BARES

Um toque mais doce

Aromático, o licor faz a diferença em inventivas sugestões de drinque

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Alle Vidal/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Baretto-Londra. Receita de André Paixão, o shot amarula cof­fee (R$ 22,00) mistura a uísque licores de amarula, fruta africana, e café. Avenida Vieira Souto, 80 (Hotel Fasano), Ipanema, ☎ 3202-4000.

Botero Bar. A inspiração na América Latina não aparece só no nome do pintor colombiano, mas também no drinque frida (R$ 19,00), homenagem à artista mexicana Frida Kahlo. Além de tequila, o coquetel leva o tradicional Coin­treau, grenadine, maracujá e gotas de Tabasco. Rua das Laranjeiras, 90 (Mercado São José), ☎ 3235-6314.

Miam Miam. São criações de Dani Camillo drinques como o delicatessen (R$ 22,30), preparado com vodca, suco de cranberry, licor francês Charleston, à base de anis e outras onze especiarias, e gengibre. Rua General Góes Monteiro, 34, ☎ 2244-0125.

Paris Bar. Servido em uma caneca de porcelana que remete (vagamente) à cultura polinésia, o tiki premier (R$ 24,00), criação de Alex Mesquita, leva rum, suco de limão-taiti e suco de grapefruit, além de licores de abacaxi artesanal e amarena. Praia do Flamengo, 340, Flamengo, ☎ 2551-1278.

Alle Vidal/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Stuzzi. No mirabilis old (R$ 26,00), Vitor Barros usa o famoso Licor 43, espanhol, além de tequila, suco de abacaxi, perfume de canela e crosta de sal aromatizado na borda. Rua Dias Ferreira, 48, Leblon, ☎ 2259-7696.

Teto Solar. Depois de assumir a coquetelaria do ponto especializado em cervejas, Sandra Mendes apresenta invenções como o tangerina & chocolate martini (R$ 20,00, com vodca nacional), que leva suco de tangerina, licor de chocolate, gengibre e Cointreau. Rua Paulo Barreto, 110, Botafogo, ☎ 2541-1941.

Fonte: VEJA RIO