BARES

Na disputa

Conheça outros sete endereços que participaram do Comida di Buteco

Por: Rafael Cavalieri

Marcos Pinto
(Foto: Redação Veja rio)

Adega Pérola

No salão ficam apenas sete mesas de madeira com banquetas fixas, prateleiras abarrotadas de garrafas, cartazes amarelos rabiscados com os preços vigentes e a grande atração local: a vitrine repleta de acepipes, vendidos em porções de 100 gramas. Experimente o clássico polvo ao vinagrete (R$ 20,00) ou o imperdível alho espanhol (R$ 14,00), crocante e sem aquela ardência característica. Na ala de dicas mais recentes figuram o salmão (R$ 22,00) e o hadoque (R$ 24,00) defumados, além de lagosta ou cavaquinha ao vinagrete (R$ 22,00 cada pedido). Bem tirado, o chope da Brahma (R$ 6,00) é servido na tulipa e também abastece quem está na calçada. Para o concurso, foi criado o buraco quente: pão de sacadura recheado de catupiry e picanha suína grelhada temperada por ervas finas (R$ 20,00). O prato também segue no cardápio.

Rua Siqueira Campos, 138, loja A, Copacabana, ☎ 2255-9425, ? Siqueira Campos (60 lugares). 10h/1h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1957.

Baixo Gago

Seja no salão, seja nas mesas da calçada, o bar movimenta a tradicional rua de Laranjeiras próxima ao Mercadinho São José. Faz sucesso nos fins de semana a feijoada completa, em porção suficiente para até quatro pessoas (R$ 79,90). Outra sugestão atraente é a capa de filé assada com molho de ervas, queijo bola, batatinha calabresa e azeitona (R$ 42,90). Para beber, peça a Serramalte bem gelada (R$ 10,00, 600 mililitros). O arrumadinho do baixo gago foi a escolha para o concurso e segue no cardápio. Trata-se de uma porção de carne de sol fatiada com fei­jão-verde, acompanhada de farofa amarela e molho de ervas finas (R$ 39,90).

Rua Gago Coutinho, 51, Laranjeiras, ☎ 2556-0638 (70 lugares). 10h/0h (dom. até 18h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2006.

Bar da Frente

No modesto espaço, onde já funcionou o vizinho Aconchego Carioca, encontra-se uma criativa lista de petiscos. Um dos destaques entre os bolinhos é o de arroz de p..., receita que leva linguiça, car­ne-seca e muito tempero, servida ao lado de molho de mostarda com caramelo (R$ 22,00, seis unidades). Para beber, duas opções acertadas da variada carta de cervejas são a Therezópolis (R$ 14,00) e a Noi Rossa, uma Irish Red Ale fabricada em Niterói (R$ 20,00), ambas na garrafa de 600 mililitros. O porquinho no quimono, petisco do concurso, já fazia parte do cardápio e é imperdível: seis unidades de massa harumaki recheada de costelinha suína defumada e desfiada com requeijão de ervas, na companhia de molho agridoce (R$ 24,00).

Rua Barão de Iguatemi, 388, Praça da Bandeira, ☎ 2502-0176 (28 lugares). 12h/22h (dom. até 16h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2009.

Bar da Portuguesa

Aos domingos a portuguesa Donzília Gomes, conhecida como Don Don, serve um carnudo torresmo (R$ 6,00 a porção), boa pedida para acompanhar a cerveja sempre gelada das marcas Antarctica Original e Bohemia (R$ 7,50, 600 mililitros). Outras estrelas do balcão do bar genuinamente suburbano são os salgadinhos vendidos por unidade, em sua maioria a R$ 3,80 cada um. Há empada de camarão e frango, bolinho de aipim com carne-seca e pastel de camarão. Escolha para o concurso em 2014, o trio ternura reúne três rissoles nos sabores de bacalhau, siri e costela de porco (R$ 18,00). O bacalhau aparece também em lascas, com cebola, salsinha e pimentão, na fritada do tio hélio (R$ 30,00) e no bolinho (R$ 3,90 a unidade).

Rua Custódio Nunes, 155, loja D, Ramos, ☎ 2260-8979 (70 lugares). 17h/0h (sex. até 2h; sáb. e dom. 11h/18h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: R e V. Aberto em 1972.

Gracioso

Na casa, reformada após um incêndio ocorrido no fim de 2011, a carta de cervejas ganhou reforços. A lista de sugestões disponíveis vai da encorpada Coruja Extra Viva (R$ 46,00 o litro) até a básica Heineken (R$ 9,00, 600 mililitros). Salgados (R$ 5,00 a unidade) são a melhor pedida para beliscar. Há bolinho de bacalhau e croquete de camarão com delicada massa de milho, além do brasileirinho, feito de massa de feijão, recheado de carne-seca e queijo de coalho. Por aqui, a aposta para o Comida di Buteco foi o du calhau, porção de bolinhos de bacalhau feitos com aipim (R$ 20,00, quatro unidades).

Rua Sacadura Cabral, 97, Saúde, ☎ 2263-5028 (140 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ? Reaberto em 2013.

Nordestino Carioca

O salão decorado com objetos que fazem referência à cultura nordestina está sempre lotado de gente à procura de delícias, como a porção de pastel de produção caseira (R$ 25,00): um trio nos recheios de cabrito, de queijo de coalho com cebola-roxa e orégano e de carne de sol com geleia de pimenta e creme de maionese com hortelã. A cerveja, Heineken ou Original, sai por R$ 9,00 (600 mililitros). O bolão de dois, porção com seis almôndegas de carne recheadas de queijo de coalho, é servido ao lado de três pães franceses, para "limpar" o prato cheio de molho (R$ 27,00). Criado para o concurso, o petisco segue firme no cardápio.

Avenida Sargento Carlos Argemiro Camargo, 49, Jacarepaguá, ☎ 3412-3353 (80 lugares). 11h/22h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 18h; fecha seg.). Cc: M e V.

Cd: R e V. Aberto em 2005.

Pontapé Beach

Em um belo armazém de 1938, à beira da Praia da Ribeira, a proprietária e quituteira Rose Coelho instalou uma versão ampliada de seu primeiro bar. Brilham na cozinha o croquete de arroz de brócolis e bacalhau, conhecido como bacalhauzinho da derci (R$ 22,00, seis unidades), e o filé de sol acebolado, acompanhado de farofa, aipim frito, queijo de coalho e manteiga de garrafa (R$ 49,00). Para beber, há cerveja em garrafa de 600 mililitros das marcas Antarctica Original e Heineken (R$ 9,00 cada uma). O pontapé inicial, três bolinhos de arroz à milanesa acompanhados de camarão e catupiry (R$ 15,00), segue no cardápio até o fim do mês. Depois, a porção passará a ter seis unidades. De terça a sexta, a música ao vivo toma conta do ambiente a partir das 20h.

Praia da Ribeira, 63, Ilha do Governador, ☎ 3495-2285 (280 lugares). 18h/0h (sáb. a partir de 12h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: R e V. Aberto em 2005.

Fonte: VEJA RIO