do mar

De cor e sabor únicos, salmão invade os bares

O peixe laranja inspira saborosas criações em alguns endereços cariocas. Veja os destaques

Por: Rafael Cavalieri

Original do Brás
Original do Brás (Foto: Marcos Pinto)
  • Bares variados

    Armazém Devassa

    Rua Visconde de Pirajá, 539, Ipanema

    Tel: (21) 2512 2051 ou (21) 2540 8380

    Sem avaliação

    Integrado ao Hotel Mar Ipanema, mas aberto aos não hóspedes, o bar e restaurante serve até café da manhã (R$ 34,00 o bufê). A partir da happy hour, no entanto, as mesas se enchem de aperitivos para acompanhar os chopes da casa. Merecem um rodízio as sugestões de Devassa loura (R$ 7,90, 300 mililitros), ruiva, negra (R$ 8,90, 300 mililitros), índia (R$ 6,70, 200 mililitros) e sarará (R$ 13,90, 430 mililitros). O caldinho de feijão com bacon e cebolinha (R$ 13,90) é pedida individual, porém duas ou três pessoas podem se distrair com a porção de calabresa fatiada, flambada na cachaça e servida com cebolas salteadas (R$ 31,90). Na chapa é preparada uma saborosa picanha fatiada (R$ 99,90, para duas pessoas), acompanhada de batata selvagem, farofa de bacon, cebola à juliana na manteiga e molho à campanha. Entre os drinques, o pirata sarará (R$ 27,90) reúne rum prata, suco de laranja, aromatizante de tangerina e chope Devassa sarará. Preço checado entre maio e julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Bar Du Bom

    Rua Felipe Camarão, 165, Maracanã

    Sem avaliação

    São duas unidades, a original no Grajaú e a filial no Maracanã. Em ambas chama atenção a incrível variedade de croquetes - são 33 sabores. O básico de carne está lá por R$ 6,90, mas explore curiosidades, a exemplo de avestruz, capivara, cordeiro com hortelã e javali (R$ 7,50 cada um). Estes são produtos sazonais. Pergunte ao garçom a respeito da disponibilidade, mas opções não faltam. Até os vegetarianos foram lembrados nas versões de berinjela, de milho e quatro queijos. Salmão com cream cheese, carne com gorgonzola e calabresa com queijo de coalho são mais sabores criativos. Qualquer um desses sai por R$ 6,90. Para beber, cascos trincando de Original, Bohemia e Serramalte (R$ 8,90 cada garrafa de 600 mililitros) ou chope Brahma na tulipa de 300 mililitros (R$ 4,50). Tem até croquete doce: o de Sonho de Valsa custa R$ 6,90.

    Saiba mais
  • Drinques

    Caverna

    Rua Assis Bueno, 26, Botafogo

    Tel: (21) 3507 5600

    Sem avaliação

    Ao vivo, nas mãos do DJ ou bem escolhida em função de onde você vai ouvi-la, a música conta, e muito. Para o bem ou para o mal, pode definir a visita a um bar, tanto quanto a carta de drinques, o cardápio de comes ou a decoração. No endereço em Botafogo, a seção de coquetéis é inventiva, hambúrgueres fazem a alegria da clientela e o cenário inclui detalhes originais, como uma máquina de fliperama. Um letreiro de neon com o nome da canção Highway to Hell, da banda australiana AC/DC, dá as boas-vindas aos fãs do rock, gênero que domina, em alto volume, as caixas de som. Sócio na empreitada, ao lado da chef Aline Tavares e do administrador e sommelier de cervejas Pedro Aliperti, o guitarrista e diretor de arte Marcio Barros sentia falta de um lugar onde pudesse ouvir punk, hardcore e heavy metal. Ao abrir o Caverna, descobriu que não estava só. Além da vitória na categoria, disputando votos com redutos de música ao vivo, o trio de donos tem a comemorar o fato de que a casa vive cheia. Barros, feliz da vida, cuida da seleção musical. Já criou 21 playlists, cada uma com 160 músicas e nove horas e meia de duração. O repertório tem desde Pantera e Nirvana, suas preferidas, passando por Johnny Cash, The Doors e Phoenix, até o grupo sueco Graveyard, expoente do gothic metal. Atrás do balcão, o bartender Miguel Paes prepara delícias como o vanilla sky, reunião de xarope artesanal de baunilha, uísque, limão-siciliano, martini bitter e gotas de água de flor de laranjeira (R$ 28,00). Os chopes locais são receitas de Aliperti: a weiss, a R$ 14,00, e a lager, a R$ 12,00 (preços para 400 mililitros). A chef Aline cria um hambúrguer por semana e sugere tapas, como as arepas, bolinhos de milho branco grelhado com bacon, acompanhadas de guacamole (R$ 24,00). Os três jogam por música — e se enchem de alegria quando os clientes cantam junto a trilha sonora.

    Preços checados em julho de 2016.

    Saiba mais
  • Drinques

    Do Horto

    Rua Pacheco Leão, 780, Jardim Botânico

    Tel: (21) 3114 8439

    Sem avaliação

    Eleito por duas vezes o melhor lugar da cidade para ir a dois, segundo o júri de COMER & BEBER, é bom refúgio para casais (ou amigos) em busca de sossego. O clima intimista é reforçado por simpáticas paredes forradas de papel de presente, vista privilegiada para o verde do Jardim Botânico e velas espalhadas pelas mesas no salão e na calçada. Para degustar nesse cenário, comece pelos bolinhos ana maria, de massa de aipim, escoltados por chutney de ovas de salmão (R$ 42,00, sete unidades). As pizzas ganham variação interessante e mais leve, em massa de tapioca. Carne-seca, requeijão e cebola (R$ 36,00) e três queijos com tomate e manjericão (R$ 38,00) são duas opções de cobertura. Sugestão mais robusta, o bobó de camarão na moranga (R$ 158,00, para dois) faz sucesso. A carta de drinques traz clássicos como mojito e bloody mary, enquanto o beijo na boca reúne suco de morango com espumante (R$ 20,00 cada pedido). Às quartas e aos sábados há apresentações de samba e MPB (o couvert artístico, de R$ 10,00, é opcional).

    Saiba mais
  • Bares variados

    O Original do Brás

    Rua Guaporé, 680, Brás de Pina

    Tel: (21) 3866 1313

    Sem avaliação

    O toldo azul e os ladrilhos pretos e brancos são marca registrada da concorrida matriz. No ponto em Brás de Pina ou na filial inaugurada em 2015, na Vila da Penha, o cardápio é o mesmo. Saem sem parar garrafas de cerveja Amstel, Original (R$ 10,00 cada uma), Brahma, Antarctica (R$ 8,50) e Therezópolis (R$ 16,00). Caipirinha (R$ 14,00) ou caipivodca (R$ 17,00), só de limão. Entre os tira-gostos, atração à parte, os pastéis de massa de angu (R$ 20,00, dez unidades) podem levar recheios de carne-seca, camarão, queijo com presunto ou linguiça calabresa. O quarteto ao brás (R$ 38,00, para até três pessoas) reúne em uma tábua batata calabresa, cebola à milanesa, linguiça suína e carne de sol. Dica mais recente, a asinha de frango recheada pode levar queijo com presunto, bacon ou calabresa (R$ 25,00, dez unidades). Na matriz, às quintas-feiras, de 20h a 23h, e aos domingos, de 13h a 17h, tem música ao vivo, com couvert a R$ 2,00.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Prima Bruschetteria- Leblon

    Rua Rainha Guilhermina, 95, Leblon

    Tel: (21) 3592 0881 ou (21) 2512 8298

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Ponto concorrido no Leblon, a casa idealizada e comandada pelos chefs Erik Nako e Cristiano Lana é especializada em bruschettas, como a fachada sugere. Fatias crocantes de pão italiano ganham coberturas criativas e saborosas. São belas sugestões as de bacalhau mantecato, emulsionado com azeite extravirgem (R$ 17,00), e de burrata e pesto de cogumelos trufados (R$ 12,90). Também têm seus fãs entradinhas como o minicrostini (R$ 23,00, três unidades), que traz no lugar do pão uma fatia crocante de abobrinha coroada com burrata, tomate e manjericão, além do involtini de berinjela grelhada, presunto de Parma e queijo de cabra (R$ 31,00, quatro unidades). O mixologista uruguaio Fabian Martinez incluiu na carta de drinques receitas de spritz, servidas em jarra de 1 litro (R$ 59,00) ou em taça (R$ 21,00). Todas as opções usam espumante como base. O limoncello traz o licor italiano e limão-siciliano, o passione junta licor de cassis e melancia e o bellini é feito com licor de pêssego e a fruta em calda. Já o frutti rossi (R$ 24,00) reúne gim, chá de frutas vermelhas, alecrim e água tônica. De segunda a sexta, das 17h30 às 19h30, quem pedir uma bebida ganha a segunda. Nos finais de semana e feriados é oferecido um brunch mediterrâneo (R$ 29,00), de 11h às 14h, com opções como ovos caipiras mexidos com grana padano e azeite de trufas, frutas da estação, antepasto misto, entre outros itens. (60 lugares).

    Saiba mais
  • Drinques

    Usina 47

    Rua Rita Ludolf, 47, Leblon

    Tel: (21) 2249 9309

    Veja Rio
    Sem avaliação

    A música é um dos atrativos da casa. No segundo andar, com jeito de boate, o sertanejo entra em cena às quartas, a partir das 22h. Música eletrônica e pop rock animam a pista em festas na sexta-feira — a programação variada é divulgada no site e nas redes sociais, assim como o couvert cobrado. Drinques são o destaque entre os bebes. A carta inclui pedidas como o usina, com gim, suco de melancia, xarope de melancia, sauer mix e tabasco (R$ 28,47), e o ferro (R$ 36,00), reunião de gim, gengibre, limão-siciliano e água tônica. Para distrair a fome, aposte na porção de croquetes de carne assada (R$ 36,90, seis unidades) ou no minipão árabe recheado de brie com pera ou queijo de coalho (R$ 31,90 cada pedido). A cerveja, em garrafa long neck, é das marcas Budweiser (R$ 11,90), Stella Artois (R$ 13,90) e Corona (R$ 15,90). Na ala das especiais figuram as belgas Hoegaarden (R$ 21,90) e Leffe Blonde (R$ 19,90).

    Saiba mais
  • Bares variados / Vinhos

    Zot Gastrobar

    Rua Bolivar, 21, Copacabana

    Tel: (21) 3489 4363

    Veja Rio
    1 avaliação

    Na vizinhança sobram botecos clássicos onde reinam o chope, a cerveja e tira-gostos. O Zot, portanto, destac­a-se do entorno por ser um autêntico gastrobar. Os visitantes se acomodam na varanda ou no salão climatizado, sob luz clara, enfeitado por lustres e cadeiras de acrílico. A casa conta com uma enxuta, mas repleta de boas opções, carta de vinhos. Entre os tintos, boa pedida é o leve e aromático pinot noir chileno Willian Cole 2011 (R$ 89,00). Acompanha bem o steak tartare da casa, temperado na medida e servido ao lado de fritas e molho aïoli trufado (R$ 29,00). Outra dica de personalidade é o cogumelo thai, porção de seis cogumelos-de-paris recheados de frango ao curry (R$ 18,00, seis unidades). No capítulo dos pratos principais, o porteño traz contrafilé black angus com molho chimichurri, risoto de parmesão e cenouras glaçadas (R$ 69,00). A seção de drinques tem uma bela sugestão para dividir: a sangria clássica, servida com frutas da estação e vinho tinto em jarra de 1,5 litro (R$ 59,00). (50 lugares).

    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO