BARES

Em nova esquina

Enchendo Linguiça, atração no Grajaú, leva sua fábrica de embutidos à primeira filial, na Lapa

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪?? | AMBIENTE ✪✪✪?? | COZINHA ✪✪✪✪?

roteiro-bares-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Inaugurado no Grajaú há seis anos, um boteco diferente passou a levar ao bairro fregueses de todos os cantos da cidade. Além da bebida gelada, requisito básico, o negócio ganhou fama com seu cardápio de embutidos de criação própria. Previsível, a expansão ganhou forma na semana passada: abriu as portas no dia 11 o Enchendo Linguiça da Lapa. Fernando Breschnik e Cláudio Toscano, sócios na empreitada, escolheram um casarão antigo na esquina entre as ruas Mem de Sá e dos Inválidos. Lá, repetiram a decoração, com azulejos pretos e amarelos, janelas coloridas e a atração principal, a fábrica no mezanino.

Na filial, a aposta é no dobro da produção mensal da matriz, hoje em torno de 600 quilos. Não vão faltar, portanto, delícias como o joelho de porco (R$ 49,90, com três guarnições). Assada no forno de padaria, a popular ?TV de cachorro?, a carne ganha uma casquinha que preserva o interior suculento. Outro hit local é a linguiça croc (R$ 28,00 a porção), invenção de Breschnik, envolvida por fina e seca batata frita. Novidade, o carpaccio quente reúne fatias de saborosa linguiça de pernil, ao molho de mostarda suave e alcaparras (R$ 37,00). A fábrica não para: da linha de montagem também sai o bacalhão (R$ 4,20 a unidade), bolinho de camarão e bacalhau sem farinha na massa. Petiscos dão sede, e para resolver isso há chope Imperial (R$ 4,60 a tulipa), de Petrópolis.

Enchendo Linguiça Bar e Petisqueria. Rua Mem de Sá, 132, Lapa, ☎ 2508-6332 (160 lugares). 17h30/0h. Cc: M, V. Cd: R, V. www.enchendolinguica.com.br. Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO