BARES

Toque diferente

Três drinques com vinho do Porto branco, pouco comum nas mesas cariocas

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Mira! Cozinha e Café. Danni Camilo incluiu na boa carta do bar-restaurante da Casa Daros o refrescante e leve portonic (R$ 19,50), reunião de Porto branco seco, água tônica e limão-siciliano. Rua General Severiano, 159 (Casa Daros), Botafogo, ☎ 2275-0737. 12h/22h (dom. até 18h; fecha seg. e ter.).

Mr. Lam. Profissional que dá expediente no restaurante chinês, Diego Barcellos venceu a etapa brasileira do concurso de barman Diageo World Class 2013 com o my way (R$ 72,00), mistura de uísque 21 anos, vinho do Porto branco, licor de nozes e bitter de cravo e canela. Sugestão bem mais em conta, o gim tônica real (R$ 27,00) leva gim Bombay, bitter de laranja, Porto branco e tônica. Rua Maria Angélica, 21, Lagoa, ☎ 2286-6661. 19h/0h30 (sex. e sáb. até 1h30; dom. 13h/23h30).

San Remo. Criação de Waldek Rocha, o porto mandrim (R$ 26,00) é feito de vinho do Porto branco, suco de tangerina, água tônica e xarope de maracujá. Avenida Borges de Medeiros, 1424, 2º andar, Lagoa, ☎ 2249-8762. 12h/0h (sex. e sáb. até 1h).

Fonte: VEJA RIO