittipaldi)

Sobe

O gastrobar ocupa o imóvel onde antes funcionava o Paxeco Bar: o terraço sobre o restaurante Couve Flor. Além da vista privilegiada para o Cristo Redentor e as palmeiras-imperiais do Jardim Botânico, a casa conta com saboroso cardápio elaborado por Fábio Battistella, ex-Meza Bar. Hit por lá, a farta panelinha de camarão com catupiry e alho-poró (R$ 31,90) é boa pedida para dividir. Para acompanhar, escolha entre os bons drinques executados por William Barão, ex-Astor. O blueberry cosmopolitan (R$ 23,90) brinca com o drinque eternizado pela personagem Carrie Bradshaw, do seriado Sex and the City: em vez de cranberry, utiliza suco de mirtilo. Rua Pacheco Leão, 724, Jardim Botânico,☎ 3114-7691 (100 lugares). 18h/1h (qui. a sáb. até 2h). Cc: V e M. Cd: todos. Aberto em 2014.

Vila St Gallen
Chope de abacaxi e camarão crocante: pedida para o verão da St. Gallen (Foto: Rodrigo Azevedo)

Vila St. Gallen

Com ambientação inspirada na cidade suíça que dá nome ao local, a vila já vale a visita por sua divertida arquitetura. Acomode-se na parte interna do pub, com vista para a microfábrica de onde saem as novas criações, ou no jardim a céu aberto, para provar direto da fonte os variados rótulos da Therezópolis. Criação do mestre-cervejeiro Gabriel di Martino para o verão, o Harlekin Ananás é uma refrescante tropical wheat ale com maltes de cevada, de trigo e abacaxi na receita. Os preços variam entre R$ 9,00 (caneca de 200 mililitros) e R$ 35,00 (a bota de 1 litro). Para harmonizar com a novidade, peça o petisco elaborado pelo chef Thiago Flroes, do Paris Gastrô. O camarão tropical (R$ 48,00) traz camarão-rosa médio, empanado na cerveja da estação e coco seco, ao molho de moqueca. Rua Augusto do Amaral Peixoto, 166, Alto, Teresópolis, ☎ 2642-1575 (150 lugares). 19h/0h (sex. até 0h30; sáb. a partir das 12h; dom. 12h/22h). Cc: todos. Cd: todos. www.vilastgallen.com.br. Aberto em 2011.

Fonte: VEJA RIO