BARES

Seis drinques com angustura

Criada na Venezuela, por um médico alemão, e produzida há quase dois séculos em Trinidad e Tobago, a bebida amarga e aromática à base de ervas é a novidade que faz a diferença nas coqueteleiras

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

Jose Renato Antunes/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Astor. A versão do pisco sour (R$ 22,00) leva o destilado andino, limão-siciliano e limão-taiti, batidos com clara de ovo e aromatizados por gotas de angustura. Avenida Vieira Souto, 110, Ipanema, ☎ 2523-0085.

Baretto-Londra. Invenção de André Paixão, o herbs martini (R$ 30,00) reúne gim, licor 43, fernet branca, angustura, suco de grapefruit e alecrim. Avenida Vieira Souto, 80 (Hotel Fasano), Ipanema, ☎ 3202-4000.

Meza Bar. Preparado com gengibre, limão-siciliano e limão-taiti, gim, tônica, xarope de açúcar e alecrim, além de angustura, o grand rickey custa R$ 23,00. Rua Capitão Salomão, 69, Humaitá, ☎ 3239-1951.

Paris Bar (foto). Alex Mesquita mistura vodca, vinho branco, bitter de aipo, mel de flores, suco de melão cantaloupe e gotas de angustura no drinque suprême (R$ 30,00). Praia do Flamengo, 340, Flamengo, ☎ 2551-1278.

San Remo. Waldeck Rocha prepara o clássico old fashioned (R$ 25,00) com uísque, angustura, club soda, fatias de laranja e maçã. Avenida Borges de Medeiros, 1424 (Complexo Lagoon), Lagoa, ☎ 2249-8762.

Venga! No bar de tapas, o drinque leva cachaça, angustura, refrigerante de limão, hortelã e limão-taiti

(R$ 18,00). Rua Garcia d?Ávila, 147, Ipanema, loja B, ☎ 2247-0234.

Fonte: VEJA RIO